Resenha: Prince of Thorns


“As estradas do Império Destruído. Um cenário abandonado há milênios pelos enigmáticos Construtores. É nessa nova era medieval que o Príncipe Honório Jorg Ancrath se vê obrigado a amadurecer para saciar seu desejo de vingança e poder.

Jorg testemunhou o brutal assassinato da rainha-mãe e de seu irmão caçula, ainda criança. Jogado à própria sorte em um arbusto de roseira-brava, ele permaneceu imobilizado pelos espinhos que rasgavam profundamente a sua pele, e sua alma. Quatro anos depois, o Príncipe dos Espinhos lidera uma irmandade de assassinos. E sua única intenção é vencer o jogo. O jogo que os espinhos lhe ensinaram.”

Precisa de mais do que essa sinopse para te deixar curioso em relação a esse livro? Sou fã de livro de fantasia e admito que há um bom tempo não lia uma obra tão boa. Assim que bati o olho na capa fiquei curioso, o que não é para menos também, porque falar em Darkside Books é falar em sinal de qualidade, nunca vi uma editora para ter tanto cuidado com seus livros, capa dura, arte sensacional, um acabamento de primeira no livro todo. E não me decepcionei nem um pouco com o que li.


Para começar que logo ao iniciar o livro o seu primeiro pensamento é: “é uma obra medieval”, sim de fato é, tem reis, castelos, guerreiros, igreja e tudo mais que existe em gêneros do tipo. Porém, existe um diferencial, durante a leitura você começa a ver referências sobre Shakespeare e Nietzsche, sobre as grandes construções feitas pelos grandes construtores de antigamente e objetos muito familiares hoje em dia. Passamos a notar que o mundo de Prince of Thorns se passa não no passado, mas em um futuro pós apocalíptico e que de alguma forma fez a sociedade retroceder a era medieval.

Os personagens também são maravilhosos, com um destaque especial claro para Jorg. Um garoto com 13 anos, sem nenhum escrúpulo, capaz de matar alguém simplesmente porque não vai com a cara, mas ao mesmo tempo que sabe como conquistar seus irmãos de guerra. Um assassino impiedoso, que busca por vingança, desde quando viu sua mãe e seu irmão serem assassinados enquanto ele estava preso a um arbusto cheio de espinhos. Ele sabe como jogar o grande jogo e sabe o que tem que fazer para conseguir.

Os personagens têm objetivos muito simples, mas isso não os impede de serem interessantes e bem trabalhados, pelo contrário, o fato de terem objetivos simples os tornam bem definidos, tornando fácil de entender o que cada um ali busca: seja vingança, sobrevivência, pilhagem ou simplesmente o gosto pela matança. Isso faz com que a obra seja mais fluida também, não perdendo tempo com enrolações desnecessárias e fazendo você ler tudo sem parar.


Isso também é favorecido por um mundo rico, onde não existem só guerreiros e reis, mas existe magia, feiticeiros e criaturas sombrias (como fantasmas guerreiros por exemplo). Porém, essa parte da magia, apesar de ser bem explorada, não é o foco do livro, o foco é a vingança de Jorg. O livro traz uma narrativa tanto no presente como também no passado, quatro anos atrás para ser mais preciso, e é necessário ficar atento para não confundir. A narrativa do passado mostra o que aconteceu com Jorg e o que o levou a procurar vingança, enquanto a do presente já o mostra atrás desse objetivo.

No mais é isso, um livro incrível de se ler, capítulos pequenos, porém, muito bons. Uma narrativa que envolve o leitor e o faz torcer pelo personagem principal, mesmo sabendo que ele está mais para vilão do que herói, com muitas reviravoltas, tendo um toque de Game of Thrones em sua narrativa, lhe deixando curioso para saber o que vai acontecer em seguida. O único ponto que eu faria uma ressalva é em relação a idade do personagem e sua inteligência. Não sou muito fã de personagens que são mais novos do que sua idade mental aparenta e Jorg com 13 anos já parece ter 20, mas isso não é nada que atrapalhe a leitura, então, que venha o próximo livro.


Conhecendo um pouco da companhia:
- “A cutelaria é um trabalho sujo. Ainda assim, o irmão Grumlow nunca deixa rastros.”
- “Assassinar é o mesmo que matar, mas com um toque extra de precisão. O irmão Sim é preciso.”
- “Alguns dizem que Kent, o Rubro, tinha um coração negro, e isso pode ser verdade, mas qualquer um que o tenha visto assassinar seis patrulheiros parrudos com uma machadinha e uma faca sabe que o homem tem uma alma de artista.”
- “Quem quer que tenha feito o nubano há de tê-lo criado a partir de uma rocha. Nunca vi um homem mais sólido. Não era de muitas palavras. Poucos entre os irmãos buscavam seus conselhos, os homens da estrada não valorizam a consciência. E ainda que ele nunca julgasse, o nubano carregava o julgamento com ele.”
- “A maioria dos homens tem pelo menos uma característica redentora. Encontrar uma para o irmão Rike requer certa boa vontade. Por acaso ser “grande” é uma característica redentora?”

Título: Prince of Thorns
Autor: Mark Lawrence
Editora: Darkside Books
Páginas: 364
Ano: 2013

45 Revelaram sentimentos:

  1. Olá Fabio tudo bem?
    Eu adoro a época medieval, adoro assistir filmes sobre este período e com livros não é diferente. A primeira coisa que me chamou atenção neste livro foi este fato. Fiquei bem curiosa para conhecer esta história, eu também estranharia um assassino com 13 anos, mas só lendo mesmo para saber como ele é.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lara.
      Ele é bem peculiar mesmo, pra não dizer no mínimo kkkk. Se você gosta de época medieval e de fantasia, vai gostar desse.

      Excluir
  2. Não leio muitos livros da época medieval, mas como esse tem magia não pude deixar de colocar na minha lista. Gostei de saber que o personagem não é mentalmente uma criança apesar de sua idade. Adoro essa capa, muito linda e acho que combina com o livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a capa faz jus ao livro, com certeza. A magia nesse aparece, não é tão grande no primeiro volume, mas nos outros (que vai sair resenha aqui futuramente) ela se mostra mais.

      Excluir
    2. Oi Fabio, muito feliz em saber disso e estarei aguardando para ver a sua opinião sobre os outros :)

      Excluir
  3. Olá, Fábio.
    Esse livro foi meu primeiro contato com a editor, me apaixonei e dai em diante queria todos os livros dele. Mas foi meu primeiro contato, só que não li ele, quem comprou a trilogia foi meu sobrinho. Ainda quero ler porque ele só tece elogios a história. E o protagonista ser um assassino, é um fator muito positivo para que eu leia ele.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sil
      Pois, não perde tempo e peça já ele emprestado a seu sobrinho e começa a leitura o quanto antes.

      Excluir
  4. Oi! Eu tenho um certo receio com os livros da Darkside. Todos que eu li me decepcionaram de alguma forma. Eu amo livros com esse tema, e chamou minha atenção o fato de ser um livro no futuro em que a sociedade retrocedeu a era medieval. Fiquei com vontade de ler, mas com aquele medo de me decepcionar. Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gabriela
      Confesso que esse foi o primeiro livro da Darkside que li, e não me arrependi até agora. Por sinal a trilogia toda é muito boa. Espero não me decepcionar com os próximos. Da uma chance pra esse, quem sabe não é sua primeira boa experiência com a editora? Beijos

      Excluir
  5. Darkside nunca me decepcionou. A diagramação das capas, capa dura, as folhas... fora que eu adoro o gênero fantasia e com um toque medieval. Esse livro eu tenho visto bastante e muita gente falando a respeito. Vou adicionar aos desejados desse mês! Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coloca ele na lista de próximas compras já kkkk. De nada =D

      Excluir
  6. Oi, Fábio!
    Eu tenho toda a trilogia na minha estante tem uns 2 anos, mas ainda não li, acredita? Porém o momento dela ainda vai chegar hahahha
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Dois Anos de Família Hallinson

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luiza
      Acredito sim, eles ficaram na espera por quase um ano antes de eu começar a ler kkkk. Tira ele da estante mês que vem e da uma chance ao bichinho kkkk.

      Excluir
  7. Tá aí um livro que gostaria de ler alguma hora, mas até hoje não arrumei jeito de comprar...
    Achei interessante essa percepção de que não é um passado medieval, mas um futuro que fica parecido com coisas do passado. Meio louco. Gosto de leituras assim, com coisas medievais e tudo mais e essa diferença chama atenção nele. É bem legal.
    E o personagem também me pareceu interessante pela idade. Tinha visto mesmo falar que o garoto parecia muito mais velho... Mas olha, achei isso muito bom. Dá um contexto novo para a situação, não sei, de que ele tenha aprendido a crescer logo cedo ou coisa assim...só lendo mesmo pra entender, mas gostei desse detalhe nele.
    Parece um livro muito bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cristiane
      Verdade, o fato de ser no futuro mas com uma ambientação medieval, faz toda a diferença, e durante a trilogia a gente vai aprendendo mais em relação a isso. É muito bom. E apesar do fator da idade me incomodar o personagem é realmente muito interessante.

      Excluir
  8. Que bom que você gostou, faz um tempo que esse livro esta na minha lista de compras. Também adoro fantasia, esse desejo de vingança sempre desperta a fúria no personagem e faz com que ficamos ansiosos pelo decorrer da historia. E gostei que os personagens são maravilhosos isso só conquista mais o leitor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maria.
      Pois, na próxima compra joga ele no carrinho e começa a leitura. Aproveite.

      Excluir
  9. Fábio!
    Acredito que o fato de Jorg ter 13 anos e atitudes de 20, se deva ao fato de ter amaadurecido rapidamente e de forma dolorosa, a vingança alimentou seu crescimento e sua sede de encontrar quem afetou sua mãe e irmão, acredito que por isso ele seja mais inteligente do que os garotos de sua idade.
    Que sua semana seja repleta de luz e paz!
    “A amizade, depois da sabedoria, é a mais bela dádiva feita aos homens.” (François La Rochefoucauld)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rudynalva
      Sim, os acontecimentos com a mãe e o irmão, além do comportamento do pai foram os fatores que desencadearam esse amadurecimento precoce. Porem ainda assim acredito que a idade dele para isso e seus comportamentos sejam bem além do que deveria ser. Ai acho que fica um pouco estranho, mesmo considerando esses fatores.
      Boa semana tambem =D. Bjs

      Excluir
  10. Oi Fabio! Tenho muita vontade de ler a trilogia dos espinhos e sua resenha apenas reforçou isso. Não imaginava que fosse distopico e pra falar a verdade gosto até mais assim, porque fico tentando catar as referências e isso pra mim vira um jogo durante a leitura. Nas cronicas de amor e odio havia um assassino muito jovem no clã de Venda mas em muitos momentos ele aparentava a idade que tinha entao nao sei como irei reagir a um personagem de 13 que não aparenta. Espero conseguir ler ainda esse ano, obrigada pela resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Jéssica =D
      Pois então coloque na lista de próximas leituras, vc vai gostar. Tem algumas referencias para caçar. Eu quero ler as cronicas de amor e ódio, tenho o primeiro livro aqui, mas fico receoso em não ser bem meu estilo. Em relação a idade tem esse fato mas não atrapalha na leitura não, da pra deixa pra lá tranquilo.

      Excluir
  11. Sempre vi esse livro por ai mas nunca tinha dado atenção a ele, acho que preciso repensar isso, o livro contém tudo que amo numa leitura.
    Também me incomoda um pouco ver personagens tão novos que aparentam ser mais velhos mas se formos pensar nessa época uma pessoa de 35 anos já era considerada super velha então acho que faz sentido os personagens precoces.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Pois pense bem, olhe essa capa linda e a historia boa e coloca logo no carrinho pra começar a leitura kkkk.

      Excluir
  12. Oi Fábio.
    Eu comecei a ler este livro faz um tempinho mas por falta de tempo acabei abandonando pretende retomar a leitura por favor não me julgue já que sou muito fã de livros de fantasia essa capa é incrível e como você falou o livro também depois da sua resenha fica ainda mais ansiosa para desfrutar dessa leitura espero muito em breve está lendo esse livro Estou ansiosa para saber a sua opinião sobre o segundo Ja que a capa também é maravilhosa.
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marlene.
      kkkk pois retome a leitura o quanto antes. É muito boa, vale a pena. E logo logo vou postar a resenha do segundo. Depois da minha próxima resenha ela está saindo.
      Bjs

      Excluir
  13. Oi, Fábio
    SE tem referência a Shakespeare e parece-se algo com Game of Thrones, eu já gostei. Adoro tramas medievais. Também gosto dessas narrativas alternadas entre presente e passado.
    Acho que leria o livro, só que futuramente. Gostei muito da dica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leticia
      Que bom que gostou da dica. Coloque mesmo na sua lista de leitura, vale a pena.

      Excluir
  14. Apesar de não ter costume de ler livros que se passam na era medieval, no entanto amo filmes que se passa nessa era, principalmente quando abordam as guerras, lutas, dentre outras coisas. Porém vejo que existem vários diferenciais, que me deixou curiosa. O fato de possuir uma personagem com 13 anos, que é assassino me cativou ainda mais em dar uma chance a essa leitura, além do mais e sempre bom sair um pouco da zona de conforto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lana.
      Sim, essa obra tem vários diferenciais que fazem até quem não gosta do tipo de leitura acabar se interessando, vale a pena.

      Excluir
  15. Oi, Fabio!
    Gosto muito desse tema em séries e filmes, porém em livros, creio que ainda não tive a oportunidade de ler. Mas já está na lista, pois tenho certeza de que é uma leitura bem surpreendente. A capa está linda, como todas edições DarkSide.
    Adorei sua resenha, muito bem explicada. Obrigada!
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Márcia.
      Ela é surpreendente sim, vale a pena.
      Verdade, as capas da darkside são lindas.
      Obrigado pelo elogio =D
      Abraço.

      Excluir
  16. Oi Fábio,
    Adoro histórias medievais, as lutas, a cultura, os guerreiros sempre chamaram a minha atenção em livros. Fiquei intrigada em ler essa obra tão rica, ainda mais em um futuro pós apocalíptico com uma ambientação medieval, que cenário incrível deve ser. Gostei dessa particularidade das referências sobre Shakespeare e Nietzsche, achei bacana esse cuidado.
    Adoro uma boa fantasia, e essa pelo jeito é bem envolvente, com uma trama e personagens bem criados, com muitas reviravoltas que deixam a leitura mais emocionante. Estou curiosa para acompanhar a jornada da vingança de Jorg, um garoto de 13 anos com uma personalidade e tanto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá Micheli.
    Espero que leia sim, vale a pena. É uma ótima trilogia. Prende o leitor e também não cai nos clichês.
    Bjs

    ResponderExcluir
  18. DarkSide sempre caprichando na diagramação dos livros deles, eu já tinha visto este livro, mas ainda não havia lido nem uma resenha sobre ele, e logo que li sua resenha, já adicionei ele em minha lista de leituras, gosto de histórias que passam em épocas medievais, pretendo ler este livro em breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mariele
      Que bom que gostou da resenha. Leia mesmo. Vc vai gostar. Tem uma pegada Game of Thrones nele.

      Excluir
  19. Olá ♥
    Já vi essa capa circulando pelas redes sociais, a premissa é um tanto instigante e para ser bem sincera quando vi a capa nem reparei que era da DarkSide rsrs. As edições deles são bem caprichadas, mesmo você tecendo elogios a obra não consegui sentir empatia, talvez por que não estou muito na vibe desse gênero. Como você elogiou a obra de um todo um dia quem sabe dou uma chance a ela. Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Adriana.
      Entendo, quando não esta na vontade de ler algo não adianta. Mas recomendo colocar no carrinho, porque quando a vontade vier ele tá lá te esperando.
      Obrigado pelo elogio :D

      Excluir
  20. Olá, Fabio!

    A Dark Side realmente capricha nas capas e diagramação dos livros. Tudo sempre bem feito e que chama a atenção do leitor.
    Penso que como esse mundo futurista que vira uma nova idade média, a expectativa de vida também cai para os níveis daquela época, portanto um jovem como Jorg teria que ter uma maturidade de adulto com corpo de adolescente. E mesmo assim, isso gera um certo choque no leitor, dando um toque diferente nessa trama que já é intensa por causa dessa sede de vingança de Jorg.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  21. Olá. Concordo com o que vc disse. Mas como nesse caso se passa no futuro, diria que não é a expectativa de vida que cai, mas a evolução que que faz com que as crianças já se desenvolvam mais cedo.
    Abraço :D

    ResponderExcluir
  22. Oi, Fabio!
    Quando li pela primeira vez a sinopse de Prince of Thorns fiquei um pouco curiosa em relação a história de Jorg mas também com receio de ler e não gostar pois até hoje nunca li nenhum livro onde o protagonista é mais vilão do que herói, por isso estou esperando os lançamentos dos próximos livros para decidir se lerei ou não essa série... Você sabe me dizer se já foi lançado o segundo livro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Any
      Pois eu recomendo a leitura, é muito boa. Vale a pena.
      Sim, toda a trilogia já foi lançada, inclusive agora irá sair uma outra trilogia que se passa no mesmo mundo, que é a trilogia da rainha vermelha. O primeiro livro inclusive já foi lançado.

      Excluir
  23. Oi, Fábio!!
    Nossa que edição linda essa da Darkside!! Adorei tudo na história e olha que já faz tempo que li algum livro com a temática de época medieval.
    Bjoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marta
      Pois, agora é a chance de pegar essa saga e reler algo na temática, ainda mais que gostou. kkkk
      Bjs

      Excluir
  24. Há muito tempo quero ler essa saga. Pelo que li na resenha, o personagem principal possui um sangue frio de dar medo, apesar da pouca idade. Os personagens bem trabalhados, a premissa instigante, a edição maravilhosa e muitos outros motivos me fazem querer tê-lo e lê-lo.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá
      Pois então digo pra correr atrás logo e pegar pra ler. Vale a pena. Por tudo isso ai que você descreveu e pelo fato de ser uma ótima saga.
      Abraço.

      Excluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.