5 motivos para ler Steampunk: Alma Mecânica

Por Giovanna Prates •
14 novembro 2020


Mas, espera...afinal, o que é steampunk

Antes de tudo, precisamos esclarecer que o steampunk (Vapor Punk ou Tecnavapor - tecnologia a vapor na tradução literal para o português) era apenas um subgênero de um subgênero e suas raízes vieram do cyberpunk (outro subgênero da ficção científica, cujo foco é a alta tecnologia e a baixa qualidade de vida), uma ramificação da ficção científica que engloba universos paralelos futuristas, cuja proposta estética remete ao Século XIX, quase como se a Era Vitoriana tivesse sido bem sucedida e, juntamente, seus costumes, tecnologia e cultura tivessem durado por muito mais do que de fato duraram. 

E nesta realidade, conquistas magníficas foram alcançadas pela tecnologia que favorecem a eficiência da mecânica e o poder da eletricidade em dar origem a máquinas capazes de fazer o impensável e até o impossível. Tipo o quê? Tipo um autômato com sentimentos. 
"Nós, autômatos, fomos criados por vocês, criaturas imperfeitas e com capacidades muito limitadas. Portanto, naturalmente, vocês nos criaram para suprir essas imperfeições. Ou seja, o que vocês não conseguem fazer, para nós é fácil."
1Ava

Ava é o autômato com sentimentos mais humano que você vai conhecer. E, também, é o autômato mais irônico, engraçado, sarcástico, sombrio, e trapaceiro também. Impossível não dar risadas com ela em algum momento. Sua coragem e fidelidade são inspiradoras. Fora que depois de uma boa reforma você também vai querer ter o estilo dela. Devo dizer que a minha parte favorita desse steampunk, assim como de todos os outros, é imaginar e ver, também, os looks. É surreal. 

2Não é só um steampunk

Alma Mecânica é muito mais que apenas um livro de steampunk. Aqui o leitor irá presenciar uma mistura de fantasia contagiante, um pouco daquele sci-fi gratificante e o sobrenatural sombrio envolvente que te acolhe, mas também te afronta, sem ressalvas. Definitivamente, uma combinação completa e fascinante. 


3- A etimologia utilizada 

Como já sabemos – ou não – temos um personagem das sombras na trama que representa muitas coisas. Mas dentre todas, preciso citar que adorei a ideia da autora de explorar a etimologia da palavra “demônio” e mostrar como a religião afeta cada pessoa de uma maneira, às vezes de uma forma positiva, mas nem sempre. E também das diversas pesquisas e reflexões que vieram juntamente com a ideia. Foi um ótimo aprendizado/ensinamento cultural para o leitor e para a busca da protagonista Ava. (amo livros que trazem bagagem cultural). 

4Turbilhão de emoções

Preciso alertar que, a cada capítulo, a autora Caroline Defanti te alimenta com uma emoção diferente. Nos apegamos tanto a Ava e a tudo em sua volta, que sentimos a sua confusão, o seu amor, sua tristeza, e a sua perda. É pura loucura. Um turbilhão de emoções que transborda pelos olhos. Só que diferente da Ava, não temos a opção de “não encher o repositório de lágrimas”, né?! Então, se você é sensivel, pode preparar os lencinhos. 

5 - O multiverso

E, por último, acho extremamente necessário dizer que um dos pontos mais interessantes de Alma Mecânica é que ele não se limita em APENAS um universo ficcional. A autora criou aqui um multiverso, ou seja, muitas histórias de outras personagens se passarão por aqui, com a probabilidade de se interligarem, - de se esbarrarem - inclusive, já temos dois contos extras no final de Alma Mecânica para matar a saudade.

Enfim, Alma Mecânica é facil de apreciar e favoritar. Uma leitura prazerora e envolvente. Um prato cheio para os fãs de steampunk e, também, de fantasia.

Comentários via Facebook

8 Revelaram sentimentos:

  1. Olá Giovana! Te acompanho pelo insta

    Quando eu fazia faculdade de moda a gente tava com um projeto de fazer uma coleção com inspiração no steampunk. Eu gosto bastante da estética, mas acredita que nunca li nada do gênero?!

    Interessante saber desse livro e a Ava me lembrou o Marvin do Guia dos Mochileiros das Galáxias, a diferença é que ele tende mais pra tristeza hahaha

    Apesar do Caos

    ResponderExcluir
  2. Gente!Eu admito que ainda me perco inteira nesse lance de ficção científica e subgêneros rs
    Sou leiga mesmo no assunto e vivo me cobrando por não tentar ler e aprender mais sobre esse universo tão amplo.
    Alma Mecânica parece abranger não somente o universo de steampunk, mas trazer isso da fantasia também, me animou demais para ler ele.
    Tá, de fantasia eu entendo um pouco rs
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  3. Tenho muita muita vontade de me aventurar pelo mundo Steampunk.
    Me parece ser um universo diferente, rico, divertido e fascinante

    ResponderExcluir
  4. A resenha ja tinha me deixado interessada, e esses motivos complementam bastante. Gosto muito da vibe steampunk nas historias, ja li outras e me encanta muito. Otimos pontos que foram ressaltados!

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito desse livro ser nacional e (por incrível que pareça) de ser diferente do que estou acostumada a ler. Nunca li nada do gênero, mas já havia ficado curiosa pela resenha. Quando as pessoas fazem essas listas de motivos para ler, pra mim significa que o livro deve ser bom MESMO e aí que fico mais curiosa ainda hahah.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Giovanna!
    Gosto muito do estilo steampunk, embora não entenda bem como com tanta tecnologia avançada, haja tanta pobreza...
    Li a resenha desse livro aqui e o que mais me interessou foi a ficção de Ava se um robô com sentimentos humanos, difícil de entender.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  7. ola
    não entendo nada desse mundo steapumk . dei uma pesquisada para ver imagens e não me interessei
    mas para os fãs desse subgenero essa dica deve agradar muito .

    ResponderExcluir
  8. Olá! Ahhh que que já tinha sido conquistada já, nem preciso de 5 motivos (risos), aliás, esses 5 motivos só me deixaram ainda mais curiosa em relação a história.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos | Resenhas de livros – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in