O experimento do amor verdadeiro

Aqui, acompanhamos a história de Fizzy, famosa autora de romances, mas que ainda não viveu um amor verdadeiro e se encontra em um bloqueio criativo terrível, sem conseguir evoluir com o próximo livro. E conhecemos também a história do Connor Prince, criador de documentários que foi “escolhido” pelo chefe para dirigir um reality show sobre namoros, tema que ele não gosta e tem até um certo preconceito.

A vida dos dois se cruzam quando, sem saída, Connor acaba embarcando na construção do programa e sai em busca da heroína para o show. A mulher que será disputada por 8 heróis lindos e maravilhosos, onde o público irá decidir toda semana quem é eliminado até a grande final, onde será revelado o vencedor.

Um dia na casa da ex-mulher para visitar a filha, ele se depara com o nome de Fizzy em uma estante repleta de livros. Ali, ele percebeu que a garota seria a heroína perfeita e vai ao seu encontro.

Nos primeiros momentos, os dois não se entendem muito bem. Fizzy apesar de divertida e sem papas na língua, fica insegura quando o assunto é encontrar sua alma gêmea e não acha que participar de um reality show para encontrar um marido é uma boa ideia. Connor precisa convencê-la de todas as formas a entrar para o projeto, pois se tudo for por água abaixo,ele perde o emprego e a chance de viver perto da filha.

E vamos evoluindo a história assim, entre os famosos tapas e beijos. Apesar de todas as implicâncias, aos poucos um vai sentindo atração pelo outro e vai ficando cada dia mais complicado de evitar.

Confesso que achei o livro divertido e gostoso de acompanhar, mas depois de um tempo eu fui me sentindo um pouco cansada. Com suas 475 páginas, achei que algumas situações não precisavam se estender por mais tempo.

Fizzy tinha muita insegurança no começo. A pressão do programa para que ela se apaixonasse por um dos heróis estava começando a lhe afetar, mas tudo muda rápido para uma determinação de conquistar o Connor que me deu uma assustada.

O produtor, por outro lado, foi mudando de uma pessoa fofinha no início para um cara meio arrogante, não dando importância para os sentimentos da Fizzy (e nem para os seus próprios sentimentos), só se preocupando com o sucesso do programa. Não sei, acho que não gostei muito de como as autoras implantaram o fator drama na vida do casal.

Mas no geral, foi uma boa leitura. A revelação em relação a grande final do reality show, apesar de previsível, foi bem engraçado de acompanhar. Ali, dei boas risadas vendo a reação dos personagens com o desenrolar dos acontecimentos.

O melhor foi depois de terminar a leitura. Descobri que esse livro é uma sequência de histórias sendo que o primeiro é “A equação perfeita do amor” onde a Fizzy já aparece. Não é impeditivo não ter lido o primeiro, me pareceu aquelas séries de livros que cada amiga tem sua história, mas já fiquei curiosa e coloquei o não lido na minha lista interminável de leituras.

É isso, gente! Gostei de acompanhar a história. Christina Lauren até agora não me decepcionou com nenhum livro que li. Claro, tem uns que gostei mais outros menos, mas todos foram bem divertidos e fofos de ler.

Título: O experimento do amor verdadeiro (exemplar cedido pela editora)
Autora: Christina Lauren
Editora: Paralela
Páginas: 475
Ano: 2023
Adquira: aqui

2 comentários:

  1. Em A Equação Perfeita do Amor, Frizzy me conquistou muito.
    Fiquei feliz em saber que ela tem um livro so dela.
    Amo a escrita das meninas

    ResponderExcluir
  2. Oi, Jamile! 475 páginas e aquela encheção desnecessária. Isso desanima! O final também a gente já prevê o que vai acontecer. Mas tem as situações cômicas que trazem leveza e diversão. Nem cá nem lá rs.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.