Resenha: A garota do calendário (Março e Abril)

A garota do calendário está de volta, e hoje teremos mais uma resenha dupla desta série. Falarei dos livros de Março e Abril, mas se você quiser conferir as resenhas dos anteriores, Janeiro e Fevereiro, é só clicar aqui

O cliente de março se chama Anthony, é um ex-boxeador italiano, de uma família tradicional de Chicago. Ele a contratou porque sua mãe o está pressionando para que apresente uma namorada, para que se case, para que tenha filhos e dê continuidade ao nome da família. Mia é requisitada justamente para interpretar essa futura noiva, diante da família de Anthony e da mãe casamenteira. Eles têm trinta dias para vender para essa família a imagem de que um casamento com uma mulher se aproxima.

Sim, com uma mulher. A grande questão de Anthony é o fato de ele ser gay não assumido, e manter há anos um relacionamento com o advogado da família. Existe um casal homossexual, que se ama, que vive uma vida juntos, mas que mantém tudo em segredo, pois a família católica de Anthony não aceita este tipo de relação. Existe um ‘Q’ de drama nesta história, mas é rapidamente escondido pelo jeito caricato dos personagens, que tendem a transformar tudo em piada. Então o clima do livro é leve e apimentado, do começo ao fim.

Não gostei do livro. Preciso dizer, não compreendo ainda o sucesso desta série. A história se passa rapidamente, deixando a impressão de pular partes em diversos momentos. Não tem nenhum tipo de reviravolta. O final é completamente previsível, é tudo o que a gente já imagina desde as primeiras páginas. O que fez eu me questionar sobre a necessidade de cada cliente precisar de um livro pra si. O mês de Março, como não poderia deixar de ser, é recheado de romance e cenas picantes. Seja entre o casal formado por Tony e Hector, ou entre Mia e um cliente antigo, que, pelo visto, ficará aparecendo em todos os livros até o final da série.

Este é um livro que mostra mais da protagonista. Ficou claro que ela não está encarando o fato de tornar-se acompanhante somente pelo dinheiro, porque precisa ajudar o pai. Ela gosta. Gosta dos homens, não se prende a ninguém, gosta de aproveitar as possibilidades que se abrem a cada mês. Não estou julgando Mia, não é por isso que ela não me cativou, pelo contrário. É o fato de ela ser contraditória, de hora assumir este lado e hora se fazer de boa moça. É a forma que ela fala, o jeito que se comporta, a forma com que não consegue prender o leitor que me faz achar que esta é uma personagem completamente desnecessária.


E com esse sentimento pela Mia eu parti para o livro seguinte. No mês de Abril, a protagonista viaja para Boston, para encontrar Maison, um jogador de beisebol galinha e inconsequente, que faz tudo aquilo que quer independente da forma com que suas ações afetam outras pessoas. Ele a contrata para fingir ser sua namorada (mais uma vez), para passar para a mídia a impressão de que ele sossegou, ou seja, quer melhorar sua imagem diante do público, dos patrocinadores.

Acontece que, logo no início, Mia percebe que, mesmo sendo um galinha inveterado, Maison está apaixonado por alguém. E esse alguém, uma loira super séria e profissional, relações públicas do astro, também demonstra nutrir sentimentos por ele.

A grande sacada do livro, aparentemente, é transformar Mia em casamenteira. Ela toma como missão principal mostrar para os dois que eles se amam e merecem ficar juntos, e faz de tudo até que isso aconteça. É um livro que tem, como de praxe, muito romance e cenas quentes. Entre o casal, entre o jogador e outras mulheres, entre Mia e um antigo cliente (diferente do livro anterior).

É um livro raso, como todos os outros, mas que consegue ser um pouquinho mais divertido por conta dos personagens secundários. Existem sim personagens muito bacanas nos livros desta serie. Infelizmente são personagens que não tendem a aparecer nos livros seguintes, pois já cumpriram seu papel. No caso de Maison, fiquei sabendo que ele aparece em outro livro mais adiante... Será? A grande questão é, não sei se quero pagar para ver.

Eu juro que tentei. Foram quatro livros até agora. Todos curtinhos, claro, do tipo que a gente lê em poucas horas. Mas a história não me prende, a protagonista não me cativa. Como é possível para o leitor, acompanhar por doze livros, uma protagonista que desperta um sentimento tão ruim durante a leitura? Eu amo romance. Gosto bastante de romance Hot, desde que seja bem escrito. Foi por isso que iniciei esta série, para tirar minhas próprias conclusões. E porque, confesso, criei expectativas. Existe um trabalho de marketing tão gigantesco por trás desses lançamentos, que é impossível para o leitor que curte o gênero não ficar curioso, não querer ter os livros em mãos e conferir a história.

Gostaria de saber de vocês, chegaram a ler algum livro da série A garota do calendário? O que acharam? Gostaram? Às vezes tenho a sensação de que estou sendo injusta, que não estou gostando dos livros porque criei antipatia pela protagonista... Será? Compartilhem conosco suas opiniões. Digam se faz sentido continuar tentando, afinal, tem mais oito livros vindo por aí. Ou será que é melhor deixar esta série para lá e partir em busca de livros que sejam capazes de despertar sentimentos mais positivos? Vou deixar a pergunta no ar.

Quotes:
“- Essa é a minha deixa, meu trabalho aqui está feito. – Eu me inclinei e fiz uma reverência, nenhum dos dois percebeu. Estavam perdidos demais um no outro. Abraçados, as testas se tocando enquanto sussurravam palavras que só eles podiam ouvir. Foi bonito. Mais que isso: foi especial, e eu estava feliz por ter participado de alguma forma daquele momento.” (livro 3)

“Se eu conseguisse um trabalho por mês, poderia largar essa vida antes das festas de fim de ano. Mas quem eu queria enganar? Estava faturando cem mil por mês, às vezes vinte mil adicionais. Por que desistir?” (livro 4)

Outras fotos:


Título: A Garota do Calendário – Março e Abril
Autor: Audrey Carlan
Editora: Verus
Páginas: 144 e 160
Ano: 2016

29 Revelaram sentimentos:

  1. Estou doida pra ler esse livro, curto muito um romance com pitadas hot, parece ser bem emocionante e cada resenha que leio dele me deixa ainda mais ansiosa em conferi essa história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Josiane!

      Eu particularmente não gostei do livro, como disse na resenha. Depois que vc ler, volta aqui e nos conta o que achou... Vai que você gosta, né?

      Beijo

      Excluir
  2. Você não gostou do livro? Ahn, que paia, porque eu estou louca para ler esse livro. Mas tentei baixar em PDF e não está disponível. =/
    Eu vi a recomendação pelo canal da Evelyn Regly e gostei do contexto da história, mesmo sendo um tema bem polêmico e tabu.
    Eu leria mesmo assim.
    Gostei da sua resenha e opinião.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Leidiana! Tudo bem?

      Pois é, não me empolgou muito essa série... De repente compensa você comprar o livro, já vi os primeiros por R$10,00! Acredita? São tão curtinhos e a leitura é tão rápida, que faz sentido você ler, pra ver se gosta, se atente às suas expectativas... Comigo não rolou mesmo, infelizmente, rs

      Beijos

      Excluir
  3. Ainda não li nenhum livro da série. Estou esperando lançar todos primeiro e vou esperar as críticas! Meu medo é justamente que a série seja cansativa. Vamos aguardar!
    Gostei muito da resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Jaque! Fico contente que tenha gostado da resenha. De acordo com a editora, até novembro todos devem estar nas livrarias. Embora seja uma série grande (12 livros), o lançamento está sendo muito rápido. Lê aos poucos, pra ver se é sua praia...Eu não aconselho comprar todos de uma vez não, viu? rs

      Beijo

      Excluir
  4. Uaaal Krisna! Que lindo! Parabéns pela resenha, tá excelente! Qto mais eu leio sobre a série mais eu amo!
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Aline! Tudo bem?

      Você acha legal quando lê resenhas negativas? Se for isso, temos algo em comum. Eu gosto, pois faz minhas expectativas caírem um pouco antes de eu começar a leitura e isso é bom, porque se o livro for ruim, eu não me decepciono tanto. Se for bom, sou surpreendida positivamente.

      Depois que você ler a série, ou algum dos livros, volta aqui e compartilha sua opinião. Gostaria de saber se ela vai te conquistar ;)

      beijo

      Excluir
    2. Td jóinha e vc?
      Aaah pode ser estranho, mas eu gosto viu...Penso como vc, a gte não se decepciona tanto se o livro for ruim...Eu fiko com pé atrás qdo não leio resenhas d algum livro e já vou direto lendo...Alguns me decepcionaram tanto já...
      Pode dxa q te conto!
      Bjs!

      Excluir
  5. Não conhecia a coleção, mas confesso que fiquei na duvida se leio ou não rs
    Vou deixar eles anotadinhos aqui na reserva rs
    Bjus
    Taty
    Na Casa dos Abrantes
    Canal

    ResponderExcluir
  6. Acho que já tinha comentado nas resenha anterior que não sou fã desse gênero, apesar de ter inovado um pouco na história da protagonista (no sentido de não ser uma mocinha ingênua que conhece um cafajeste) não tem nada nela que me agrada e o fato de ser uma série longa só me dá mais preguiça ainda.

    ResponderExcluir
  7. Olha, já estou ficando até com medo do que vou encontrar quando ler. Agora que tenho os dois primeiros aqui vou ver se faço isso logo, pra ver se a personagem desperta alguma simpatia, torcer por isso. São histórias pequenas, mas se for tão raso e sem sal assim...quer dizer, fora as cenas picantes. Sem sal de sem trama, de não envolver muito o leitor...
    É, tá complicado.

    ResponderExcluir
  8. É, acho que não vou ler... Hehe
    E concordo que o marketing em cima dessa série tá com tudo, por isso desperta tanta curiosidade, mas,doze livros é coisa demais,desnecessario.
    Gostei da sinceridade nas resenhas, obrigada por me fazer economizar a grana de 12 livros. :D

    ResponderExcluir
  9. Realmente já ouvi falar muitos desses livros por aí, mas pela sua resenha acredito que não iria conseguir acompanhar. Gosto de todos os gêneros, mas tem que ter personagens fortes, bem construídos e um enredo que nos segure até o fim. Parece não ser o caso.

    www.atraentemente.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Krisna,
    Confesso que a grande repercussão que a série A Garota do Calendário vem tendo está me deixando bem curiosa, e a noticia de que terá uma série de TV ajuda e muito no sucesso.
    Gostei da sua opinião sincera, pois a maior parte da minha curiosidade se deve ao fato ao número de páginas, a expectativa que tenho é de que as histórias serão rasas e sem muito aprofundamento, deixando a sensação de que falta algo a mais. Assim fica difícil a leitura prender o leitor. Mas como faz tempo que não leio um livro desse gênero acho que o primeiro volume será uma ótima oportunidade.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá.
    Ótima sua resenha, muito bem elaborada e acima de tudo, sincera! Em todas as redes sociais e blogs há sempre destaque e comentários sobre essa série. Mas nunca me chamou a atenção. Não gosto muito desse gênero, mas até leria se a premissa me cativasse, o que não é o caso. E lendo sua resenha, já confirmo que não tem uma protagonista que possamos gostar muito e torcer pelos acontecimentos ao redor dela. Imagina ler 12 livros, sem expectativa nenhuma? Não vou ler, pois tenho uma lista grande de bons livros me esperando, então seleciono o melhor possível e dentro do meu gosto. Obrigada por suas palavras. Beijão!

    ResponderExcluir
  12. Oi, Krisna
    Parece que esse livro não está agradando todos e mesmo assim o livro tem tanto sucesso.
    Estou começando até a ficar desanimada em ler essa série. Acho que personagens que se fazem de santa, ora mostram que gostam do negócio, me desagradaria também..rs
    Aliá, recentemente li um livro que a protagonista me desagradou completamente por causa disso. Gostei da resenha sincera.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Leticia!

      Como os livros são curtinhos, você poderia tentar ler o primeiro, ter esse contato com os personagens, com a escrita da autora... Eu particularmente não gostei, mas já vi diversas pessoas que adoraram. Não à toa o sucesso é imenso, aqui e lá fora. Se quiser, dê uma chance e veja o que acha ;)

      Beijo

      Excluir
  13. Olá, Krisna.
    Eu li até abril e os dois últimos até que foram melhorzinhos que os dois primeiros. Mas o que irrita mesmo é a Mia. Concordo com você, o ruim é ela não admitir que está fazendo isso porque está gostando. Se não fosse por isso tinha ficado com o Wes logo no primeiro livro. E achei o cúmulo ela transar com outros caras e ficar ofendida do Wes fazer o mesmo.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sil, exatamente! Ela passou fevereiro inteiro fazendo o q? E por mais que os outros clientes tivessem suas particularidades, ela quis e se sentiu atraída por todos. Daí vem com mimimi quando o Wes segue com a vida? Affff, paciência.

      Excluir
  14. Vejo propagandas e resenhas dessa série em todos os lugares, mas mesmo com todos os elogios, me parece uma história fútil e rasa, como você leu e disse que não conseguiu te prender, prefiro passar longe desse título kkkk..

    ResponderExcluir
  15. Não gosto de livro erótico, no máximo que consigo ler é aqueles de banda e olhe lá.
    Não consigo ler, acho chato demais kkkk
    esse da Mia achei que apoia a prostituição como se fosse boa, rentável e saudável, e a gente sabe bem que uma Mia da vida real não seria leve assim como a do livro né?
    Desculpem quem gosta, mas pra mim não dá! rs
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Eu já não gostei dos livros desde que li as sinopses.Ai vieram as resenhas, algumas muito positivas, outras muito negativas. O pessoal esta 8 ou 80 kkkkk
    Assim como você pretendo ler os primeiros livros da serie para ver como a leitura vai ser para mim.

    ResponderExcluir
  17. Nossa, que decepção. Vi taaaantas resenhas positivas, taaaanta divulgação, que to muito curiosa pra conhecer, mas as minhas expectativas estavam muito altas. Não imaginava uma história rasa ou sem embasamento algum. Mesmo assim, eu gostaria de dar uma conferida pra saber um pouco mais e, assim como você, formar a minha própria opinião.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Tenho apenas o primeiro livro da série mas ainda não li ( que vergonha) ouvi vários comentários positivos e negativos que agora estou em duvida se vale a pena ler ou não rsrs

    ResponderExcluir
  19. Gostaria de ler o primeiro mas confesso que depois da resenha não me animei.Não gosto de histórias superficias.Porque o tema é ótimo e poderia ser mais abrangente no caso.Mas talvez leia para tirar minha conclusóes

    ResponderExcluir
  20. Pra falar a verdade tbm não entendo a muvuca por causa desses livros!
    São legais? São, mas não são os melhores livros hots que já li.
    Li até abril e vou continuar a série pq estou curiosa para ver com quem ela fica no final.
    Tomara que seja com o Wes!

    ResponderExcluir
  21. Ainda não li nenhum livro da série!! E também não sei se vou ler!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  22. Olá!!!
    Eu penso assim: Se um livro não está lhe agradando e você não está cativada, após quatro histórias acho que não é uma boa continuá-lo apenas porque ouviu maravilhas, pois cada um tem seu gosto.
    Eu ainda continuo curiosa pela série, mas vai que não me encante também. Porém, como eu disse minha curiosidade é porque ouvi boatos que ela vai ser adaptada e é pelos mesmos roteiristas de uma série que curto.

    lerliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.