Resenha: Acorda pra vida, Chloe Brown

Por Je Vasques •
20 maio 2021

Chloe Brown é uma mulher de trinta anos que sente que sua vida está estagnada. Ela tem muitos sonhos e vontades, mas acaba colocando empecilhos e não se esforça realmente para alcançar esses sonhos. Até que um dia é quase atropelada e, em um estado de puro terror de pensar em morrer sem fazer as coisas que quer, ela monta uma lista e decide que vai acordar pra vida.

A primeira coisa que faz é ir morar sozinha, e aí nós conhecemos nosso segundo protagonista. Red é o zelador do prédio e ela odeia tudo nele. Odeia como ele é simpático com todos, como é atencioso, como é lindo e cheio de sorrisos. Ela não pode confiar em pessoas assim, certo? E Red odeia Chloe. Odeia como ela só usa blusa de botões, é grosseira com ele sem necessidade, como sua pele brilha e como ele tem pensamentos impróprios com uma inquilina.

Eu amei tudo nesse livro, ele é um clichê ambulante e isso é perfeito. O famoso enemies to lovers que eu amo, com o bônus de ter uma protagonista negra, gorda e com uma doença crônica chamada fibromialgia. O que sempre me faz pensar que os clichês são para quem, exatamente? Pois tenho certeza que protagonistas assim são raras e foi um dos motivos que levaram a autora a criar a personagem. Esse livro não tem dor no sentido racial também, o que é maravilhoso, estou extremamente cansada de ler protagonistas negras sofrendo racismo. Essa historia é sobre amor, e como você pode encontrá-lo sempre.


Chloe é muito engraçada, determinada e forte. A doença tirou algumas coisas dela, e ao longo do livro ela vai perceber que ela está melhor sem essas coisas. Ela vive bem com a fibromialgia, conhece seu corpo, e quer fazer tudo da sua lista. Gostar de Red é um contratempo, mas um contratempo bom, e eu amei ver as coisas crescendo e acontecendo entre eles. Red é um amor, o motoqueiro cheio de tatuagens que cozinha para a mãe todo fim de semana, e que passou por um relacionamento abusivo que mudou ele completamente. Assim como Chloe, ele está tentando se encontrar.

Eu nunca tinha lido nada sobre fibromialgia, e fiquei feliz de como a autora tratou tudo com leveza e bom humor. Também não tinha lido sobre um relacionamento abusivo sofrido pelo homem, e gostei de como ela não romantiza isso e nos abre os olhos. É uma escrita leve e muito divertida, Chloe não quer se envolver, Red não quer ver como precisa de ajuda. Temos um pouco das outras irmãs Brown, e ela são perfeitas, espero muito que os próximos livros contando a história delas seja lançado. A capa engana, mas esse é um livro adulto, tem cenas explícitas e palavras explícitas também.

É um livro para se apaixonar, ler tranquilo e deixar o coração quentinho. Esse é meu tipo de livro favorito. Eu amei como a cor da pele e o peso nunca é um problema, assim como a fibromialgia. Gosto de como a Chloe se ama, está bem com seu corpo, e de como Red ama tudo nela e aprende com ela a se amar também, a ver que merece mais, que eles podem ser mais, porque ele também está precisando acordar pra vida, e quando eles começam a fazer isso juntos, é impossível não se apaixonar. 

Título: Acorda pra vida, Chloe Brown (exemplar cedido pela editora)
Autor: Talia Hibbert
Editora: Paralela
Páginas: 296
Ano: 2021
Compre: aqui

Comentários via Facebook

9 Revelaram sentimentos:

  1. Oi Je,
    Simplesmente concordo com você em gênero número e grau.
    Que livrooooo.
    Tudo na Dose certa não é? Representatividade, clichê, hot, humor....
    Também estou mega ansiosa pra os livros das outras meninas Brown

    ResponderExcluir
  2. Ah que fofinho! Esses dias uma amiga postou isso no insta, se tínhamos sonhos pra realizar antes de morrer. Engraçado que eu nunca pensei muito bem nisso, mas a postagem me fez refletir.
    Não tem nada que eu amo mais nos livros do que enemies to lovers! Sou fã assumida e já fiquei aqui toda bobinha imaginando esse livro.
    Faço medicina e esse ano mesmo estudei essa doença, que legal que é abordado nesse livro. Além disso, achei super válido o que você disse sobre o relacionamento abusivo com um homem, muita gente acha que nem é possível né?
    Dica perfeita!

    ResponderExcluir
  3. O tipo de enredo que além de ensinar, traz também a diversão e isso é maravilhoso.
    Acredito que esse esteja sendo um dos livros mais indicados e resenhados dos últimos tempos e Chloe traz isso do nos fazer refletir sobre a vida, sobre o que fazemos com nossa vida.
    Fora isso da doença, da questão da pele, do peso, do amor surgido ali, nas diferenças!
    Com toda certeza do mundo, é um livro que preciso muito ler e aprender!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  4. Ainda não conhecia o livro, amei sua resenha. Já anotei a indicação, vou ler com certeza :)

    http://www.meblog.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Muito curiosa par ler esse livro, e tao animada com o tanto de coisa boa que to lendo e vendo sobre o livro. Acho que ainda nao vi ninguem nao gostando do livro.
    Espero ler em breve.

    ResponderExcluir
  6. Je!
    Aquele livro clichê gostosinho, do jeito que gosto, com trechos hots e uma protagonista forte que não se deixa envolver pela cor da sua pele, pela doença e por seu peso.
    Adoro quando há entrega no romance e quando as personagens se envolvem profundamente.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Nossa que resenha incrível . Se antes já tinha vontade de ler esse livro agora tenho mais.
    Amei o fato da autora ter construído uma personagem negra mas que náo seja alvo de racismo .
    Muito bom mesmo .E tem também essa questão do homem sendo alvo de relacionamento abusivo .muitos pensam que isso só acontecem com mulheres mas náo e verdade.e traz e mensagem de que as vezes ficamos olhando a vida passar e quem vai passando é o tempo.
    Dica anotadissma.

    ResponderExcluir
  8. Olá! Eu já estou apaixonada por esse livro e olha que nem li ainda, mas só vejo resenhas positivas em relação a história e a maneira leva em que a autora aborda temas tão importantes, por isso, é claro que espero ler o quanto antes, acompanhar esse despertar dos nossos protagonistas vão ser incrível e para lá de inspirador neh!

    ResponderExcluir
  9. Oiie,
    Quero demais ler esse livro, principalmente por ver uma personagem negra em romance clichê.. já vi muitos adorando e amando essa historia, espero muito ler em breve.

    Beijocas:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in