05 outubro 2018

Resenha: Como se livrar de um escândalo


“Não importa o quanto você tente controlar suas próprias emoções, não vai conseguir controlar as minhas.” 
Na noite do baile na Mansão Parkhurst houve um encontro escandaloso na biblioteca. Será que Lady Canby teve um caso com um criado? Ou a Srta. Fairchild tinha um romance secreto? Talvez um casal de criados tenham aproveitado o momento de distração dos patrões para se encontrarem Tudo o que Charlotte Highwood sabe é que não foi ela. Mas os rumores apontam o contrário. A menos que descubra a verdadeira identidade dos amantes, a jovem será forçada a se casar com o marquês Piers Brandon, também intitulado Lorde Granville – o cavalheiro mais frio, arrogante e lindo que ela já teve a infelicidade de conhecer. Quando começam as investigações dos verdadeiros amantes envolvidos no escândalo, Piers revela esconder muitos segredos. E guarda ferozmente a verdade sobre seu passado sombrio. O escândalo na biblioteca parecia um mistério simples de resolver, mas logo perigos perturbadores surgem na vida de Piers e Charlotte. A paixão é intensa. O perigo é real. Charlotte arriscará tudo para provar sua inocência nesse caso escandaloso ou irá se entregar a um homem que jurou nunca amar?
Vou começar com uma notícia: apesar do novo livro de Tessa Dare ser um cross-over de Spindle Cover e Castles Ever After, você pode ler essa delícia sem se preocupar em ficar perdida!

E para quem não sabe o que é cross-over, vou explicar. Um cross-over é quando personagens de duas séries diferentes se encontram e interagem, o que acontece - e muito - em Como se livrar de um escândalo.

Nossa mocinha da vez é Charlotte, destemida, ousada e sem nenhuma intenção de se casar. Nenhuma mesmo, para total desespero de sua mãe casamenteira. Quem leu A Bela e o Ferreiro sabe que Charlotte é irmã de Diana, e que por sua causa demos várias risadas. E pode contar que esse fato vai se repetir inúmeras vezes nessa leitura. 


Durante a sua estadia na Mansão Parkhurst, Charlotte se vê presa a um escândalo quando, na tentativa de convencer Lord Grandville a não ceder a qualquer investida de sua mãe, acaba sendo pega em uma posição bastante comprometedora envolvendo... ele mesmo. Piers é o nosso marquês, e ele tem um segredo. Na ânsia em manter esse segredo a salvo, toma para si a responsabilidade de se casar com Charlotte e abafar esse escândalo. Tudo muito lindo e muito honrado.

Mas, como eu já disse antes, ela não pensa em se casar agora, muito menos nesses termos. Charlotte é uma jovem cheia de sonhos e vitalidade e para se casar ela precisa encontrar o amor, exatamente como suas irmãs encontraram.

Já Piers tem uma muralha ao seu redor, afinal, ele é um espião, um Agente da Coroa e seu encontro com a espirituosa Charlotte vira seu mundo de cabeça para baixo, e ele se vê ansiando em tê-la em seus braços, em sua cama e em sua vida.

"Piers não podia evitar. Ela começou a recalibrar os sentidos dele no momento em que entrou pela porta da biblioteca. Sua visão periférica agora estava treinada para lampejos de cabelos dourados; seus ouvidos, treinados para se atentar à risada melódica de Charlotte. Ele se pegava seguindo o aroma do sabonete e do pó de arroz dela, como um cachorro ofegante atrás da mulher do açougueiro." pág. 145


Apaixonado ele... coitado!

O mistério proposto no enredo é muito instigante e eu demorei muito até chegar a desconfiar dos verdadeiros culpados. Tessa tem o poder de mesclar romance, erotismo e comédia, e aqui vamos encontrar todos esses elementos perfeitamente colocados no decorrer da história. 

Menção honrosa para o personagem infantil Edmund, um menino muito impertinente que nos proporciona cenas de rolar de rir.

Sobre a edição: A diagramação está confortável à leitura, e temos detalhes no início dos capítulos e a narrativa é feita em terceira pessoa. Novamente um pedido à Gutenberg: A editora poderia dar um pouco mais de atenção à revisão e à ortografia, não só nesse livro como em alguns da Lisa Kleypas também... às vezes eu sofro, viu?!


Título: Como se livrar de um escândalo (exemplar cedido pela editora)
Autora: Tessa Dare
Editora: Gutenberg
Páginas: 224
Ano: 2018

4 comentários

  1. Aiii sim! Essa capa é tão linda. Eu gosto muito de livros que nos instiga até o fim. Adoro essa mescla de romance, erotismo e comédia. Equilibra! s2
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  2. Sissi!
    Simplesmente amo a autora, embora ainda não tenha lido esse livro, mas gostei, primeiro por ela trazer uma personagem de outro livro dela, também pelas situações que cria, por ser um livro hilário e pelo romance, claro.
    Desejo um mês abençoado!
    “A gratidão é o único tesouro dos humildes.” (William Shakespeare)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA OUTUBRO - 5 GANHADORES –
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro histórias assim, em que eu demoro pra desconfiar de quem realmente está por trás de tudo.
    Amei a resenha.
    Beijos
    www.infinitafeminice.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá Sissi,
    Sem dúvidas uma obra completa para os apaixonados por romance de época, e me incluo nessa lista, rsrs.
    Imagino que, apesar da situação delicada em que Charlotte e Piers se encontravam na biblioteca, ela deve ter arrancado risadas do leitor, principalmente vendo uma mocinha tão dona de si, tendo que se casar para manter sua honra.
    Nunca li nenhum dos livros da autora, infelizmente, mas pretendo mudar isso em breve, e sem dúvidas esse seria ótima para começar, já que não precisa ler as séries antes.
    Sou completamente apaixonada nessa capa, e em todas da Tessa.
    Beijos

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.