Resenha: As garotas de Corona del Mar

  
Olá, leitores. Hoje vim falar de um livro que pensei que me traria apenas uma leitura leve sobre melhores amigas, bebedeira, um romance ou dois e muitas festas no lago, mas que acabou me surpreendendo a cada virar de página por representar, através de Lorie Ann e Mia, um perfil muito fiel e amargo sobre o destino na vida das pessoas.

A história nos apresenta duas amigas desde a adolescência até a vida adulta, a narração foi feita inicialmente pela Mia que via, através de um olhar de adoração, Lorie Ann ter a vida que ela sempre sonhou. As amigas são o oposto uma da outra, enquanto Lorie tem a família perfeita, as notas perfeitas e é a personificação da garota perfeita, Mia nasceu em uma família quebrada, sempre foi uma aluna mediana e não poderia ser mais despreocupada com o que é certo e o que é errado.

Mas conforme os anos passam Lorrie deixa de ser a garota doce e gentil e se transforma em uma mulher amarga e desacreditada na vida enquanto que, longe da amiga, Mia vê sua vida alcançar um equilíbrio que ela jamais imaginou e essa inversão afeta diretamente a amizade das garotas, mas sem nunca as afastar de fato. E o mais interessante é que apesar de descobrirmos que a vida de Lorie era mais bagunçada do que aparentava, foi uma decisão tomada por ela, ainda na adolescência, que empurrou todas as suas expectativas de futuro ladeira abaixo.


Queria muito poder citar metade das coisas que acontecem na vida dessas amigas, mas percebi que cada inesperada descoberta tornou a leitura ainda mais incrível e não quero tirar essa experiência de vocês. Então vou falar do que eu senti. Senti em muitos momentos que Mia se considerava inferior a todos que a cercavam, sua infância cheia de dificuldades a transformou em uma cética que se considera indigna de admiração e de ser comparada a perfeição inalcançável de Lorie Ann que, na verdade, muitas vezes agia como as pessoas esperavam e não como desejava.

Munidas de máscaras, as amigas escondiam os sentimentos até mesmo uma da outra, mas quando uma precisava a outra estava lá. As garotas de Corona del Mar é de uma profundidade que eu sequer imaginava, pois, além de trazer os sentimentos mistos que muitas vezes temos por amigos próximos, ainda aborda de forma um pouco discreta um tema muito delicado: a violência obstétrica e as cicatrizes que podem provocar na vida de uma mulher. Não vou entrar em detalhes sobre com quem, onde e como isso ocorre, mas preciso dizer que, com muita sutileza, a autora conseguiu trazer esse assunto à tona de uma forma que me deixou muito sensibilizada. Além de tudo isso, ainda responde a um questionamento simples: uma vida perfeita pode se tornar horrível e uma vida horrível pode se tornar maravilhosa?

Se eu recomendo essa leitura? Claro que sim. Leiam As garotas de Corona del Mar pois este livro tem muito mais a oferecer do que aparenta e retrata a transição entre a adolescência e a vida adulta de uma forma que jamais vi. Cruel e desesperadora para uns, mas cheia de boas reviravoltas para outros.

Até a próxima!



Título: As garotas de Corona del Mar (exemplar cedido pela editora)
Autora: Rufi Thorpe
Editora: Novo Conceito
Páginas: 288
Ano: 2017

41 Revelaram sentimentos:

  1. Amei a dica, achei o enredo muito interessante e adorei a capa. Gostaria de ler sim.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/2018/02/resenha-do-livro-nao-se-enrola-nao.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O enredo surpreende, espero que goste tanto quanto eu, ou mais.

      Beijos!

      Excluir
  2. Oie, tudo bem?
    Ainda não conhecia, valeu pela dica
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Felipe, então fico feliz por ter te apresentado essa história, abraços!

      Excluir
  3. Sinceramente não imaginava que esta obra tivesse essa profundidade e que trataria de temas tão necessários como a violência obstetrícia, o fato de termos sentimentos de inferioridade em relação a nossos amigos, e as pessoas que estão ao nosso lado, como deixamos de fazer coisas das quais gostamos, para fazer aquilo que esperamos que sejam. Enfim, se antes já queria ler este livro, agora quero a obra mais do que nunca.

    Venha participar do Top Comentarista e concorra o livro "O Maravilhoso Bistrô Francês": http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lana, pra vc ver como uma capa pode nos enganar. Boa leitura!

      Excluir
  4. Olá!
    Eu não tinha visto o livro antes, mas gostei muito da capa e a obra parece muito mais intensa do que o esperado, o que sempre é algo bom.
    Beijos,
    http://ofantasmaliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carolina, então fico feliz por ter te apresentado essa história, ser surpreendida é sempre bom, beijos!

      Excluir
  5. Essa é a segunda resenha que vejo desse livro e tô pra dizer que cada vez mais fico mais interessada na história! Achei o plot bem interessante e acho que ia gostar da leitura. Ah, amei as fotos reproduzindo a capa do livro, ficaram lindas!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh, oi Gabi! Eu bem que tentei recrutar uma amiga pra foto ficar mais parecida mas não deu... Espero que qndo vc ler seja tão agradável e emocionante quanto foi pra mim. Obrigada!

      Excluir
  6. Ahhh parece uma excelente trama com amizades, gosto de livros assim e a premissa me chama bastante atenção! Uma amiga leu e tb super curtiu!!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi, sua amiga tem bom gosto haha. Eu amei demais esse livro mas sei que algumas pessoas iriam preferir um baita cliché a uma obra cheia de profundidade e significado. Espero que seja uma boa leitura pra você também, beijos!

      Excluir
  7. Não conhecia esse livro. Parece ter um super aprendizado mesmo na história..

    http://www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Monique, tem sim. Experimenta ler! Grande abraço.

      Excluir
  8. Oi Je!
    Parece ser uma leitura muito fofa de fato. Uma história emotiva que com certeza deve envolver o leitor com facilidade, mas confesso que nao faz muito meu tipo, infelizmente, por mais positiva que tenha sido sua leitura e quao boa reflexão ela possa ter causado :(

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi David, sem problema, cada leitor tem suas preferências. Abraço!

      Excluir
  9. Oi!!
    Que bom que o livro surpreendeu você positivamente. Olhando pela capa me parece uma história que tem algo a revelar e realmente tem. Fiquei super afim de ler o livro e curiosa para saber mais sobre esses assuntos pesados e como eles são tratados no livro.
    Beijos!
    Nerd Fox

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anie, pois eu tbm fiquei super feliz. Queria ter lido antes haha. Boa leitura pra vc, abraço!

      Excluir
  10. Oi :)
    Juro que também não esperava uma história profunda, na verdade achei que seria bem clichê. Gosto quando um enredo trabalha com a amizade, e nesse caso parece que mostra como isso pode ser importante na vida de alguém. Também achei ótimo mostrar a vida delas e os problemas que passam, se tornou um drama mais perto da realidade. Gostei da indicação e pretendo ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vi, acho que era o que todos esperavam haha parecia que seria uma história bem seção da tarde mesmo mas não foi nada disso, se ler espero que goste. Beijão!

      Excluir
  11. Olá, Jéssica.
    A Novo Conceito sempre apronta dessas. Quase todos seus livros são assim. A gente pensa que é uma história levinha e acaba se emocionando muito com ela hehe. Eu até queria ler esse livro, solicitei ele para a editora mas nunca chegou aqui e acabei desistindo hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh esse livro deu um rolo mesmo, eu solicitei ele na segunda vez que abriram pedido prq da primeira vez deixei passar, olha o que eu ia perder!

      Excluir
  12. Resenha maravilhosa amei a dica do livro, obrigado pela visita.
    Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  13. Parece bem interessante.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia mas fiquei curiosa.
    Beijinhos
    http://virginiaferreira91.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  15. Os melhores tipos de livros são aqueles que conseguem nos surpreender de forma positiva, e pelo visto isso aconteceu contigo e esse título. No início ele parece mesmo ser uma história bastante despretensiosa, mas eu fico feliz em perceber que a autora conseguiu dar corpo e consistência ao enredo, tornando tudo mais atraente e envolvente para o leitor. Esse tipo de livro sempre me atrai de alguma forma, porque tem personagens fáceis de se identificar, e acredito, pela tua resenha, que esse não é diferente. Além do mais aborda um tema de suma importância, mas que ainda é considerado tabu dentro da sociedade em que vivemos, sendo pouco discutido. Com certeza vou procurar colocar o livro na minha lista de futuras leituras!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz por ter te atingido de certa forma, tentei passar o máximo de emoções que senti ao ler esse livro, mas infelizmente muito não pode ser dito para evitar spoiler já que esse livro traz muitas surpresas, grande abraço!

      Excluir
  16. Oi =)
    Não conhecia esse livro, a história parece ser muito boa, mas regada de um belo drama nessa transição de adolescente para adulto. Talvez entre pra minha lista, vou dar uma pesquisada melhor sobre ele.

    Beijos de Luz,
    Marina | www.meudoceapartamento.com ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo. Se resolver ler, espero que goste tanto quanto eu. Beijinhos!

      Excluir
  17. Oi! Não conhecia esse livro e a história parece ser bem interessante! Boa dica! ;)

    beijos!

    https://ludantasmusica.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Olá Jéssica tudo bem?
    A primeira resenha que li desse livro fiquei louca para conhecer mais da história, para saber mais como a vida das meninas mudam sem que elas percebam, eu quero ler ainda esse ano. Amei sua resenha!
    Beijos <3

    Estante Clássica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nivea, acho que esse livro é pra deixar qualquer um doido pra ler depois que sabe mais sobre ele. Espero que consiga atingir sua meta, e boa leitura!

      Excluir
  19. Apesar do livro ter uma sinopse um pouco Clichê e não ter me chamado muito atenção eu vou ler o livro porque eu me identifiquei muito com a personagem Mia também era uma aluna mediana na escola e despreparada para vida acho que só vou ler o livro Por isso mesmo e espero não me decepcionar

    ResponderExcluir
  20. Achei interessante os temas abordados no livro confesso que achei que ficava mais na amizade das personagens, pena Mia ser assim e sempre se sentir inferior, espero que ela tenha amadurecido. Mas a historia deve nos deixar angustiados com o que essa garotas passam, ainda mais que essa fase iniciante de adulto não é nada fácil.

    ResponderExcluir
  21. Jéssica!
    Mesmo ficando sensibilizada ao ler livros do gênero, acredito que precisamos desse toque de crueldade para podermos passar a entender que na natureza humana, existem pessoas de todos os tipos e não devemos julgá-las, mas devemos entendê-las por inteiro, na sua história completa dolorosa ou não.
    Gosto de livros difíceis e polêmicos como esse e queria poder ler.
    Um carnaval de alegria e moderação e desejo uma nova semana!
    “Ninguém é assim tão velho que não acredite que poderá viver por mais um ano.” (Cícero)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  22. Eu me apaixonei pela capa desse livro. E enquanto lia a resenha me identiquei bastante pois tinha uma amizade parecida em muitos pontos com a história narrada. Não é o tipo de livro que costumo ler mas acho que por ter rolado uma identificação comigo eu fiquei com vontade de ler.

    ResponderExcluir
  23. Olá, Jessica!

    Esse seria um livro que me surpreenderia também e que também deixa essa sensação de que vivemos somente por nossas aparências, querendo sempre seguir um padrão de perfeição não só estético mas também comportamental. Isso nos empurra a esconder o que não é "perfeito" e com o tempo isso vira contra nós. Por isso é importante dar valor a vida e ao fato que ela pode piorar ou melhorar, muitas vezes por nossas decisões.
    Outra coisa que reparei foi a violência obstétrica: Não só viola o juramento de Hipócrates, pelo qual é regida todas as profissões ligadas à saúde, mas viola também o corpo das mulheres, que a princípio deveriam respeitar para poder orientar à saúde delas. Por tanto, tratar do tema permite que quem passou por isso se reconheça e tenha a coragem de denunciar o agressor (que nem merece mais ser chamado de médico).

    Um abraço!

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.