25 setembro 2019

Resenha: Sweet


Boyce Winn é um cara que sofreu durante toda a sua vida. Sua mãe abandonou a família quando ele ainda era criança e seu pai, bem, digamos que não foi nada exemplar. O seu refúgio sempre foi seu irmão mais velho que fez o papel de pai e mãe em sua vida. 

Mas quando ele não retorna de uma missão para a guerra, Boyce se vê tendo que lidar com o pai sozinho e se tornou uma pessoa mais fechada, sendo mal interpretado por muita gente. O que lhe salvava era a oficina de seu pai, onde ele aprendeu a se tornar mecânico e se apaixonou pela profissão. Quando este adoeceu, Boyce tomou conta sozinho da oficina e se tornou seu negócio e o falecimento do pai, anos depois, lhe trouxe um certo alívio. 

Boyce estava livre, porém, sozinho. 

Ele tinha poucos amigos e alguém em especial que mexia com seu coração: Pearl Frank. Ela era seu tudo, sua melhor amiga, mas ele nunca se sentiu digno dela. 

Pearl saiu da cidade anos antes para a faculdade e quando desistiu de ingressar em Medicina, viu toda a sua vida mudar. 


Seu namorado, que faria o curso junto com ela, reagiu de uma forma bastante agressiva à sua desistência. Sua mãe também não reagiu nada bem, pois acreditava que isso era o melhor para a filha. Mas o sonho de Pearl sempre foi estudar Biologia Marinha, mas quase ninguém sabia disso, a não ser Boyce, o cara extremamente errado que a entendia melhor do que ela mesma. 

Quando Pearl é rejeitada por todos e se vê pedindo abrigo para o único que a entende, os sentimentos de ambos parece reacender. 

Boyce sempre foi o amor da vida de Pearl e alguém que ela jamais esqueceu, mas eles nunca tiveram coragem de assumir seus sentimentos. Então, pensem em como seria para eles viverem debaixo do mesmo teto.

Quando as coisas parecem se alinhar, o passado de Boyce bate à porta e vem cobrar pedágio e, acreditem, nada está tão ruim que não possa piorar. Com um futuro incerto e sentimentos conflitantes, esses dois precisarão ter a mente no lugar para seguir o coração e se entregar a esse amor. 

Eu adorei a leitura! Sweet é o 3º livro de uma série, mas pode ser lido separadamente sem sombra de dúvidas, pois são histórias independentes. 

O único detalhe que eu achei que a autora pecou foi o final corrido. Ela estendeu muito o início mostrando o passado dos dois e, quando tudo começou a acontecer, foi muito rápido em direção ao fim. Acho que poderia ter encurtado o início da história e desenvolvido melhor as páginas finais, creio que assim ficaria perfeito.


Mas ainda assim gostei bastante e recomendo! Aquele clichêzinho que a gente ama e que fica torcendo por um final feliz! 


Título: Sweet
Autora: Tammara Webber
Editora: Verus
Páginas: 322
Ano: 2015

12 comentários

  1. Olá, Fernanda

    Eu nunca tive um interesse real pelos livros da autora, mas leria só pela curiosidade mesmo. Sempre me dou bem com livros onde há esses amores incubados. E fiquei curiosa para saber o que bate à porta de Boyce no fim das contas.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  2. Quem não ama um bom clichê né? rs
    Eu ainda não pude conferir nenhum dos livros desta série, mas já li alguma coisa sobre os livros anteriores.
    Bacana isso de ser o terceiro livro,mas poder ser lido separadamente. E oh, adorei tudo que li acima. Amo isso quando os personagens tem que separarem,mas que se reencontram, mesmo depois de alcançarem uma maturidade, carregando o peso do passado nas costas e tendo que se apoiarem.
    A capa é de uma lindeza só e com certeza, já quero conferir!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Olá! ♡ Já faz uns anos que fiz essa leitura e lembro que gostei bastante da mesma.
    Esse foi o livro que mais gostei da série, gostei muito de poder acompanhar a relação dos personagens ir evoluindo.
    Sobre o final, concordo com você. Ela poderia ter desenvolvido muito melhor o mesmo, com mais tempo e não de forma corrida como aconteceu, isso me incomodou um pouco. De fato, o início do livro é mais lento e o final é corrido.
    Mas apesar disso, essa foi uma leitura que mesmo clichê, me agradou bastante. Adorei os personagens ♡
    Beijos! ♡

    ResponderExcluir
  4. Eu amo ler esses livros clichêzinhos às vezes. Eu li o primeiro livro dessa trilogia mas acabei deixando de lado. O romance é gostosinho, a escrita da autora ficou corrida também no final, os personagens são agradáveis mas não me senti realmente apegada a ponto de querer continuar lendo os outros livros.

    ResponderExcluir
  5. Oi
    eu só li o primeiro até agora, mas gostei da escrita da autora, que bom que curtiu a leitura desse, só uma pena que o final foi corrido.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Fernanda.

    Também detesto quando o final fica corrido demais. Quando penso nisso varios livros passam na minha cabeça e fico um pouco irritada por esses livros não terem sido escritos com mais detalhes. Pois detalhes são extremamente importantes para o leitor entender a obra.

    Beijos
    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  7. Olá, Fernanda!

    Não conhecia a série, não sou muito adepta de romances, rs... Confesso que a premissa do livro me pareceu um pouco previsível em relação ao enredo, mas posso estar errada.
    Essa questão dos finais corridos são terríveis, passei por isso com alguns livros de suspenses, a sensação era de que o autor resolveu parar de escrever e colou um final qualquer.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Fernanda!
    Gosto muito desses romances clichês que nos fazem sofrer do início ao fim, ainda mais com um casal como esse que aparentemente não 'servem' um para o outro.
    Pena que no final a autora correu um pouco.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  9. Oiii ❤ Esse é exatamente o tipo de clichê que gosto!
    Nossa, as coisas nunca foram fáceis para Boyce, é triste que ele tenha sido abandonado pela mãe quando ainda era uma criança e que não tenha tido um exemplo de pai.
    Que situação ruim as pessoas ao redor de Pearl não aceitaram que ela curse o que deseja.
    Estou curiosa para ver o romance entre esse casal acontecer.
    É uma pena que o final seja corrido e que a autora tenha focado mais no início do que no desfecho.
    Mas, mesmo assim, é uma leitura que eu gostaria de fazer.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Eu acho a estética desse tipo de capa tão feio kkk
    É aquele ditado: nunca julgue um livro pela capa, mas infelizmente não tem como não julgar em certos casos.

    ResponderExcluir
  11. Olá, Fernanda
    Não li nada da autora, espero poder conhecer sua escrita. Fico feliz de saber que os livros da série podem ser lidos separados.
    Gostei muito do casal em particular de Boyce por sofrer na infância e depois de adulto por ser sozinho. Uma pena que quando os amigos se acertam no amor o livro fica corrido.
    Quero ler, beijos.

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Não conhecia o livro, mas deixou com certeza aquela vontade de ler. Gosto de livros com um clichê e que faz nós leitores ficar torcendo para que der certo no final. Adorei a resenha, tem uma ótima premissa e com certeza vou procurar para ler.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.