Resenha: Pessoas Normais

Por Je Vasques •
11 janeiro 2021

Pessoas normais foi um livro bem difícil para mim. O hype em cima desse livro foi enorme, ainda mais quando se começou a falar sobre a série de TV. Eu nunca tinha lido uma narrativa como da autora, e isso foi só um dos pontos que me incomodaram. 

Essa é a história de Marianne e Connell, e de como eles se conhecem na adolescência e vão construindo a relação até a fase adulta. Marianne conhece Connell porque ele é filho da empregada e está sempre na sua casa. Connell não se sente bem com a atração que rola entre eles, porque Marianne é estranha, e ninguém gosta dela na escola. Enquanto ele é popular e conhece todo mundo, ela é quieta demais e passa muito tempo lendo. Só que mesmo achando ela estranha, ele não consegue ficar longe, porque sente que só consegue ser ele mesmo com ela.

Quando o tempo passa, e eles se encontram na faculdade, os papéis mudam e ela passa a ser popular e querida. Vindo de uma família rica, ela consegue se enturmar mais facilmente e ele passa a ser só um cara comum na faculdade. Mesmo assim o relacionamento deles continua durante anos, e isso simplesmente não funcionou para mim. 

Primeiro porque a história não tem diálogos, eles são inseridos na narrativa, não existe a pausa para a gente ver o que é história o que é dialogo, está tudo junto e você precisa lidar com isso. Essa forma de escrita não me deixou mergulhar na história. Depois porque os personagens vão crescendo mas continuam com pensamentos infantis e não tem profundidade nenhuma. É um relacionamento estranho, que não parece evoluir, e isso me irrita. Eles estão sempre em dúvida se querem ficar juntos ou não, e em dúvida sobre a própria vida de um jeito chato e sem propósito. Em determinado momento um desejo sexual é explicado de forma tão errada que simplesmente não consegui ler mais. Tentei entender o quanto as pessoas amaram, mas para mim nada funciona nesse livro. Não acho que a autora seja original, o ponto de vista dela é bem nichado e não fala por uma geração inteira, como li em muito lugares. Foi um livro esquecível, e não sei se vou dar outra chance para a autora. 

Título: Pessoas Normais (exemplar cedido pela editora)
Autora: Sally Rooney
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 264
Ano: 2019
Compre: aqui

Comentários via Facebook

14 Revelaram sentimentos:

  1. É isso, leitura não é consenso né. Eu ainda não li esse livro, mas estou muito curiosa. As resenhas me deixam mais ansiosa ainda pra ler o livro, uma pena ele ser tão caro. Quero ler antes de ver a serie, mas eu acho que vou gostar. O contrario vai me surpreender rs.

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha. Estava com muitas expectativas na história e corri para ver a série, mas não rolou. Achei que os dois não funcionaram como casal e que eram muito tóxicos um pro outro. A Marianne devia ter deixado o Connell de lado logo quando ele mostrou que ela só era boa para ficar com ele quando ninguém tivesse vendo.
    beijos
    https://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Realmente o hype de Pessoas Normais foi grande.
    Maasss também grande foi a divisão de opiniões. Já vi gente que o colocou como a melhor leitura de 2020 e outras que não suportaram.
    Eu pela sinopse sinto que não ia curtir não.

    ResponderExcluir
  4. OLA
    nunca senti vontade de ler esse livro ,depois que vi umas resenhas negativas desse livro . p geralmente não leio pu compro um livro pela hype .mas tem alguns titulos que eu gosto de anotar porque se acaso eu encontrar em sebo eu tenho mais segurança em comprar ,mas tem alguns que não me conquistam .
    gostei da sua resenha simples e sincera ,sem floreios .aguentar um casal assim cheio de duvidas e questionamentos deve exigir muita paciencia do leitor . e eu confesso que corro de livros assim

    ResponderExcluir
  5. Olá Je!
    Que pena que não gostou tanto, acho que sua resenha é a primeira negativa que leio sobre esse livro, rs
    Eu estou com muita vontade de lê-lo e de conferir a série tbm, sempre me pareceu o tipo de história que eu ia gostar, mas agora vou ficar de olho nesses pontoa negativos q vc citou.
    Bjs
    A Colecionadora de Histórias - Blog

    ResponderExcluir
  6. Fico chocada quando vejo algo falando que o livro é muito falado e eu não faço ideia de onde eu estava porque nunca nem ouvi falar HAHAHAHAHA mas amo os blogs justamente por isso, me deixam a par de tudo!
    Uma pena que não funcionou pra você, mas acho que pra mim também não funcionaria, pelo menos com esses aspectos que você trouxe. Vou procurar saber mais, ler mais resenhas pra entender o amor e o ódio por esse livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Acredito que esse livro tenha chegado e como todas as expectativas estavam altas, gerou isso, uma divisão enorme rs
    E oh, isso não é ruim não. Pois cada leitor e cada livro são únicos, então, pode agradar ou desagradar.
    Eu tentei ver a série e não consegui engrenar, por isso, nem criei expectativas para ler o livro.
    Acho que nem vou tentar rs
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  8. Oi, Je
    Não tive oportunidade de ler, mas além do hype é um livro que divide opiniões.
    As ressalvas que você mencionou me incomoda um pouco, e só lendo para ter uma noção se vou gostar.
    A premissa me agrada, beijos.

    ResponderExcluir
  9. Je!
    Difícil ler um livro diferente do que estamos acostumados.
    Quando o livro traz tanta dualidade entre as personagens e ainda assuntos que tocam os leitores, porque de alguma forma há uma identificação, a crítica aclama mesmo, porque vende o livro.
    Gostei de saber que é um livro irlandês, diferente dos eixos literários que nos acostumamos a ler.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  10. Olá! Engraçado, pois até então só tinha lido coisas positivas em relação a esse livro, tanto é que ele entrou para a minha lista de leitura, mas agora lendo a resenha, acho que vou repensar isso ai (risos), afinal, são tantos livros para ler, que passar por experiência negativa não me apetece tanto assim.

    ResponderExcluir
  11. Esse livro é um divisor de opiniões.. Quero muito poder ler para saber o que vou achar, pois vi MUITAS pessoas que amaram, mas as que odiaram não pouparam os comentários hahah. Acho que a narrativa me incomodaria também, não gosto nada quando os livros não têm diálogos, fica uma leitura arrastada para mim e eu tenho que voltar várias vezes para ler/prestar atenção direito.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Je! Já aconteceu isso comigo... ler um livro que geral amou mas eu não. Não pela história, mas pela escrita mesmo. Também não gosto de me sentir desconectada com os personagens. É como se eu lesse mas não conseguisse entender a essência de cada um deles.
    Beijos

    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  13. Já tinha visto propagandas sobre a série, mas não sabia que ela era baseada em livro.
    Esse livro não seria um livro que provavelmente eu leria, primeiramente por conta do tipo de escrita, não consigo me prender em uma história que não separa os diálogos da narrativa, e outra porque parece que os personagens, mesmo com o passar dos anos, parecem que não evoluíram. Definitivamente não gosto de narrativas assim.

    ResponderExcluir
  14. Oiie,
    Eu vejo muitas pessoas falarem desse livro e fiquei com bastante vontade de ler, mas fico com medo de não gostar, já que todos ficam hypado o livro.. Talvez eu consiga ler!

    Blog: Tempos Literários

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in