Resenha: Que falta você me faz


É difícil ler uma obra de Harlan Coben e não admirar o dom que ele tem de nos prender. Sim, prender e não deixarmos soltar o livro enquanto não ver o que acontecerá com os personagens. De todos os livros que li do autor, A toda prova foi o que menos me simpatizei. Os demais apenas cativaram o gosto para continuar desejando seus livros.

Quando estamos com Harlan em mãos, não deixamos outro ter a sua vez – queremos esse e ponto final. A leitura é ágil, então precisamos de tempo (e não é muito) para sentar, ler e acabar. Exatamente assim, de forma rápida e cativante. Mas suas histórias são capazes de ficar martelando em nossa mente para sempre, como foi o caso de Seis anos depois e Não fale com estranhos.

E se você tivesse a chance de resgatar um amor, o que faria? Aquele amor que sumiu da sua vida sem você saber o real motivo. Afinal, dezoito anos se passaram desde que a detetive Kat Donovan sofreu as maiores perdas de sua vida: o falecimento de seu pai e o término de seu relacionamento. Dois acontecimentos que mudaram drasticamente sua vida e que não há tempo que faça superar isso.


Porém, algo está prestes a acontecer: as feridas voltam a se abrir; suas dores voltam à tona e o que mais ela queria era enterrá-las. No entanto, o inesperado surge e Kat descobre que o assassino de seu pai está prestes a ser executado. Ela decide ir até o acusado e fazer algumas perguntas sobre o caso, mas o que a protagonista não imagina é que, no fundo, ela acredita naquele rapaz. O jovem declara que não cometeu aquele crime, que foi obrigado a confessar. Então quem poderia ter sido?

Quando Brandon procura a detetive é que tudo começa a ficar confuso e angustiante. Sua mãe está desaparecida, o adolescente acredita que ela está em perigo depois de ter viajado com um namorado virtual. Só que existe algo intrigante nisso: ele não quer outro policial para investigar o caso, quer que Kat faça isso. Mais uma pergunta que fazemos enquanto lemos o livro e Harlan nos deixa com o coração na mão. Afinal, por que ela?

Ao fazer uma análise aprofundada dos desaparecimentos, algo parece se conectar: todos que sumiram parecem ter viajado com alguém cadastrado num site de relacionamentos. Se preparem, leitores, pois o coração precisa ser forte para aguentar cada cena que o autor descreve dos sequestrados.


O autor não nos deixa sem respostas. São tantas indagações, mas em tudo ele pensa e deixa o leitor, ao final do livro, saciado. Embora nem tudo sejam flores, Coben esclarece os motivos, mesmo nós suplicando para que aquilo não seja verdade, para que as dores sejam estancadas, para que tudo volte ao normal. Acontece que nem sempre é assim na vida real, por que seria num livro?

Como não poderia ser melhor, o final é a cereja do bolo, pois o leitor não está preparado para o que vem a seguir. Sem contar que esse assunto é bastante complicado de lidar e de ver em livros desse gênero, uma grande lição e que merece atenção de cada um. É necessário conhecer bem o terreno que se está pisando, para depois não sofrer drásticas consequências. Não dá para não ler. É Harlan: o mestre das noites em claro.

Quotes:
“Atenção às pessoas do seu passado. Não permita que elas voltem de lá.”

“Será que existe dor quando a gente não se lembra dela?”

“Na vida, precisamos de respostas. Respostas que nos ajudem a fechar nossas feridas.”

“Você não vai poder escrever o próximo capítulo da sua vida se insistir em ficar relendo o último.”

Outras fotos:




Título: Que falta você me faz (exemplar cedido pela editora)
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Páginas: 368
Ano: 2015

22 Revelaram sentimentos:

  1. Cada resenha que vejo sobre alguma livro do autor minha vontade de conhecer todas as obras dele só aumenta, nunca li um vírgula negativa sobre ele.
    Quando comecei a resenha pensei "finalmente um livro dele que não me interessou" mas no decorrer dos parágrafos vi que estava muito enganada, amei a história do livro e já quero ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Maíra. É difícil não gostar de algum, realmente rsrs

      Excluir
  2. Olá, Natalia.
    Esse livro eu não li ainda e nem tenho ele na minha estante, preciso resolver isso hehe. Eu amo a escrita do autor, e já sei que só devo começar a ler um livro dele no fim de semana. Se não a gente pode até acabar faltando do serviço hehe. Não tem como largar suas histórias antes de saber o final. Ótima dica de leitura.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Sil.
      Esse eu solicitei da editora em setembro, porque não quis solicitar os lançamentos que eram volume 2 ou 3 de séries.

      Excluir
  3. Eu ainda não li nada do Harlan Coben :'( Mas está na meta, espero que eu consiga conhecê-lo ainda esse ano! Afinal, n tem nada melhor q livros que surpreendem e te prendem.
    Adorei a resenha!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre leio e sempre recomendo, Carol.
      Gosto bastante

      Excluir
  4. Realmente Nath, Harlan Coben arrasa nas escritas, ainda não li, mas tenho mta vontade de conhecer mais de perto. E pelo q venho lendo, vale mto a pena!
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conheça, Aline.
      Certeza que vai gostar.

      Excluir
  5. Natália!
    É verdade, os livros do Harlan rendem boas noites acordadas...
    Fiquei tão intrigada com esse sumiços e também por saber que tinha de ser a Kat a investigar tudo.
    Claro que quero ler.
    “Prefiro os erros do entusiasmo à indiferença da sabedoria.” (Anatole France)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de OUTUBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  6. É, com esse autor não tem erro. Se quiser um livro que prende e te deixa mais e mais curioso a cada página? Coben.
    Essa é outra história muito boa dele, só que achei meio que um compilado de duas outras histórias do autor. Ficou um tanto parecido, me fez lembrar, sei lá.
    Ahh, mas foram duas histórias dele que amo, então até funcionou. Vale muito a pena e o final? Nossa, que final!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Cris.
      Você falou tudo agora

      Excluir
  7. Harlan realmente é o mestre das noites em claro! Adoro a escrita, já li 5 de autoria dele e estou lendo atualmente Jogada Mortal, o segundo da "série " com o personagem Myron Bolitar, que acho tão divertido! Depois de acabar esse aqui, acho que vou começar "Não fale com estranhos", que vi que você adorou tanto quanto "Que falta você me faz" e fiquei curiosa. Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse eu ainda não li, Isa.
      Estou lendo o lançamento dele e espero gostar, porque envolve Myron Bolitar e minha primeira experiência com ele não foi uma das melhores.
      Beijo

      Excluir
  8. Nunca li nada do autor, mas gosto do gênero e pela premissa de suas obras, ele é realmente um ótimo autor. Gosta do enredo deste livro, parece prender totalmente o leitor mesmo, fiquei bem curiosa para descobrir que é essa pessoa que marca os encontros online, e se ela é a real responsável pelo assassinato do pai da personagem principal.
    Gostei muito da resenha
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  9. Nossa, Naty, já li incontáveis resenhas que rasgam seda pro Harlan Coben, e cada vez fico mais instigada a ler alguma coisa do autor, só me resta descobrir por onde começar. Achei interessante essa premissa dos desaparecimentos relacionados ao site de relacionamentos, só fiquei na dúvida se isso também engloba o término do relacionamento da Kat, a morte do pai e a execução do acusado...

    ResponderExcluir
  10. Oi Naty,
    Sou fã do Harlan Coben, esse autor sabe escrever um suspense com maestria; os livros que já li foram fantásticos, não conseguia largar até chegar à última página, ele sabe como prender um leitor com seus mistérios. Ainda não li esse livro, mas está na lista de desejados, mas pelo jeito é mais uma obra a ser apreciada do mestre. O que mais amo em suas histórias é o fato de que nunca estou preparada para o próximo capitulo haha ele sabe como surpreender de um jeito que prende o fôlego.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Também sou fã desse escritor! Nossa, todo o mistério que envolve os enredos, o suspense em relação aos personagens, tudo prende a atenção de uma forma que, precisamos chegar ao final da história muito rápido. Adoro! E até hoje não me decepcionei. Tenho na estante: Não Conte a Ninguém, Confie em Mim, Desaparecido para Sempre, Cilada, Seis Anos Depois, Quebra de Confiança, Não fale com Estranhos, Que falta Você me Faz e Detalhe Final. Mas ainda não fiz a leitura de todos! Resenha perfeita. Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Sabe que eu sempre achei que Harlan fosse uma mulher??? hahahahaha Tenho alguns livros dele (então xD) Mas nunca me animei de ler. Sempre parecem ter livros mais interessantes pra passar na frente hahahaha Esse parece legal, mas mesmo assim...Meh...

    ResponderExcluir
  13. Comecei recentemente a ler Harlan Coben,peguei Seis anos depois.
    Ele fez tantos livros,não sei qual escolher agora,rs.
    Que falta você me faz parece trazer um final surpreendente,gosto disso.

    ResponderExcluir
  14. Nossa, esse livro parece ser bem dramático mesmo. Nunca li nenhum livro desse autor, mas pela sua resenha percebi a competência dele de criar um enredo intenso. Sou uma grande fã de drama e me animei bastante em ler. Agora só preciso do livro hahaha.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. O, Natalia!!
    Nunca li nenhum livro do Harlan Coben !! Mas adorei conhecer esse obra dele e sem dúvida quero agora ler alguns livros dele!!
    Beijoss

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.