Resenha: Lúcifer, o libertador

Por Giovanna Prates •
24 novembro 2020


Imagina a seguinte situação: você é um escritor ateu (sim, precisamos desse rótulo) e em uma noite qualquer, é acordado por demônios super debochados que dizem que o Tio Lu - Lúcifer - quer que você escreva uma história sobre ele ditada por ele mesmo? Mas ooooooi? E tem mais...essa história vai contar toda a verdade de como Deus criou a humanidade. Garanto que essa é imperdível. 
"Me dê um tempo para assimilar tanta informação, dormi ateu e de repente fui acordado por demônios, e um deles me diz que Lúcifer quer que eu escreva um livro sobre ele ou seja lá o que for."
Lúcifer, o libertador é uma pequena grande sátira de 49 páginas, onde o leitor presencia um traço bem irônico do autor Ticiano Bréscia e a trama soa como uma crítica inteligente e surreal de algumas verdades que presenciamos no decorrer de nossa vida humana. Ainda mais quando, como sociedade, nos relacionamos com doutrinas. 

O enigma e o significado de tudo no livro já se inicia pelo título. Podemos detectar desde o início o humor crítico bem humorado, ora agressivo, ora alusivo contra as hipocrisias das pessoas, costumes, ideologias e o resto da cena social que o autor faz. Devo mencionar que algumas críticas e reflexões são realmente geniais, ao mesmo tempo, surreais. Não é todo dia que Lúcifer chega para contar umas verdades duras e cruas sobre nossa criação, não é mesmo? 


Porém, dentre tudo, pensamos que as perguntas foram respondidas, certo? Muito pelo contrário. O ar misterioso continua e a história apenas aguça o leitor a querer saber cada vez mais. O mais cômico e talvez, inusitado, é o fato de que o autor do livro tem o mesmo nome que o autor personagem do livro. Peculiar, não? Isso deixa aquela vibe de realismo no ar que eu adoro. Fora também que temos aqui uma história lotadíssima de referências e, também, uma trilha sonora que só por Deus de tão boa. (Ou não). 
"O inconsciente é uma arma potente criada por Deus para confundir e, quando bem usada na infância, nortear as atitudes das pessoas na fase adulta e mantê-las reféns da própria mente."
Um conto/livro/sátira curto, porém, complexo e genioso. Totalmente iroônico e inusitado, o leitor ficará de queixo caído com esse humor apurado. Confesso que li duas vezes, e está recomendadíssimo! Porém, deixo o aviso: não é para qualquer um. Leia de mente aberta, e com a certeza de que é apenas uma sátira. 


Título: Lúcifer, o libertador (edição cedida pelo autor)
Autor: Ticiano Bréscia
Editora: Livro Independente
Páginas: 49
Ano: 2020
Compre: aqui

Comentários via Facebook

15 Revelaram sentimentos:

  1. Giovanna!
    Gosto de livros que trazem esse humor mais sacártico e que ao mesmo ttempo, diz verdade que por vezes não queremos enxergar.
    Deve ser um ótimo livro.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oies Rudy!

      Fico feliz que goste, tenho certeza que vai dar altas risadas com esse livro!

      Excluir
  2. Olá! Eu fico tão feliz quando me deparo com uma leitura assim, em tão poucas páginas o autor consegue nos entregar uma história incrível e cheia de ironias. Sem dúvida vai ser bem interessante conhecer mais dessa história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oies Liz!
      Não poderia concordar mais com você. Quando é pra ser bom, não existe número certo de páginas!

      Excluir
  3. Quase um conto irônico e debochado rs
    Adoro muito tudo isso. E oh, quando li o título, não imaginava algo nesse sentido,mas sim, mais voltado para o diabo de verdade.
    E sim, não deixa de ser.
    Se eu recebesse um convite assim, tava correndo até hoje! rs
    Já quero muito ler!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oies!

      Eu ri demais desse comentário! E amei. Super entendo. Estaríamos correndo juntas, com certeza. Que loucura!

      Excluir
  4. Não sou muito ler de contos, mas o fato de ser ironico, satirico me deixou interessada. Nao vejo a hora de ter um kindle pra poder ler esses livros numa boa, pq pelo celular eu nao dou conta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oies Ari!

      Depois que você comprar seu Kindle, vai ser vicio atrás de vicio!

      Excluir
  5. ola
    não chamou minha atençao esse conto ,é um tema que não gosto de ler .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oies!

      Que pena, espero que você mude de ideia algum dia. É realmente muito genial.

      Excluir
  6. Um conto relativamente curto mas repleto de sarcasmo, ironia. Adorooooo

    ResponderExcluir
  7. Não gosto nada de contos, mas esse me chamou atenção e parece ser realmente genial com toda a mistura de sarcasmo e ironia. Já imaginei como seria divertida uma entrevista com o autor aqui no blog! (fica a sugestão)
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oies!
      Fico feliz de fazer você mudar de ideia. Alguns contos são tão bons que você nem percebe. E adorei a dica, seria bem divertido e único. Muito obrigada!

      Excluir
  8. Gosto de leitura irônicas e sarcástica, mas esse livro não chamou a minha atenção, mesmo tendo poucas páginas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oies!

      Que pena. Ele vale dar uma chance. Mas entendo sua escolha.

      Excluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos | Resenhas de livros – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in