TARDIS de Quinta: The Boys

Por Giovanna Prates •
05 novembro 2020


E se os super heróis não fossem perfeitos? E se eles fossem parecidos com nós? Sim, nós, meros mortais, mesquinhos e horríveis. E se a sede da Liga da Justiça estivesse tão cheia de masculinidade tóxica e assédio sexual quanto seu local de trabalho normal? E se, como celebridades, eles pudessem literalmente escapar impunes de um assassinato graças a alguns acobertamentos corporativos? Quem os responsabilizaria? Se eles não estão usando seus dons extraordinários para a verdade ou para a justiça, mas sim, em nome do poder, da corrupção e das mentiras, você precisa de algum tipo de sistema de controle e equilíbrio para neutralizá-los, certo? Pois é. Apenas imagine um mundo onde os super-heróis realmente existam, e porque eles podem fazer o que quiserem, eles são todos completos e idiotas completos. Isso é THE BOYS

A adaptação de oito episódios baseado na série de quadrinhos de Garth Ennis e Darick Robertson, The Boys estreou no dia 26 de julho de 2019 como um original da Amazon Prime Video, e é incrivelmente violenta, cheia de palavrões, bastante sincera e chegou com zero medo de destacar tópicos delicados.

Após a morte “acidental” de sua namorada por um super-herói, Hughie fica dividido entre a decisão de simplesmente seguir em frente e a necessidade urgente de justiça. Um encontro com Billy Butcher leva Hughie a se juntar a um grupo que trabalha para derrubar os Sete, o time de super-heróis mais famoso do mundo, e a Vought International, a corporação por trás do Sete. O que se segue é uma série de situações caoticamente insanas e a revelação de uma conspiração que abala a terra.


A tradição e a história deste mundo são fornecidas a você peça por peça, de uma forma que não pareça opressora. O primeiro episódio estabelece as bases para o que está por vir, enquanto explica para aqueles não familiarizados com a série quem são os Sete e o que a empresa Vought International realmente faz por trás das cortinas.

Há algo a ser dito sobre o elenco da série, com cada um dos personagens sendo interpretado com perfeição absoluta. A representação de cada personagem estimula os espectadores a sentir uma conexão emocional com eles, seja simpatia, medo, desconfiança e, às vezes, puro desgosto e extremo ódio. Um turbilhão de emoções que te prende na série do início até o seu fim, - alerta para possíveis impactos durante o sono também.

The Boys imagina um mundo onde personagens de fantasia com poderes sobre-humanos existem e são principalmente vilões. Mas a melhor ideia da série é, na verdade, o seu antagonista final: o gigante trabalho incessante do capitalismo corporativo e as pessoas que o capacitam. Esses criminosos são muito reais, o que é exatamente o que os meninos querem dizer.



Criador: Eric Kripke
País de origem: Estados Unidos
Distribuição: Prime Video
Temporadas: 2
TARDIS de Quinta. O título faz referência à “TARDIS”, cabine telefônica e nave do Doutor na série Doctor Who. Nada mais justo do que uma junção de uma série clássica e aclamadíssima para nossas tardes aqui indicando séries que gostamos, não é mesmo?!

Comentários via Facebook

10 Revelaram sentimentos:

  1. Sem dúvida uma série interessante com uma premissa inusitada mas não sei se assistiria pois não faz o meu estilo

    ResponderExcluir
  2. Vou ser sincera: Eu odeio Capitão Pátria rs
    Vi as duas temporadas da série e admito que enrolei no final da segunda temporada, pois não queria que acabasse.
    E já estou aqui ansiosa por uma terceira temporada(vem logo)
    Não tem como não ficar desejando o próximo episódio!!!
    Não são super heróis com problemas humanos, são humanos com problemas de super heróis!!!
    Super recomendo!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  3. Vi tanta gente falando dessa série, inclusive meus próprios amigos, mas fiquei com um pé atrás e nem fui procurar sobre o que se tratava, pois tenho um gosto muito particular por séries mais leves e românticas ou divertidas (mesmo AMANDO livros pesados, a série só julguei pelo nome mesmo hahah). Eu já amei bem mais esse universo de super heróis nos filmes, mas todas as vezes que parti para as séries, não aguentava ver mais de duas temporadas e, mesmo assim, enrolando muito. Enfim, essa série parece ser interessante e gostei que é curtinha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi, Giovanna!
    Nossa, os super-heróis de THE BOYS parecem mais vilões do que heróis... Achei bem diferente a ideia, mas confesso que não faz o meu estilo não, além de não ter o custume de acompanhar séries não curto histórias violentas e cheias de palavrões... Bjos!

    ResponderExcluir
  5. Fiquei com bastante vontade de ver essa serie depois que disseram que é fora do padrao das series de herois, sendo mais adulta, e nao tao adolescente. Correr pra ver ela já tem que duas temporadas já!

    ResponderExcluir
  6. Giovanna!
    Achei o plot bem esquisito e por isso mesmo me chamou atenção.
    Achar que a Liga da Justiça faz o mal, é uma visão bem diferente.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  7. Oi, Giovanna
    Vi o trailer de propaganda dessa série, mas não assisti.
    É diferente porque os super heróis são os vilões também.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Vejo muitas pessoas comentando sonre essa série, mas ainda não pude assisti. Não sou tão fã de super heróis, mas gosto das histórias. Com certeza vou assisti assim que possível.

    ResponderExcluir
  9. Olha eu não sou muito de ver series e essa não me chamou atençao ,não sou gosto muito desse universo de super heroi ,por isso dessa vez deixo passar a dica .

    ResponderExcluir
  10. Olá! Ai ai, que a série já faz parte da minha lista de metas futuras e foi justamente por só ler elogios em relação a ela e aos seus protagonistas, acho que deve ser bem interessante assistir os heróis de uma outra maneira e tão parecidos conosco.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos | Resenhas de livros – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in