Resenha: Descender - Estrelas de lata

Por Luana Gobbo •
23 agosto 2021

Imagine que você recebe a informação de que tem um robô gigantesco vigiando o seu planeta, e tem um desses ao redor de mais nove planetas da sua galáxia. Medinho, né?

Pela segunda vez me vi arrebatada pela mente genial do Lemire ao criar tramas únicas em cima de uma premissa popular - aqui, o tal do "space opera". Não adianta, virei fã mesmo.

A umas páginas além do prólogo, vemos o jovem androide Tim-21 acordar do nada em um lugar afastado. Seu modelo é o de uma série de robôs com a função de serem basicamente companheiros de crianças humanas. Ocorre que, nos 10 anos em que ficou desligado, Tim-21 não sabe o que aconteceu com a sua família ou com a galáxia toda, ele se vê sozinho com seu “cão robótico”. Então, quando se pluga no sistema para tentar descobrir o que está acontecendo, torna-se alvo de toda a CGU e dos Ceifadores - como são chamados os robôs gigantes responsáveis por dizimar milhões de seres na galáxia - no código mecânico de Tim-21, pois, com essa ação, ele também acaba dando a sua localização.


A arte do Nguyen nessa HQ é um traço muito marcante, dá uma impressão de desenho feito com apenas lápis de cor, aquarela ou giz de cera. Incrível.

Que o Lemire manda bem em tudo que escreve - isso inclui gêneros diferentes - eu já percebi que é verdade mesmo, fazendo jus ao hype de suas obras. Aqui ele criou uma galáxia própria, e os nove planetas que a regem são “monitorados” pela CGU (Conselho Galáctico Unido) que é basicamente a mesma função da ONU. Essas informações são apresentadas logo na primeira página da HQ para que o leitor se situe nesse universo primoroso.

O quadrinho é recheado de tretas galácticas e revoluções políticas, planetas dizimados, genocídio... Eu poderia falar de ‘Descender’ em uns três posts, mas... deixo aqui minha breve e fortíssima indicação.

Amei mais um universo do Lemire, que fez uma mistura de tretas espaciais mesclado com a inocência de um robozinho num mundo caótico de forma impecável.

Título: Descender - vol. 1 (exemplar cedido pela editora)
Autor: Jeff Lemire
Editora: Intrínseca
Páginas: 144
Ano: 2020
Compre: aqui

Comentários via Facebook

10 Revelaram sentimentos:

  1. Sem dúvida uma HQ intensa! Que prende o leitor do início ao fim

    ResponderExcluir
  2. Que capa linda, ficaria interessada só de olhar pra ela. E logo depois veio essa frase massa, bom... claro que li a resenha com afinco. E respondendo: sim, ficaria com medo KKK
    Adoro HQs, poderia ler várias num dia e ser imensamente feliz. Adorei a dica!

    ResponderExcluir
  3. Com a chegada do segundo volume, tão elogiado como o primeiro é, fica praticamente impossível não querer ambos em mãos.
    Lemire é isso, genial! E claro, os traços da Graphic são um show à parte.
    Jeitinho único de fazer uma viagem a um espaço todo criado com delicadeza, sem perder de jeito nenhum a realidade!!!
    Quero muito ler ambas!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  4. Eu ainda nao li nada do Lemire mas tenho tanta curiosidade.
    Acho q vou gostar bastante das historias dele, por ser mais sensiveis neh, mesmo sendo ficção cientifica ele coloca sempre um pouco de emoção ali, espero gostar.

    ResponderExcluir
  5. Olá
    A HQ está linda .para os amantes de estórias em quadrinhos essa parece ser uma boa dica .várias coisas acontece nessa trama presumo que deva ser uma leitura que prende bastante o leitor.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Luana
    Essa HQ é linda, tem cores maravilhosas.
    Tim-21 vai lutar muito para sobreviver, uma trama cheia de ação.
    Quero ler, ainda bem que o segundo volume já foi publicado.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Luana!
    Lemireé realmente genial, não é?
    Amo a ficção 'pura' como chamo, que fala das galáxias e robôs da época.
    Fiquei com muita vontade de ler.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  8. Olá! Confesso que é não o meu gênero favorito, mas tenho me deparado frequentemente com as obras do autor, o que só pode ser um sinal para eu rever isso (risos). Tenho lido muita coisa boa em relação a essa história, por isso, ando pensando em rever essa minha aversão ao gênero e me jogar em mais essa aventura, acho que o fato de ser tratar de uma HQ vai facilitar e muito.

    ResponderExcluir
  9. Desde minha infância que não leio algum livro com robôs, deu ate saudade. Esse livro cheio de ilustrações me encantou, mesmo sendo meio infantil e gostaria de ler para meu filho, ele aproveitaria bastante essa história.

    ResponderExcluir
  10. Não gosto do gênero, mas acho muito genial esse universo, o tanto de criatividade que o autor tem para criar todo um universo, com suas próprias características e tudo mais. E gostei bastante também das artes da HQ.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in