18 abril 2018

Resenha: Ponte em chamas


Vocês já viram aqui que eu comecei a série Rangers – Ordem dos arqueiros recentemente e gostei por demais. Estava com receio de ser uma série boba, ou infantil demais, mas me enganei.

No segundo livro, continuamos acompanhando Will em uma nova aventura. Após a batalha na primeira história, nosso mocinho conquista certo prestígio entre as pessoas do reino, mas Halt (seu professor), sabe: Will ainda tem muito a aprender. E a prova disso é que logo de início, quando Will mais precisaria usar dos seus treinamentos, ele hesita, e acaba precisando de ajuda para não morrer. Esse fato deixa nosso mocinho com a confiança muito abalada. Mas devemos ser justos: Will nunca foi o tipo de pessoa que usa dos seus conhecimentos para tirar proveito dos demais, pelo contrário, sempre foi humilde e atento para o que pudesse aprender.


Com o mal se erguendo e juntando forças para uma nova batalha, Will, Horace (seu grande amigo) e Gilan (um dos mais novos arqueiros formados), recebem uma missão diplomática: ir até o reino de Céltica e pedir para que eles juntem forças com o Rei Duncan na grande batalha que se aproxima. Chegando ao local, eles ficam assustados, pois o reino encontra-se abandonado. Casas, estabelecimentos, tudo vazio, nem mesmo sinal de animais deixados para trás. Por algum motivo, as vilas estão vazias. Gilan decide retornar sozinho o mais rápido possível para alertar o rei. Com isso, Will e Horace ficam para trás, pois os três juntos não poderiam viajar em um ritmo acelerado. 

Deixados por conta própria, os dois adolescentes, Will e Horace, decidem xeretar para descobrir alguma coisa, e então são surpreendidos por uma garota que pede por socorro. Ela estava viajando pelo país vizinho com um grupo e eles foram atacados. Levam-na consigo, mas aos poucos percebem que a moça não é uma camponesa comum: existe algo de elegante em seus modos, e a aquela sujeira toda provavelmente esconde um rosto muito bonito. Mas não há tempo para se aprofundar na questão, pois, no caminho para casa, eles esbarram com o inimigo e decidem que, sozinhos, precisam fazer algo a respeito.


Temos um episódio muito lindo, onde percebemos claramente que Halt, o professor gelado e distante, de fato nutre sentimentos um tanto quanto paternais para com Will. Prova disso é a cena no final do livro onde temos um baita gancho para o terceiro volume da série, que só não li ainda por estar com mais projetos em andamento. Novamente me surpreendi com a capacidade do autor de nos deixar querendo mais.

Série mais que recomendada. Divertida, nada enrolada, não vejo a hora de pegar o livro três.

Abraços.



Título: Ponte em chamas
Autor: John Flanagan
Editora: Fundamento
Páginas: 224
Ano: 2009

17 comentários

  1. Oi, Silvana.

    Acredito que, no meio do caminho, os personagens além de terem mais confiança em si mesmo, terão grandes aprendizados pelo meio caminho... Contando com a ajuda da tal garota.

    ResponderExcluir
  2. the cover of book made a strong impression on me,i need to read..

    https://clicknorder.pk online shopping in pakistan

    ResponderExcluir
  3. Apesar dos teus comentários positivos e estimuladores, esse tipo de serie e tema realmente não me chama atenção, não dá nem para dizer que não gosto porque nunca li esse tipo de fantasia, enfim é antipatia gratuita. Mas admito que deve ser uma leitura dinâmica, com lutas e aventuras, quem sabe em outro momento...

    ResponderExcluir
  4. Olá Silvana,
    Já tive a série disponível para ler mas não me agradou, na realidade não consegui chegar na metade do primeiro livro por achar os acontecimentos bem monótonos.
    Fico feliz que tenha te ganhado, e espero que a evolução do protagonista seja visível ao longo da história!
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Tenho muita vontade de ler essa série. Mas vem cá, não tem personagens femininas importantes? rs
    Bjs

    https://www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir
  7. Parece bem interessante esse livro.
    big beijos,
    Lulu
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  8. Eu não conhecia a série, mas pelos comentários sobre esse segundo volume fiquei bem interessado. Eu não tenho muito problema com séries infantis ou juvenis, esse por sinal gosto muito, mas se o enredo for realmente muito simples se torna chato mesmo. Essa aventura parece ser bem interessante e seria uma série que eu acompanharia com certeza. Esses ganchos nos finais acabam comigo, sou ansioso demais.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Sil!
    Apesar do que você disse, esse livro nunca me chamou muito a atenção. Sempre via ele na biblioteca da escola e passava looonge, hahah!

    Beijo!
    www.controversos.com

    ResponderExcluir
  10. Olá Silvana
    Eu já tinha escutado falar da série, mas nunca me interessei para ler, mas eu conheço uma pessoa que vai amar, obrigada pela dica!
    Beijos <3

    estanteclassica.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Fiquei bem curiosa com essa série. É bem do jeito que curto!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  12. O livro nos leva a uma grandd aventura através dos seus personagens, e ainda podemos ter uma dose de romance com a misteriosa garota que surge no caminho dos rapazes! Sem dúvidas que i livro proporciona uma grande leitura.

    ResponderExcluir
  13. Olá Silvana, tudo bem?


    Essa série está na minha lista de desejados, não tem como ser uma série ruim pois tem mais de 12 livros lançados, ótima resenha...bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá, Silvana!

    Rangers poderia sim ter todo o jeito de serie infantil, até mesmo por ser anunciada em canais infantis de TV. Mas é uma série que mostra a evolução do caráter de cada arqueiro e dos riscos que eles correm para defender as terras onde vivem.
    Dá uma curiosidade de saber se a garota suja que Will e seus amigos encontram tem alguma ligação com Céltica e o porque de ter sido abandonado pelos moradores!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  15. Silvana!
    A cada resenha que leio dessa série, mais me interesso por lê-la e esse em particular me chamou ainda mais a atenção, porque gosto da ordem dos arqueiros.

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Oi, Silvana!!
    Conheço essa série há algum tempo mas infelizmente ainda não conseguir ler nenhum dos livros. Tenho certeza que a série Rangers – Ordem dos arqueiros é super bacana!! Grata pela indicação.
    Bjos

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.