Resenha: O senhor do tempo

Por Fabio Pedreira •
19 fevereiro 2020

As crônicas do Apocalipse
O ano é 2153, e a sociedade vive em um lugar chamado Pós-Guerra, pois a Terceira Guerra Mundial devastou boa parte da população e assim os remanescentes tentam se reerguer como podem. A energia é pouca, gasolina também, e bem valiosa, mas nada é mais valioso que um homem que simplesmente surgiu no deserto e está sendo cobiçado por todos. E é devido a esse homem que o destino de vários personagens vão se interligar.

O senhor do tempo é um livro de ficção científica nacional com uma pitada de fantasia sobrenatural. Seus capítulos são separados por pontos de vista, igual aos livros de Martin e cada personagem tem uma personalidade muito bem definida. Me apeguei a praticamente todos eles, com exceção de dois, mas não por não ter gostado e sim por falta de tempo. Vou falar um pouco sobre os principais personagens separadamente, vamos lá:

Dante
Dante é o famoso malandro dos filmes, onde ficar bem informado sobre tudo é extremamente necessário em um mundo como o que ele vive, principalmente para salvar a própria cabeça, já que Dante trabalha como “entregador”, mas nem sempre faz as entregas para a pessoa que o contratou - ou seja, entrega para quem for mais vantajoso - o que acaba sempre colocando-o em algum tipo de enrascada. E é em uma dessas enrascadas que ele acaba tendo que ir atrás desse homem misterioso que apareceu no deserto para entregá-lo e pagar uma dívida para um cara chamado Chacal, que comanda uma das pequenas cidades do pós-guerra.


Meredith
Já Meredith é uma mulher badass que trabalha em uma cidade chamada Cassino - uma espécie de Las Vegas - onde os figurões gastam os tubos de dinheiro que tem e os pobres tentam a sorte nos jogos de azar. Meredith trabalha para um cara chamado de o Apostador, e ele é mais um dos interessados na captura do homem que surgiu no deserto. Meredith é uma boa personagem, com um passado conturbado e que sabe meter a porrada como ninguém, porém, ela é justamente uma das duas personagens que não consegui criar tanto vínculo. Por mais que ela seja interessante, ela acabou aparecendo pouco na minha opinião, podendo ter tido mais destaque e consecutivamente mais tempo para se conectar.

Yohan
Mecânico totalmente respeitado, Yohan trabalha na Forja, uma irmandade que produz combustível e está localizada no deserto. Ele conta com a ajuda de seu fiel ajudante o Fiapo, um rapaz magro e tímido que está mais interessado em comer do que falar alguma coisa. A história da Forja é interessante, já que depois que o antigo chefe do local, conhecido como Homem de Ferro - todos na Forja são chamados por apelidos - morre, outro assume seu lugar e Yohan acaba descobrindo coisas que preferia não descobrir. A história de Yohan é interessante, mas a maior surpresa fica por conta de outro personagem.

Mordecai
O personagem mais misterioso do livro definitivamente é Mordecai. O rapaz fica localizado na Cidade Fantasma, um local próximo da Forja, onde criaturas parecidas com zumbis rondam pela noite. Mordecai foi encarregado pelo seu chefe para limpar o local e assim ajudar os moradores a repovoar a cidade no futuro. Ele está sempre acompanhado de Diana, sua coruja e de suas duas espadas. Toda a história do rapaz é um mistério e ele sozinho poderia muito bem ganhar um livro spin off fácil, fácil. Talvez ele seja, no fim das contas, o meu personagem favorito e com um grande potencial.


Ethan
E para finalizar temos Ethan… fazendeiro, que segue uma vida pacata mas que acaba entrando na história quando vê sua vida virando de cabeça para baixo quando sua esposa é morta por um homem chamado O Corvo. Então, Ethan, cheio de fúria, acaba partindo em uma jornada de vingança. O problema é que o rapaz não leva o menor jeito para a coisa. Mordecai pode ser o personagem mais misterioso, mas em relação a história esse pódio do mistério pertence ao fazendeiro. Não posso contar o motivo para não dar spoiler, mas no decorrer do livro teorias vão surgindo que deixa o personagem mais interessante. E é aí que reside o motivo de Ethan ser o outro personagem que eu tive menos afinidade. Essas teorias demoram para acontecer e até lá eu senti o personagem meio deslocado em relação aos outros, porém, se minha teoria estiver certa, o fim compensa a espera.

E, finalmente, em algum ponto da história, boa parte desses personagens irão se encontrar de alguma forma, nem todos se batem de primeira nesse primeiro volume, mas os que fazem tem uma ótima química, deixando tudo bem dinâmico. Aliás, dinamismo é o que não falta nesse livro, muita ação e cenas bem descritas, o Márcio conseguiu criar um livro vira páginas onde cada capítulo você fica curioso querendo ler o próximo. Eu lia mais de 100 páginas no dia sem cansar e olhe que meu ritmo de leitura não é alto assim.

Para um livro de estreia o autor se saiu extremamente bem. Estou esperando demais o próximo volume, pois os acontecimentos finais deste livro são de deixar qualquer um ávido por mais. O senhor do tempo é um livro de ficção nacional de qualidade, que mostra que os autores brasileiros não ficam devendo em nada aos internacionais e que só precisam mesmo é de chance e incentivo para poder continuar escrevendo boas histórias.

No mais, recomendo essa história e espero que vocês possam ler. O livro está disponível tanto para compra no site do As Crônicas do Apocalipse (e se você usar o cupom APOCALIPSEFIVE ganha 5 reais de desconto) como também está disponível no Kindle Unlimited. A continuação bateu recentemente a meta no Catarse e está para ser lançado, espero muito conseguir ler e poder trazer a resenha também.


Título: O senhor do tempo (exemplar cedido pelo autor)
Autor: Márcio Pacheco
Editora: Lura
Páginas: 392
Ano: 2019
Compre: aqui

Comentários via Facebook

14 Revelaram sentimentos:

  1. Que foto show!!!!!
    Não conhecia o livro,mas se é literatura nacional e de qualidade, estou dentro!!! Não é muito eu gênero que eu tenha intimidade..rs mas adorei isso de poder ir conhecendo um pouquinho de cada personagem e saber que em algum momento da trama, eles se encontrarão e aí sim, o bicho vai pegar!!!
    Já vai para a lista de desejados!!!
    beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Angela.

      Siim, foi um dos melhores livros que li ano passado. Muito bom, parece até filme kkkkk.

      Bjs

      Excluir
  2. Olá! Gostei bastante da sinopse, apesar de temer que ela possa se tornar realidade em um futuro próximo, de todos os personagens o que mais chamou minha atenção foi o Mordecai, tanto pela sua descrição, quanto pelo nome em si, que é o mesmo de um personagem de desenho que eu assisto (muito) por culpa dos meus sobrinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Elizete

      Verdade, medo disso acontecer. Sim, é o personagem mais misterioso do livro inteiro. Acho que sei que desenho é, mas fugiu na mente kkkkk

      Excluir
  3. Fábio!
    Muito orgulho dos nossos autores nacionais. Mais um que fiquei conhecendo através de sua resenha sensacional.
    Adorei a descrição das personagens e saber que em algum momento se encontrarão par um objetivo comum, trouxe curiosidade, ainda mais que amo ficção com esse toque mais sobrenatural, bacana.
    Espero que consiga trazer o segundo livro em breve.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rudynalva.

      Siim, esse livro é muito bom. O Segundo livro já está saindo do forno, espero que seja tão bom quanto.

      =*

      Excluir
  4. Olá!
    Não tinha conhecimento do livro, mas fiquei bastante curiosa. A trama é bem envolvente e quando estava lendo a resenha pensava que era contos mas vejo que é uma trama só e que algum momentos eles irão se junta. Gostei bastante!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lily

      Sim, é uma trama só com vários pontos de vista. Muito bem escrito por sinal. Recomendo =D

      Excluir
  5. Oi, Fabio
    Eu não conhecia o autor, nem o livro, mas a achei a trama toda muito interessante e cheia de reviravoltas.
    Os perfis dos personagens são bem delineados e muito distintos, deve ser tiro, porrada e bomba! Kkk
    Quero ler mais ficção científica, assim que der comprarei sem falta.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana

      É um bom livro, o Marcio tambem tem muitos contos bons.
      Com certeza tem tiro, porrada, bomba e espada kkkkkk.
      Boa. Tem no Kindle também.
      Bjs

      Excluir
  6. Olá, Fábio
    Que capa belíssima!
    Gosto muito quando o livro tem cada capítulo narrador por personagens diferentes, assim podemos conhecer todos.
    Nossa que enredo fascinante que mistura ficção com sobrenatural, uma receita de sucesso.
    Quero ter oportunidade de ler, beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luana

      Verdade, a capa tá massa =D.
      Sim, também gosto bastante desses pontos de vista. O bom é que a maioria tiveram um tempo significativo do livro, então ficou equilibrado. Recomendo demais a leitura.
      Bjs

      Excluir
  7. Oi Fábio essa capa é linda e eu adoro autores nacionais,sem falar que o enredo desse livro é fantástico com certeza estará na minha lista de desejados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Deise

      Esse é realmente fantástico, espero que o segundo continue na mesma pegada. =D

      Excluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos | Resenhas de livros – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in