03 junho 2019

Resenha: O lado obscuro


Não estava preparada para este livro. Não estava suportando deixá-lo de lado, após ter lido o primeiro capítulo. Tarryn Fisher se mostrou uma escritora bem diferente do que eu esperava. Aliás, como iniciar essa resenha? Como finalizá-la? Nem eu sei.

Presente
Senna é uma escritora de sucesso, ela acorda na manhã de seu aniversário num lugar completamente diferente. Desconhecido. Ela foi raptada e trancada numa casa coberta de neve. Porém, ela não está sozinha. Há alguém que está amarrado em outro cômodo e então ela percebe que se trata de Isaac, um doutor bem conhecido. O seu médico. Coincidência?

Obviamente, por consequência do confinamento, a escassez de comida e água é evidente. No decorrer dos dias, a racionalidade se torna uma tarefa árdua, pois eles precisam lidar com a fome, frio e, principalmente, o medo, já que eles não sabem até quando ficarão ali. Não se engane, o livro não é um romance desses que você está esperando. É triste, desesperador e descomunal.

Passado
Os dois passam por um momento bem conturbado no passado, em meio ao caos e vulnerabilidade da escritora. Ela tinha sido vítima de algo frio e cruel. Ele, por sua vez, foi uma pessoa importante para tirá-la dessa amargura. Para tentar, pois Senna sempre foi um misto de sentimentos que homem algum conseguia desvendar. A moça se tornou aquela que destrói antes mesmo de ser destruída.

Isaac é o tipo de homem que todas as mulheres desejariam ter por perto para ser amigo, esposo, pai ou até mesmo filho. Ele é aquele que você gostaria que batesse à porta para ser a sua companhia. E por que agora eles estão trancados, isolados, numa casa? Essa é a pergunta que percorre o leitor durante a leitura.


Futuro
Ainda que o livro intercale a história entre passado e presente, não deixamos de pensar no futuro, afinal, o presente nos proporciona uma grande dúvida do que pode acontecer. Eles vão escapar? Eles serão resgatados? Algum deles irá morrer? Como seria possível eles se salvarem de lá? Não são poucas as perguntas, as respostas nem sempre serão satisfatórias e agradáveis. 

Além deles, como ficaram e como ficarão a família de Isaac e os fãs de Senna, já que ela não convive com os pais. Como tudo pode acabar? 

O lado negro
Vi muita gente reclamando da narrativa cansativa, da falta de personagens, do desfecho e… da trama irrealista. Vamos por partes? Responderei a minha opinião sobre cada ponto e só assim poderei precisar a minha nota a respeito do livro, porque até agora não defini com clareza.

A narrativa é cautelosa e pausada, principalmente pelo fato de termos dois personagens em confinamento. Como poderíamos fazer com o que temos em mãos? Sim, a leitura cansa um pouco, mas não é um cansaço por ser uma narrativa mal feita ou pelos personagens serem chatos. E sim pelo psicológico carregado. Nossa mente fica cansada, aflita e queremos salvar aquelas pessoas.


A falta de personagens é real, sim. No entanto, é uma consequência. Se parte do livro se passa num confinamento, nada mais justo do que termos em mãos a história de duas pessoas e, vez ou outra, da pessoa responsável por aquele sequestro. Todavia, ainda temos personagens extras quando os capítulos tratam do passado ― o que não pode ser observado como ponto negativo, convenhamos.

Nem todo desfecho vai agradar a todos, isso é um fato que devemos levar em conta tanto para livros, filmes ou séries. Muitas pessoas têm reclamado do final de GoT, mas já pararam para pensar a qualidade da série desde o início? Aqui temos exatamente isso, o fato de o desfecho não ser como queríamos, não quer dizer que a história seja ruim. Pode ser, mas nem sempre. O desfecho cumpriu com a consequência das ações do passado e do presente. Para mim, foi uma das melhores partes, inclusive.

Senna não conhecia Isaac quando ele a tirou daquele lugar. Acredito que as pessoas tenham argumentado sobre a trama ser irrealista porque Senna permite que Isaac acompanhe-a até a sua casa, após ter passado por um grande trauma. No início fica bem evidente que ela não quer a presença dele, que um estranho esteja em sua sala. No entanto, ela cede porque Isaac salvou a sua vida. É estranho? É. Mas é irreal? Não. Você pode não aceitar um estranho, porém, outra pessoa, sim. Irreal seria se saíssem beijos, amassos e não sei mais o quê. Não aconteceu. É spoiler? Não. Estou apenas mostrando parte do que acontece para entenderem que isso não é inverossímil.

O livro vai agradar a todos? Não, evidentemente. Li em apenas dois dias, ainda que tenha achado a narrativa um pouco parada, pelo motivo que já expliquei, pois nossos sentimentos são acentuados, ficamos apavorados, sufocados. Não seria normal digerir a história sem respirar, sem analisar que a leitura precisa ter o seu tempo, que a narrativa requer esse cuidado. Cada livro tem o seu.


Título: O lado obscuro (exemplar cedido pela editora)
Autora: Tarryn Fisher
Editora: Faro Editorial
Páginas: 288
Ano: 2019

15 comentários

  1. Oiii ❤ Meu Deus, que trama! Nunca vi nada parecido. Achei bem original a ideia da autora. Fiquei desesperada com a situação que Senna e Isaac se encontram só de ler a resenha. Estou curiosa pra saber porquê os dois foram sequestrados.
    Acho normal que a leitura seja um pouco arrastada e monótona dada a situação em que os personagens se encontram.
    Quero saber também qual a situação pela que Senna passou, parece algo muito sério.
    Gostei da indicação, quero muito fazer essa leitura e saber o que acontece com os personagens.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A leitura não é arrastada no sentido ruim. Ela só é parada porque precisamos digerir, nós precisamos parar para ingerir as informações pesadas.
      Mas adorei.

      Excluir
  2. Achei interessante, fiquei até mesmo curioso e, confesso, já tracei algumas teorias sobre o tal Isaac. Esse fato de ter poucos personagens nem me incomoda, gosto de enredos psicológicos e isso pode suprir essa falta, já que os detalhes podem estar nas entrelinhas. Eu odiei o final de got, nem tanto pelo desfecho, mas pelas cenas, que achei sem emoção e impacto que a série sempre prezou. O único impacto foi a ira da Rainha dos Dragões. Queria algo grandioso com todos, com Cercei, com Arya, etc. Dica anotada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha. Eu não fui fã do final de GoT também, confesso. Mas acredito que o penúltimo episódio tenha explicado e deixado claro o que aconteceria. São consequências...
      Falando daqui, ele realmente deixa a gente curioso. Quais as teorias sobre Isaac? kkkkkkk

      Excluir
  3. Se é algo sobre confinamento e ainda de duas pessoas, o natural é que tudo seja concentrado ali, óbvio..rs
    Não entendi muito esta reclamação alheia sobre a falta de personagens. Mas tirando isso, parece realmente ser um livro incrível, daqueles que deixa a gente agoniada desde o começo da história.
    Mesmo com estes pontos negativos da narrativa arrastada, depois desta resenha(a primeira que li) quero demais conferir este livro.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É aí que está o jump of the cat. Não tem nem o que contestar, mas o povo quer fazer burburinhos. Vai entender...
      Não vejo a narrativa assim como algo negativo, porque era preciso você parar para digerir o que está lendo. A carga emocional é pesada.

      Excluir
  4. Gostei da sua resenha e apresentação do livro, você conseguiu passar exatamente o que o livro vai mostrar. Apesar de eu não ter lido esse livro e ainda ter um certo 'medinho' de ler pela temática e por parecer que terá cenas bem fortes eu gostei do contexto.
    Beijos.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Vanessa.
      Espero que isso tenha deixado você com vontade de ler rs.

      Excluir
  5. Oi Natalia,
    Tinha visto esse livro no final de semana, mas não tinha achado ele muito interessante, agora fiquei com vontade de ler, apesar de ter ressalvas. Se for um pouco parecido com o Quarto de Jack, já sei que vou passar boa parte extremamente agoniada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Theresa, as ressalvas quem fez foram alguns leitores. E não concordo com os pontos que eles abordaram, por isso que expus para contestar.

      Excluir
  6. Gosto da capa, mas tenho um pouco de receio pois assim como voce ouvi muitos dizendo que tem a narrativa um pouco cansativa. E saber que o desfecho pode não agradar não me da muita esperança para a leitura, e por esse motivo por enquanto vou deixar de lado essa leitura, mas quem sabe no futuro eu de uma chance.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas, gente... O final não agrada muitas pessoas em TUDO nessa vida.
      Eu disse que gostei do final. Não queira deixar um livro de lado simplesmente porque não saiu do jeito que queria que fosse. A vida é assim, nem tudo são fadas, não é mesmo?
      Mas adorei como acabou. No fundo queria outra coisa, mas entendi e achei adequado. Não foi um ponto negativo para mim.

      Excluir
  7. Olá! Nossa, estou muito intrigada para saber quem sequestrou Isaac e Senna e os motivos que levaram essa pessoa a fazer isso e, claro, se eles vão conseguir escapar.
    Não fazia ideia sobre o tipo de livro que a Tarryn Fisher escreve, e támbem fiquei surpresa ao ler a resenha e descobrir que não era nada do que eu esperava.
    Acho que a narrativa ser mais parada é totalmente justificável, dada a realidade dos personagens.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Nossa, que resenha.
    Claro que dá pra entender a leitura ficar arrastada e a falta de personagens. Gente, eles estão aprisionados, foram sequestrados. Quantas pessoas deveriam ter?
    Ainda não li mas já senti uma certa angústia só de ler sua resenha. Tenho certeza de que não deve ser uma leitura fácil de ser feita mas quero muito ler. A capa é impressionante.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Eu meio que estou nessa fase de livros assim, comecei a gostar.. A trama é bem envolvente, tem livros assim que deixa o leitor bastante cansado, até eu mesma fico mas em alguns momentos faz pensa na situação. Gostei bastante da trama e estou bem curiosa para ler.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.