A cirurgiã

É o meu primeiro contato com a escrita da autora e estava bem ansiosa para fazer a leitura.

Aqui vamos conhecer a Doutora Anne Wiley. Médica cirurgiã cardíaca renomada com uma vida pessoal muito bem estruturada. Até que tudo cai por terra quando pela primeira vez Anne perde um paciente na sala de cirurgia.

Poderia ter sido apenas uma fatalidade, uma possibilidade mesmo que pequena, mas que é real nesse universo. Porém, o que ninguém sabe é que Anne conhecia o paciente. Com isso, suas tentativas de reanimação foram mínimas assim que ela viu que o coração não voltou a bater, pois odiava com todas as forças aquele homem.

Para piorar, uma promotora muito ambiciosa e prestes a subir de cargo chamada Paula Fuselier começa a investigar o ocorrido, mas deixando claro para nós leitores que a perseguição a Anne tem outros motivos além do profissional.

O livro é curto e frenético, mostrando as versões tanto de Anne como a de Paula. Sabemos que a vida das duas vão se cruzar em algum momento da história e ficamos no meio de uma briga entre gato e rato. Anne tentando de todas as formas esconder o real motivo pelo qual não insistiu na ressurreição do coração do paciente e Paula mesmo que sem provas concretas, tentando de tudo para derrubar a inimiga.

Todos os personagens secundários que participam da trama possuem sua importância. Anne, apesar de ter uma vida boa, tem traumas do passado que carrega até hoje. Sua irmã adotiva Melanie morreu quando adolescente e ela se culpa muito por isso. Sua mãe, apesar de reservada, também sofre não só com essa perda, mas com a do esposo também. E, por fim, temos o advogado e candidato a prefeito, Derreck. Marido de Anne e amante de Paula, o elo entre as duas. Cada um deles contribui para o desenrolar da história e dão motivos para unir cada vez mais a cirurgiã e a advogada.

A trama é cheia de segredos e à medida que chegamos ao final vamos descobrindo tudo. Apesar de não me surpreender muito e algumas das revelações serem esperadas por mim, gostei de como tudo foi construído.

É um bom suspense, cheio de drama, manipulação, ambição e medo. É interessante ver até que ponto a pessoa pode chegar quando se sente ameaçada e tanto Paula como Anne se sentiram dessa forma, tentando agir da sua maneira para se livrar dos problemas e conquistarem seus objetivos.

É isso, gente! Gostei da história e recomendo!

Título: A cirurgiã (exemplar cedido pela editora)
Autora: Leslie Wolfe
Editora: Faro Editorial
Páginas: 224
Ano: 2024
Adquira: aqui

4 comentários:

  1. Muitos segredos mesmo. As duas personagens principais têm muitas camadas.
    Quando leio o gênero, gosto de criar teorias.....lendo o post, já criei algumas.....espero conseguir ler o livro e ver se estavam certas

    ResponderExcluir
  2. Oi, Jamile! Vi a postagem no instagram do blog sobre esse lançamento e já fiquei super curiosa para conhecer a história. Adoro suspense e toda essa questão envolvendo Anne e Paula, as segundas intenções por trás das ações pelas quais deveriam lidar, deixam o leitor apreensivo pra descobrir até onde são capazes de chegar. Espero ter a oportunidade de ler.

    ResponderExcluir
  3. Um dos super desejados, mesmo que as resenhas dele estejam sendo bem divididas! Acho que pelo título e pela trama, muitos leitores esperavam mais e não foi entregue esse mais a mais rs
    Mas eu quero muito ler e descobrir sobre todos estes segredos ocultos!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  4. Ola
    Não conhecia esse livro,deve ser interessante acompanhar essa animosidade entre a doutora e a promotora,ainda mais porque a promotora é amante do marido da doutora.Curiosa para saber como a autora constrõe esses personagens.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.