25 novembro 2019

Resenha: Glória e Ruína


Esse livro traz a finalização da histórias das irmãs Tessaro, então terá leve spoiler sobre o livro anterior, Graça e Fúria.

Serina e Nomi estão finalmente juntas, não da forma como esperavam, mas prontas para levantar uma revolução. Se no livro anterior tivemos muito de Serina, eu senti que aqui Nomi toma as rédeas neste volume. Serina teve que crescer no outro livro, já que estava na prisão, mas Nomi demorou para perceber tudo que estava acontecendo. Quando chega na prisão, com o príncipe quase morto, ela precisa entender que fez um julgamento errado, que isso custou muito, não só a ela, e que ela precisa ser mais como Serina. Eu amei esse crescimento. Ele tinha que acontecer para ela também. E amei que aconteceu com elas juntas, em Monte Ruína.


Serina, por outro lado, está ainda mais forte. Ela é uma personagem que consegue ser vulnerável como qualquer ser humano, mas que aprendeu da forma que pôde e trouxe isso para sua vida. Nós vemos em detalhes como ficou Monte Ruína e eu achei essa parte muito legal, teria sido estranho se tudo se resolvesse facilmente. Tinha várias mulheres que precisavam se unir e descobrir o que fazer, e eu gosto quando nós vemos essa parte. Mulheres com medo, debilitadas e se sentindo inferior, que precisaram encontrar a coragem dentro delas para continuar. E também mulheres que precisavam de plano consciente, se quisessem fugir, ou mudar o país.

É um livro cheio de inspirações como o anterior, e com um pouco mais de ação. Agora que Serina aprendeu a lutar, aos poucos, ela vai aprendendo que só isso não será suficiente, e que a morte acompanha a mudança que ela deseja. Nomi consegue ter uma visão maior das coisas, e perceber que a mudança não será rápida, e que ver as mulheres como algo inferior está profundamente arraigado na cultura de Viridia. Tudo isso rolando ao mesmo tempo que vemos como ficou o país depois da morte do superior. 

Ele foi super previsível no final, mas isso não foi um problema para mim. Na verdade, eu achei o final coerente, o romance foi convincente e as coisas não se resolveram em um passe de mágica. Achei que a história acompanhou o nível da continuação, algumas partes um pouco monótonas, mas divertido e com ótimas mensagens. Continuo achando a história ótima e muito motivadora para as meninas e mulheres que irão ler. Adorei conhecer as irmãs e espero ler mais coisas da autora.



Título: Glória e Ruína (exemplar cedido pela editora)
Série: Graça e Fúria #2
Autora: Tracy Banghart
Editora: Seguinte
Páginas: 312
Ano: 2019

14 comentários

  1. Olá Jéssica,
    Não conhecia os livros dessa resenha. Fiquei curiosa com a temática. Parece ser uma revolução feminista contra um sociedade patriarcal. E atravessando isso com a descoberta das mulheres sobre seu próprio poder e influência política, estou correta? Deu uma vontadezinha de ler. Livros com finais previsíveis não me incomodam também, mas como você disse tem que ter uma cronologia e fazer sentido pra nós, conversar com o leitor.
    Ótima resenha,
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Livia,

      É exatamente isso! Elas descobrem muito sobre elas, e aprendem a questionar as coisas e situações. Por que são impedidas de fazer certas coisas, estar em certos lugares? Quem decidiu isso por elas, e quando?
      Se não liga para finais previsíveis, mais chance ainda de gosTAR!
      BJS

      Excluir
  2. Jéssica!
    Muito bom ver que o livro é cheio de inspiração e tem mais ação que o anterior.
    Muito bom quando uma duologia cumpre o que promete.
    Acho o máximo essa série trazer a igualdade de gênero e ainda enaltecer as mulheres que tenham ajudar o Príncipe a resolver seus problemas.
    Sem contar com toda ambientação, a mitologia e a boa ficção.
    Adoro livros com mapas, porque podemos nos localizar bem no enredo.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Rudy,

      Sim, é mais animado, tem mais acontecimentos e as meninas ficam ainda mais determinadas e animadas. é um ótimo livro e eu amei a duologia. Tem mapa só no segundo livro, e é bem modesto, viu.
      bjs

      Excluir
  3. Vou admitir que dei só uma passadinha por cima desta resenha, já que ele está ali na estante, esperando a abençoada aqui comprar o primeiro livro.rs
    Por isso, só li que a autora conseguiu terminar a duologia de forma agradável, mesmo que previsível e sei que não irei me decepcionar em conhecer a histórias dessas duas irmãs!!!
    Lerei assim que comprar o primeiro(aproveitar a Black)
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Angela,

      Aproveite sim! Ela termina de uma forma ótima, consegue animar, e deixa as personagens de formas satisfatória. Vai gostar da finalização!
      Bjs

      Excluir
  4. Olá!
    Já tinha lido vários comentários em relação a duologia, tenho um certo interesse em ler e conhecer mais sobre essas personagens. Gosto muito quando faz com que a personagem mulher se descobre a força que tem, acho muito incrível.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Lily

      O livro é sobre isso mesmo, as descobertas pessoais, e como isso afeta o país e sua visão sobre ele.
      bjs

      Excluir
  5. Olá! Estou muito empolgada para conferir essa duologia, (espero que isso aconteça o mais breve possível), foi amor à primeira vista com esses livros, além de capas maravilhosas, a história parece ser muito intensa, daquelas que nos prende, com personagens que parecem vão evoluir bastante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi elizete!

      Espero que consiga ler logo, os livros são sim empolgantes, e as capas são ainda mais bonitas de perto!
      Bjs

      Excluir
  6. Oi, Jéssica
    Não vejo a hora de ler essa duologia, preciso ler urgente.
    Tive a sorte de ganhar dois exemplares do primeiro livro, agora tenho que comprar o segundo.
    Eu gostei muito que a autora manteve o nível nos dois livros e a trama é bem desenvolvida e emocionante com a luta das irmãs pela liberdade de escolher viver como querem e não servindo os homens.
    As capas são um espetáculo, lindíssimas!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Conheçi esse livro em outro blog e gostei bastante da história, são livros que pretendo comprar em brave para acompanhar a trajetória dessas irmãs.

    ResponderExcluir
  8. Olá! ♡ Ultimamente tenho lido muito a respeito desses livros e a cada resenha que leio sobre eles minha vontade de os ler só aumenta.
    Quero muito conhecer Serina e Nomi e acompanha-las em suas jornadas!
    Glória e Ruína parece fazer um ótimo trabalho em finalizar essa duologia, mesmo que o final do mesmo seja bem previsível!
    Adorei a resenha, espero fazer ambas as leituras muito em breve!
    Beijos! ♡

    ResponderExcluir
  9. Oiii ❤ Gosto muito que se trate de uma duologia, já que gosto de tramas mais rápidas e não estou numa fase de ler séries longas.
    Gosto que o livro parece passar uma mensagem importante sobte a luta das mulheres e isso é algo que me agrada demais.
    Estou muito curiosa para ler os dois livros e ver todos os desafios que Nomi e Serina precisarão enfrentar.
    Bom saber que as coisas não se resolvem magicamente no final, ja que isso é algo que me incomoda.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.