15 agosto 2018

Resenha: O ódio que você semeia

"Às vezes, você pode fazer tudo certo, e mesmo assim as coisas dão errado. O importante é nunca parar de fazer o certo."
"Foi depois de saber da morte do jovem Oscar Grant, em 2009, que a escritora Angie Thomas começou a idealizar o que se tornaria o seu primeiro livro. A cada notícia sobre a morte de um conterrâneo negro, a raiva e a vontade de gritar, gerou o “O ódio que você semeia”, um romance sobre Starr, moradora de um gueto nos EUA que, ainda na adolescência, testemunha a morte por arma de fogo de dois de seus melhores amigos. Um deles, Khalil, foi assassinado por um policial, numa blitz."

Eu sou carioca, nasci no Rio de Janeiro. Uma cidade repleta de belos cenários, que são conhecidos mundialmente, mas tambem é uma cidade marcada pela violência e injustiça social.

A cada página que eu lia de um O ódio que você semeia eu lembrava de alguma notícia que assisti no telejornal sobre o assassinato de uma pessoa negra em uma das comunidades do Rio. Um depoimento de uma mãe destruída após a morte de um filho que era só um trabalhador. O relato de uma pessoa que teve seus direitos violados de forma brutal. A história de Starr e Kallil, narrada no livro, é uma ficção, mas infelizmente traz o retrato de muitos brasileiros que são vítimas de racismo e preconceito social/ econômico.

Antes de morrer, Khalil e Starr estão ouvindo Tupac, um rapper americano que fez sucesso nas décadas de 80 e 90. Ele canta Thug life (vida bandida) e Khalil explica a Starr que Thug life é a abreviação de “The hate you give little infants fucks everybody”, ou “O ódio que você passa pras criancinhas f*** com todo mundo”. O diálogo sobre a música inspirou o nome do livro.

Eu poderia ressaltar muitos motivos para indicar a leitura desse livro. A narrativa fluida, a construção de bons personagens, uma história forte, mas certamente o ponte principal desse livro é a discussão sobre temas de extrema relevância. É sempre maravilhoso quando um livro exerce o papel de nos entreter e nos fazer refletir.


Título: O ódio que você semeia
Autora: Angie Thomas
Editora: Galera Record
Páginas: 378
Ano: 2017

16 comentários

  1. Oi, Thaís! Tudo bem?

    Eu estou desejando de mais este livro. Com certeza será uma das minhas próximas compras.
    Como você falou, não só o Rio, mas todo o nosso país é marcado pela desigualdade social e racial. Infelizmente, mesmo que ficção, este livro representa uma grande verdade da sociedade.

    Beijos,
    Magia é Sonhar
    Conheça o nosso Canal

    ResponderExcluir
  2. Oiii Thais

    Esse livro é maravilhoso, simplesmente. Eu li sem saber bem o que esperar e fiquei apaixonada. A familia da Starr é maravilhosa, a construção dos personagens perfeita. Deu até vontade de reler depois dessa resenha.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Thais!
    Eu li esse livro no ano passado e foi uma das minhas melhores leituras. Louca pela adaptação.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. Oi Thais, eu já deveria ter lido esse livro. A autora parece que aborda muito bem o tema e ainda vai ter filme! Preciso ler urgentemente!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Oi, Thaís!
    Toda vez que eu vejo uma resenha desse livro, me sinto um pouco de outro mundo.
    As resenhas que eu vi foram todas positivas, mas eu não tenho a mínima vontade de ler, acredita? Pois é, nem eu! hahaha Fico feliz que você tenha gostado!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  6. Oi Thais, tudo bem?
    Deve ser bem doloroso ler esse livro e ver o quanto se aproxima da realidade. Quero ler antes da estreia do filme!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  7. Uau! Também sou do Rio e te entendo. Acho que se eu lesse o livro, teria o mesmo sentimento e lembrança. Já vou salvar o título do livro na minha wishlist, afinal bienal é ano que vem e já quero estar com a lista preparada. Não conhecia o livro e não sabia nem da existência dele, ainda bem que você indicou aqui.
    Beijos!

    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá, Thaís.
    Eu estou com esse livro no kindle para ler. O enredo parece ser excelente e acho que todos deveriam ler. Infelizmente é a realidade. Todo dia de manhã no jornal vemos noticias como essa, principalmente no Rio de Janeiro.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Parece ótimo!

    Se quiser participar, estou sorteando um kit de acessórios lá no blog: http://www.cobaiaamiga.com/2018/08/sorteio-acessorios.html

    ResponderExcluir
  10. Já estava querendo ler e agora e quero ainda mais, já está na minha lista.

    Beijos
    Mari Dahrug
    https://www.rabiskos.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Thais!
    Tremendo absurdo tanto preconceito em pleno século XXI, não admito.
    O mais importante é que o livro traz análise de fatos reais e imagino o quanto deve mesmo chocar, principalmente através dos detalhes.
    Fiquei bem interessada em poder ler.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  12. Oi, Thais! Tudo bem?!

    Essa semana mesmo minha amiga me recomendou esse livro e disse que a leitura vale a pena. É muito triste saber que, infelizmente, vivemos em uma sociedade que ainda é regrada de muito ódio e preconceito. Ainda bem que, aos poucos, pequenas coisas estão mudando. Mas é uma batalha que temos que enfrentar todos os dias.

    Beijos e um ótimo fim de semana!
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
  13. Super amei esse livro, anotei o nome pra depois comprar!

    Beijos,
    www.thalitamaia.com

    ResponderExcluir
  14. OiThais,tudo bem?
    Já li alguns comentários positivos sobre esse livro, mas ainda não tive uma oportunidade de lê-lo. Que bom que a leitura foi satisfatória.

    *bye*
    Marla
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Eu só tenho a dar comentários positivos sobre esse livro foi uma leitura maravilhosa e cheia de reflexões estou tão empolgada em ver o filme que Mal consigo me conter

    ResponderExcluir
  16. Essas leituras que trazem a verdadeira realidade é chocante. Existem muitas coisas que acontecem a nossa volta que são mascaradas pela mídia ou a política. E um livro retratando a realidade é muito necessário, não sei se nesse momento tenho pulso para essa leitura, mas futuramente com certeza.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.