Resenha: O Feitiço dos Espinhos

Por Je Vasques •
23 março 2021

O feitiço dos espinhos foi um dos livros mais hypados do ano passado. Primeiro lançamento da editora Literalize, ele veio em uma edição belíssima e com muita expectativa. Expectativa essa que, para mim pelo menos, foi totalmente cumprida.

Nessa história, vamos entrar em um mundo onde os livros estão vivos e tem sentimentos. Não todos, mas o que foram criados por magia, que contém feitiços de todos os tipos. Eles são chamados de Grimórios, e são protegidos por guardiões dentro da Grande Biblioteca. Nossa protagonista se chama Elisabeth, e é uma aprendiz. O maior sonho dela é se tornar uma guardiã. Ela vive dentro das Grandes Bibliotecas desde criança, e se sente em casa como em nenhum outro lugar. Porém, um dia acontece um ataque e tudo que ela conhecia desmorona.

Elisabeth foi uma personagem que demorei um pouco para gostar, porque ela é muito inocente. É uma inocência que tem sentido, ela nunca saiu da Grande Biblioteca e tem pré-conceitos muito bem formados na mente. Aprendeu que feiticeiros são ruins, que magia é péssima, e age de acordo com isso. Mas ela também é um personagem que aprende com os erros e que está disposta a perceber que nem sempre as coisas serão como ela aprendeu. Ela é muito determinada, inteligente e forte, não espera que ninguém arrume soluções, ela mesma as cria, dá valor as amizades e acredita no melhor das pessoas.


Nosso segundo personagem principal é o Nathaniel, que é um feiticeiro. Se tornar um feiticeiro não é simples, e a história dele é bem misteriosa. Nós entendemos e aprendemos sobre ele junto com a Elisabeth. Mas o que posso dizer é que ele é sensacional. É muito sarcástico, e usa a inocência da Elisabeth muito bem, falando coisas que deixam ela desesperada, e que demora muito tempo para ela perceber que era mentira. Gostei muito de ver as interações entre eles, ri muitas vezes. Amei vê-lo em ação também, usando sua magia. Nathaniel é muito respeitado entre os feiticeiros, e muito charmoso também.

E para fechar nossos protagonistas, temos o Silas, que é o criado do Nathaniel. O Silas é incrível. Não é uma pessoa boa, mas você gosta mesmo assim, e essa ambiguidade foi minha parte favorita. Ele tem alguns segredos que você vai descobrir logo de cara, e é a pessoa que está sempre disponível para salvar o Nathaniel. A relação entre ambos é bem complexa e antiga, e muito legal de acompanhar. Deixo para vocês descobrirem o resto quando lerem.

E, por último, temos os Grimórios. Sim, eles são personagens à parte. Eles brigam, pegam fogo, cospem tinta. Alguns, se você não fizer carinho ou elogiá-los todos os dias, simplesmente não abrem por décadas. Alguns já tiverem desavenças com outros Grimórios, e toda vez que eles estão próximos, pegam fogo. Divididos do grau 1 ao 10, alguns conseguem falar, outros resmungam, e alguns de grau 10 são capazes de enlouquecer pessoas e matar milhares. Dentro de cofres, protegidos, eles contêm um tipo de magia que poucos feiticeiros já tiveram acesso, e se por acaso forem danificados viram, literalmente, monstros.


Ler esse livro foi tudo que eu esperava. Fantasia única cheia de mistérios, romance, personagens legais e um mundo incrível. Amei conhecer os Grimórios, amei a sensação de conforto e felicidade que o livro me trouxe. Passar alguns dias na Grande Biblioteca foi muito bom, não queria que terminasse. Recomendo muito!


Título: O Feitiço dos Espinhos
Autor: Margaret Rogerson
Editora: Literalize
Páginas: 524
Ano: 2020
Compre: aqui

Comentários via Facebook

9 Revelaram sentimentos:

  1. Olá
    Confesso que fantasia é um gênero que pouco li .acho que só Harry Potter mesmo .
    Mas estou querendo conhecer mais esse gênero. E estou procurando livros de fantasias em volume único. E foi muito bom saber acesse Feitiço dos Espinhos é em volume único.
    Li bastante resenhas positivas sobre ele é ver que você gostou tanto me animou para quando ler quando tiver uma oportunidade.

    ResponderExcluir
  2. Esse ano eu estou em uma onda de fantasia que estão totalmente superando todas as minhas expectativas, porque nunca fui de ler tanto esse gênero sabe? Li alguns que ainda não foram lançados no Brasil, como Serpent e Dove e as séries que a Netflix vai lançar agora, Trilogia Grisha e Six of Crows. Aliás terminei esse último ontem e estou surtando de emoção! TODOS SÃO INCRÍVEEEIS!!! Então, estou me sentindo muito receptiva à fantasias e vê que as expectativas desse livro atingiu sua meta já me deixa feliz e doida pra conhecer.
    Sempre que olho pra essa capa me lembro de Feyre da série Acotar HAHAHA amo livros de fantasia que traz um romance no meio, a gente fica ali na expectativa nee? Gostei muuito de toda a sua crítica :)

    ResponderExcluir
  3. Quando a Editora chegou com esse livrinho em uma embalagem linda e começaram as leituras, foi impossível o Hype não surgir e claro, a vontade de ler a obra, aumentar.
    Eu admito que leio pouco fantasia, mas é um gênero que amo muito, só ando meio bagunçada nos meus gostos mesmo rs
    Mas ler essa resenha foi a gota que faltava para encher o copo da vontade e com certeza, agora sei que preciso muito conhecer estes personagens!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  4. Quero muito ler esse livro, tem tudo que eu gosto numa fantasia e de quebra é livro unico o que gosto muito. Livro que falam de livros também, que se passa em bibliotecas, adoro. A edição esta maravilhosa, mas o preço nao me atrai ainda, e pelo visto vai continuar na mesma pra frente.

    ResponderExcluir
  5. Lembro muito bem do hype de O Feitiços de Espinhos. Não só pela premissa e capa mas também pelo preço....
    Eu não costumo ler muita fantasia. Porém uma que passa em biblioteca me interessa muito

    ResponderExcluir
  6. Je!
    Livros de fantasia bem escritos é uma viagem à imaginação.
    Adoro quand as peersonagens são bem descritos e movimento o ligo com uma história que deve prender o leitor do início ao final.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  7. EU literalmente comecei a ler esse livro agora, estava com medo de ler a resenha e ter spoilers, mas vc conseguiu falar o que sentiu sobre o livro sem entregar a história (o q eu amei, mto obrigada por isso ♥)
    Eu geralmente não tenho paciência pra protagonistas inocentes, mas pelo o q vc falou a nossa vai crescer mto o q eu espero ser verdade kkkkkk.
    Só queria deixar registrado como eu acho essa edição da Literalize ficou lindaaa ♥

    ResponderExcluir
  8. Olá! Eita que de tanto que esse livro foi hypado, confesso que estava fugindo dele (risos), mas depois dessa resenha acho que vou mudar de ideia, afinal não é todo dia que a gente se depara com livros tão peculiares e eu estou simplesmente para lá de curiosa para conhecer e me venturar nessa história.

    ResponderExcluir
  9. Oie,
    Eu quero muito ler esse livros desde seu lançamento, já vi muitos falarem bem.. ao ler mais sobre a história fiquei com mais vontade ainda de ler!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos | Resenhas de livros – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in