Resenha: Matéria escura


Pensei se tratar de algo repetido. Mas fui surpreendido!

Jason é um professor universitário que vê sua vida se transformar num verdadeiro caos. Após uma festa em que alguns colegas comemoravam uma grande premiação de um antigo amigo, Jason é sequestrado e posteriormente dopado. Quando acorda, porém, ele se vê cercado de pessoas estranhas que o conhecem muito bem, esperando por respostas de perguntas que nunca lhes foram feitas. Jason não está onde deveria estar.

Quando comecei a ler senti uma certa decepção pensando se tratar de mais do mesmo. Até fiz uma ponte "Matéria Escura" e "Fluam, minhas lágrimas, disse o policial", de Philip K. Dick, onde um homem acordava após uma festa e descobre que não existe mais (tem resenha aqui no ig), mas bastaram algumas páginas para me mostrar que eu estava errado.


"Matéria Escura" é um sci-fi com um enredo muito bem elaborado. O estilo narrativo do autor tem algumas falhas, mas grande parte do conteúdo flui tranquilamente. Não é necessário ser um gênio da Física para entender o conteúdo, uma vez que o autor usa de uma linguagem (e diálogos) simples para nos colocar a par do assunto.

Como ficção científica que elabora um tema tão complexo, o livro estaria bastante sujeito a furos de enredo, mas isso não acontece (até porque, apesar de tudo girar em torno desse assunto, ele fica em segundo plano).

A parte chata fica por conta do tchongo do Jason, que quase transforma o trabalho em um livro da Segunda Geração Romântica Brasileira: "Amo minha mulher e mataria ou morreria por ela". É muito amor!! É como se toda a sua epopeia fosse por causa dela. Mais um pouquinho virava um Helena de Tróia (e olha que ele quase causou uma guerra por causa dessa mulher [literalmente]).


Vi muita gente reclamando do final. Mas, em minha humilde opinião, não foi tão ruim assim. Acho que de acordo com a história e do quão fodido tudo estava, acredito que foi o melhor final a ser escrito.

Ah, sim! Com o desenrolar da história, também conseguimos entender a capa do livro.

Título: Matéria Escura (Dark matter)
Autor: Blake Crouch
Editora: Intrínseca
Páginas: 352
Ano: 2017

6 Revelaram sentimentos:

  1. Gostei da ideia do livro, apesar de no princípio soar como mais do mesmo, é verdade. Mas ele parece ter uma escrita interessante a algo ali que torna a história única, mesmo não sendo um tema tão único assim. Acho que ele fez algo bom ali com essa trama. Pelo que vi gostei. Jason parece aquele personagem que a gente simpatiza fácil e a história dele, a doideira dos mundos e como isso acaba fazendo a gente até pensar na própria vida e nos e se..? é que achei legal. Acho que iria gostar bastante da trama.

    ResponderExcluir
  2. Oie Marcos =)

    Vi esse livro na Saraiva, mas ele não tinha me chamado tanta atenção. Agora lendo sua resenha a premissa da história me pareceu interessante, porém ainda sim não faz muito o meu estilo de narrativa.

    Fico feliz que apesar de alguns detalhes, você curtiu a história.

    Beijos e Feliz Ano Novo ;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library  

    ResponderExcluir
  3. Marcos!
    O que achei fabuloso foi o autor pegar uma ideia que realmente existe no mundo da física, e transformá-la em um livro de ficção, originando os mundos paralelos. Misturou realidade com fantasia o que torna o livro mais crível.
    Sem contar com os questionamentos que o livro levanta, porque deve ser difícil ser tirado de sua vida e família e ir parar em outra dimensão sendo apenas um profissional bem sucedido.
    Curiossa para fazer a leitura.
    Um Novo Ano repleto de realizações!!
    “Para ganhar um ano novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo de novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.” (Carlos Drummond de Andrade)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Bom, a impressão que eu tive é que a narrativa flui bem, embora eu não tenha entendido direito do que o livro se trata!

    ResponderExcluir
  5. Oi! Eu não sou de ler ficção científica, mas fiquei curiosa com a história e aonde Jason foi parar. Vou pensar se dou uma oportunidade. Bjos <3

    Click Literário

    ResponderExcluir
  6. Bem comentado esse livro, tenho curiosidade em ler. Bem misterioso o personagem desaparecer e aparecer em um local desconhecido que não conheço as pessoas, deve ser bem envolvente, fiquei intrigada se vou gostar ou não desse final rs.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.