A bailarina, o mar e a lua


Quando vemos algo muito bom queremos proclamar ao vento, para petrificar no coração das pessoas e deixarmos sua marca, não é mesmo? Esse é o sentimento que nasceu quando li o conto A bailarina, o mar e a lua.

Estava com a intenção de resenhá-lo, mas ele é tão pequeno e gracioso que não teria a mesma graça de o leitor mergulhar sem saber para onde está indo. É assim que nos encontramos ao ler a história de uma pobre garota esquecida.

Somos capazes de sentir as suas angústias e de querer libertá-la de uma prisão sem grades, aquela que prende a nossa alma, que amarra nosso poder de decidir. Enquanto a leitura é feita, parece que o leitor flutua com a narrativa, somos levados aos céus e, ao mesmo tempo, ao mar.


Sinopse:
Amigos imaginários e vozes reais (ou não) trazem à tona um antigo sonho da pobre garota esquecida. Acontecimentos estranhos e pensamentos distantes vão ajudá-la a realizá-lo. Dançando, ela seguirá em frente... ou para baixo.

Para saber mais sobre o autor, vocês o encontrarão por aqui fazendo resenhas e deixando sua marca registrada como o novo colunista do Blog.

Para conhecer o conto, você pode adquiri-lo pelo site da Amazon ou entrar em contato com o autor.

A obra foi inspirada no poema Ismália, quem tiver curiosidade em conhecer, basta clicar aqui.

Gostaram? Desejem boas-vindas ao Marcos Ferraz, e não deixem de ler o seu conto. É incrível! Gostaram da capa? O trabalho foi feito por Paulo Gonschior. 

22 Revelaram sentimentos:

  1. Natália!
    Contos que nos envolvem e nos fazem sentir diversos sentimentos ao lê-lo, se tornam sempre aprazíveis.
    Fiquei curiosa por seus comentários, bem como pela sinopse em conhecer os amigos imaginários da menina esquecida.
    “Volta teu rosto sempre na direção do sol, e então, as sombras ficarão para trás.” (Sabedoria oriental)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Oi Natalia, esse conto parece ser bem intenso e despertar muitas emoções, a capa é intrigante e o título interessante, apesar de curto ele parece ser bem escrito, pois te encantou muito e espero ter a oportunidade de lê-lo.
    Que o Marcos seja muito bem vindo, vou gostar de muito de acompanhar a escrita dele através das resenhas aqui do blog, parabéns ao blog por ter mais um membro e ao Marcos por entrar para o time ;)

    ResponderExcluir
  3. Eu amei a capa do livro e já vou baixar no kindle. O livro parece ser bem profundo, do tipo que te faz refletir sobre a vida, estou passando por um momento que estou tão perdida como a personagem e acho que vou me identificar com a leitura.

    ResponderExcluir
  4. Oi Naty!
    É lindo! Capa maravilhosa! Gostei da sinopse, parece ser bom!
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Além dessa capa linda, esse conto me pareceu ter um conteúdo indescritível, com a história dramática que nos repensar. Também fiquei bem curiosa para saber mais sobre a personagem.

    ResponderExcluir
  6. Bem vindo Marcos!
    Gostei da capa achei bela.
    Parece ser tenso, bem comovente e sinistro com esses acontecimentos estranhos.

    ResponderExcluir
  7. NOssa, Naty, que profundo.
    Fiquei até curiosa para ler essa história curta, mas que parece ter tanto para sentir e mostrar.
    Confesso que ainda não conhecia a obra, mas gostei da capa e como você apresentou de maneira objetiva.

    ResponderExcluir
  8. Me deixou foi curiosa pra entender do que se trata direitinho!
    Mas gosto de coisas nesse estilo e achei legal, parece ser bem bonito.
    E a capa está uma beleza, cheia de mistério e poesia, sombria....muito boa ^^

    ResponderExcluir
  9. Bem Interessante e Apaixonante história!!!
    Vem conhecer no Blog
    http://desenhodadisney.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  10. Olha, eu acho q nunca li nada do autor e nem conhecia essa obra...Mas a capa é tão linda q dá vontade de abraçar né? hahahaha

    bjs!


    Lá...E de volta outra vez

    ResponderExcluir
  11. Olá, Natalia.
    Bem vindo para o novo colunista. Adorei essa capa e vou ler logo, já que está de graça, eu já garanti o meu hehe. E espero gostar porque parece mesmo ser muito interessante.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Adorei a capa e fiquei bem curiosa. Pretendo ler o conto.

    ResponderExcluir
  13. Me pareceu uma história tão doce apaixonante e comovente! Adoraria ler! E a capa é realmente tão bela e delicada. Bjos!

    ResponderExcluir
  14. Bem vindo Marcos Ferraz!
    Eu fico feliz em conhecer novos autores brasileiros. Fiquei bem animada com a sinopse e indicação do livro. Gosto quando livros nos fazem envolver tanto com o personagem a ponto de entrar dentro do livro.
    Pretendo ler!

    ResponderExcluir
  15. Bem vindo! :D
    As perguntas nas sinopses sempre me deixam com muita vontade de saber a resposta logo!
    A capa está linda e imagino que o enredo também esteja maravilhoso!

    ResponderExcluir
  16. Para começar, esta capa me chamou a atenção, leria só pela capa, e depois vi que era conto, ai não tive dúvidas que queria ler este livro, adoro contos, e acredito que irei gostar deste.

    ResponderExcluir
  17. Nathalia,achei bem legal o fato de você não fazer uma resenha em si,pois já um conto,ou seja,curtinho,então qualquer coisa que você discorrer da história acaba perdendo um pouco a graça mesmo na hora que for ler...algumas coisas é bom descobrir conforme a leitura,e já bastou os seus elogios p/ o leitor se interessar! No outro post eu tinha só visto a sinopse,e mencionei que esse estilo mais de fantasia e amigo imaginário não faz meu estilo,uma pena p/ mim pq o que mais vejo é livros nesse estilo ultimamente rs' mas não bate o gosto fazer o que.
    No mais,parabéns ao responsável pela arte da capa,ficou muito linda mesmo :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
  18. Eu gosto bastante de contos, e acho que também vou gostar bastante desse! A história parece ser incrível. E acho que vou aproveitar que ele está bem barato na Amazon e já vou comprar :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Oi, Marcos!!
    Adorei o conto!! Foi uma leitura rápida mas muito proveitosa gostei muito de ler esse conto no meu kindle!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  20. primeiro: obrigada pelo poema! eu tinha lido a tempos e gostei muito, mas acabei me esquecendo dele, amei achá-lo (e o site tb)
    segundo resenhar contos é quase impossivel, né? afinal pode acabar contando a história toda, adorei a sinopse chateada por não ter conseguido baixar de graça na amazom...
    colocar na minha lista para quando eu for comprar ebooks

    ResponderExcluir
  21. Oi Natália...
    Fiquei bastante curiosa para ler esse conto, ainda mais sabendo que foi baseado em Ismália... Por mais que seja curto, parece ser intenso e cheio de emoções... Vou atrás dele agora mesmo...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  22. Fiquei bem curiosa sobre o conto e essa capa está linda. Boas vindas ao novo colunista.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.