Resenha: Carrie

by - maio 30, 2022


É praticamente impossível você nunca ter ouvido falar sobre Carrie, seja do livro ou seja do filme. Essa história é um sucesso, e olha que quase ela não existiu.

Você já deve saber, mas para quem não sabe disso, até 1972, Stephen King ainda era um professor cujo salário mal dava para sustentar a família. Nas horas vagas, escrevia histórias de suspense, sempre rejeitadas pelas editoras. Foi então que finalizou mais uma obra. Em seguida, porém, desiludido com o mercado editorial, King arremessou-a pela janela.

Tabitha o convenceu a recuperar os originais e tentar outra vez. Enviado a um editor, o livro foi aceito. Nascia Carrie, a Estranha, obra que lançou Stephen King no cenário literário mundial. Incrível, não é mesmo?


O livro narra a adolescência difícil de uma jovem problemática, perseguida pelos colegas, professores e impedida pela mãe de levar a vida como as garotas de sua idade. Só que Carrie guarda um segredo: quando ela está por perto, objetos voam, portas são trancadas ao sabor do nada, velas se apagam e voltam a iluminar, misteriosamente.

É um livro leve, caso você tenha medo de terror; é uma obra curta, caso você se canse dos tijolos que o autor costuma escrever. Não há desculpas para não embarcar nessa história. O bullying vivido pela personagem é muito bem trabalhado, os problemas, assim como a mãe conturbada também foram bem apontados.

Confesso que entre o livro e o filme, milagrosamente, acredito que gosto mais do filme. Não sei, me passa uma sensação melhor, mais explicada; no livro, por diversas vezes senti falta de conhecer mais a Carrie e seus dramas.


É uma leitura rápida, não vai te causar incômodos, como muitas obras do autor. Ainda que tenha sangue, mortes e o sobrenatural, vale a pena tentar dar uma chance. E, se você já leu e assistiu, me conte... Qual dos dois você gosta mais? Não esqueça de me dizer o motivo, hein?!

A minha edição é a nova, lançada pela Suma, conta com uma capa dura, com laminação fosca, em relevo – os detalhes do sangue são bem evidentes e achei lindo o trabalho completo. A diagramação não deixa a desejar e segue o estilo que a Suma está relançando as obras do autor. Estou adorando!

Título: Carrie (exemplar cedido pela editora)
Autor: Stephen King
Editora: Suma
Páginas: 208
Ano: 2013/2022
Compre: aqui

You May Also Like

9 comments

  1. Eu me propus a comprar ao menos um livro do Mestre por mês de agora em diante e esse mês já comprei a nova edição de A Hora do Lobisomem rs que é linda demais!
    Agora com certeza em Junho, será essa nova de Carrie. Eu ainda não li o livro, mas vi as adaptações, preferindo sempre a antiga.
    Acredito que Carrie seja uma obra que mostra o fanatismo religioso, o quanto isso influencia negativamente na vida das pessoas.
    Eu prefiro sempre as obras que mexem com a mente humana, que deixam a gente meio cismados por um bom tempo rs
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  2. É por isso que nenhum autor deve desistir quando leva o primeiro não. Se o King já levou vários nãos, imagina nós!
    Terror eu dispenso, mas King sempre agrada aos fãs do gênero.

    Danielle Medeiros de Souza
    danibsb030501@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto do filme, dos dois mais recentes ate do que aquele antigaço rs. Mas tenho muio curiosidade em ler essa historia, e acho que vou curtir bastante tb.
    Essa nova ediçao ta linda!

    ResponderExcluir
  4. O filme com Sissy Space (acho que é assim que se escreve) é um clássico.
    Ainda não li o livro mas essa nova está tentadora!.
    Tabittha maravilhosa! Sempre o apoiando e incentivando. Não é a toa que ele é louco por ela

    ResponderExcluir
  5. Olá! Eita que, por enquanto, eu fiquei só com o filme mesmo e versão mais antiga, ainda não criei toda a coragem necessária para finalmente encarar essa leitura, mas que bom que o terror não está tão presente assim, meu coração agradece.

    ResponderExcluir
  6. Naty!
    Já li há muitos anos e King é King, né?
    Amo sempre os livros dele.
    Esse é um dos melhores que já li e me encantei.
    Muito bizarro.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  7. Oi, Naty!
    Nossa, não sabia que a história Carrie quase não existiu... Que interessante!
    Assisti ao filme, mas faz tanto tempo que não me recordo de detalhes. Quanto ao livro, confesso que nunca tive interesse em ler, acho que é porque não sou fã de terror... Mas essa edição capa dura lançada pela Suma tá digna de colecionador, hein?! As fotos ficaram lindas também.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  8. Olá
    Não curto esse tipo de gênero mesmo que o terror não esteja tão presente Também nunca assisti o filme.

    ResponderExcluir
  9. Oiii,
    Eu só conheço a historia através da adaptação e preciso muito ler o livro, ainda mais é um livro bem curto pelo que sei. Espero muito conseguir essa edição porque acho ela maravilhosa.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.