Filme: O Natal de Cinderela

by - dezembro 21, 2021


“O Natal de Cinderela” é um filme mais leve, embora o sofrimento da personagem seja algo bem verossímil. A gente sente a dor da solidão que a Kat (Laura Marano) carrega pela perda dos pais.

Kat tinha uma relação muito boa com seu pai, mas ele faleceu e o que sobrou foi a sua cruel madrasta e as filhas desta, duas inúteis que são bem invejosas e não querem saber de trabalho.

No período do Natal, Kat trabalha como elfa numa feira natalina. Ela tem o dom na área da música, canta muito bem, mas é uma anônima e tem o sonho de ser famosa um dia. Ao trabalhar como elfa, ela encontra Nick (Gregg Sulkin), o novo Papai Noel do lugar, e se encanta por ele. Como estavam fantasiados não foi possível perceber, mas ambos se conheceram antes dessa feira de uma forma bem vergonhosa para a Kat – é revelado logo no início do filme.

O clichê da história começa quando Kat, a mocinha pobre, se apaixona por Nick, o garoto mais desejado da cidade e filho do milionário Terrence Wintergarden. Ele o convida para um baile em sua casa, que é realizado pelo seu pai, mas sem revelar a sua identidade. Aí o restante da história fica por conta de vocês.

Imagem: Netflix
O filme é triste por conta das coisas que Kat, desde muito nova, teve de passar. Ao mesmo tempo é romântico, por motivos óbvios que vocês já imaginam. Além de mostrar isso, a história quer passar outra coisa também... A família Wintergarden tem uma postura diferente, o pai é apaixonado por serviços sociais, por obras que ajudem os animais. É tão bonito ver isso ser mencionado. Ao passo que a madrasta odeia animais, não suporta o cachorro deficiente físico da Kat e mesmo assim bola um plano para receber os convites para o evento do Terrence. A festa é fechada, não é qualquer um que pode entrar. Não é paga, apenas entram pessoas convidadas.

Vocês sabem que gosto de histórias que tenham conteúdo, não apenas o romance por romance. E essa aqui não deixa a desejar. É clichê, mas a gente não se importa quando o amor pelo bem social fala mais alto.

Se você ainda não viu, vale a pena assistir. O filme é bem pequeno. Eu vi na hora do almoço, bem rapidinho.

Filme: Um Natal de Cinderela
Direção: Michelle Johnston
Onde assistir: Netflix

You May Also Like

12 comments

  1. Essa versão natalina de Cinderela eu não conhecia e já quero assistir.
    Amo esse conto de fadas e suas releituras e versões

    ResponderExcluir
  2. Nada mais importa quando a gente senta no sofá e se joga num clichê natalino, ainda mais nessa época.
    Eu vi esse filme acho que ano passado e essa releitura de Cinderela é fantástica, pois sim, tem a mocinha pobre e trabalhadora,tem o mocinho rico, mas de coração bom, mas tem a vida difícil por trás de tudo isso.
    E oh, o sonhar. É um filme que aponta muito para ir atrás dos sonhos!!
    Também super indico e termino de escrever, suspirando!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Angela. Ainda faço isso com um chocolate e um sorvete. Amo hahahaha

      Excluir
  3. Adorei a premissa. Não conhecia o filme ainda.

    Boa semana e Feliz Natal!


    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma ótima premissa, o clássico da Cinderela rs.
      Uma ótima semana pra você também. Feliz Natal <3

      Excluir
  4. aaaai esse eu fiquei muito curiosa pra assistir!!!
    adoro qualquer historia inspirada, baseada nos contos de fadas e parece ser bem amorzinho essa historia.
    acho que vou gostar bastante
    esse quero muito ver

    ResponderExcluir
  5. Olá! E as releituras são sempre bem-vindas e em clima de Natal ficam ainda mais especiais, amei saber que teremos um pouquinho sobre ajuda aos animais, além do nosso romance básico do dia a dia.

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Filmes assim sempre deixa a gente suspirando .Amo essas releituras de contos de fadas e amei saber que tem personagens no filme que se preocupam com trabalhos sociais.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Gostei dos atores que fazem o filme, fiquei com vontade de assistir.

    ResponderExcluir
  8. Não sou muito adepta à versões, mas essa achei interessante. O fato de abordar projeto de assistência aos animais fez o filme ganhar meu coração.

    Danielle Medeiros de Souza
    danibsb030501@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  9. Naty!
    Vou confessar uma coisa: amo os filmes de Natal e se puder assisto todos de todos os estilos, entretanto, os clichês românticos são os que mais me deixam feliz!
    E fica ainda melhor ver que tem toda uma filantropia por trás e claro, a madrasta má...eca!
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.