Resenha: Depois do Sim

Por Maiani •
19 dezembro 2020

É sempre tão difícil falar de livros que mexem com a gente, não dá para ser crítico com histórias que conversam com a nossa alma. Vou tentar ser objetiva e não falar tanto de sentimentos, mas como devem imaginar essa é uma missão quase impossível.

Depois do sim conta a história de Lauren e Ryan, dois jovens que se conheceram na faculdade e estão casados há onze anos. Ao perceberem que não estão mais felizes juntos, decidem passar um período afastados para que possam se reencontrar e descobrir se podem ser felizes novamente. O livro é narrado pela Lauren, intercalando presente e passado, nos dando um excelente plano de fundo para entender o motivo deles terem chegado a tal ponto. Apesar de contar a história do relacionamento deles, o livro fala muito mais sobre autoconhecimento e autodescoberta. 
"Isso é o que mais me preocupa na nossa situação. Não estamos brigando por causa do aquecedor de água ou pela vaga do estacionamento no estádio. Não estamos brigando por dinheiro, por ciúme ou por falta de comunicação. Estamos brigando porque não sabemos o que fazer para ser felizes. Estamos brigando porque não estamos felizes. Estamos brigando porque não fazemos mais o outro feliz."

Sendo sincera, a Lauren do começo do livro é bem irritante, ela entende o “fim” de seu casamento como um fracasso pessoal e não como algo que simplesmente não funciona mais. A partir do momento em que ela passa a olhar mais para si mesma e para as pessoas ao redor conhecemos uma personagem cheia de defeitos, mas que ama sua família, se preocupa com os amigos e que já não sabe bem quem é. É muito difícil que alguma pessoa que esteja em um relacionamento longo não se identifique com o que a personagem está nos dizendo. 
"O sol nasce independentemente das nossas dores. Por mais que acreditemos que o mundo acabou, o sol sempre nasce."
A autora tem uma habilidade incrível em criar personagens imperfeitos, o que nos aproxima e causa muita empatia. Não temos como procurar culpados ou vilões pelo fracasso de um relacionamento, simplesmente são coisas que acontecem, ainda mais com pessoas que se conheceram tão jovens. Todos mudamos ao longo da vida (ainda bem!) e é preciso saber se a pessoa que está conosco segue na mesma direção que nós. 

Outro ponto que me deixou extremamente feliz foi o relacionamento familiar da Lauren, mostrando uma família comum, com suas questões internas, mas que se preocupam e estão ali para os que dela precisam. A relação entre os irmãos, que apesar de suas enormes diferenças, se apoiam e ajudam. A mãe e a avó são as melhores personagens, cada uma com sua visão sobre relacionamentos, mas que no fundo nos mostram a mesma coisa, precisamos estar inteiras para conviver com outras pessoas. 

"Só porque dá para levar a vida sem uma pessoa não significa que a gente queira isso"
Tudo que a autora faz é tentar desconstruir a visão romantizada do casamento, que relacionamento feliz é aquele que todos estão satisfeitos 100% do tempo. O casamento da melhor amiga de Lauren, Mila, nos mostra exatamente isso, mesmo um casamento feliz tem seus momentos de recaída. No fim, o que importa é o quanto estamos dispostos a nos esforçar para fazer com que dê certo. 
"Em algum nível, minha vida amorosa é um fator definidor da minha identidade. (...) O amor representa uma grande parte de quem eu sou. Isso é bom? Quer dizer, é para ser assim mesmo?"
Esse não é um livro que vá agradar muitas pessoas, é preciso um mínimo de empatia e reconhecimento para conseguir aproveitar a história. Também não devemos esperar a Taylor Jenkins Reid de Os sete maridos de Evelyn Hugo e Daisy Jones & The Six, apesar de encontrar muito da autora no estilo de escrita, esse livro não possui toda a carga dramática e peso que os seus sucessores. De certa forma é um livro de leitura leve, mas que fala sobre assuntos espinhosos e por esse motivo incomoda demais, leitura mais que recomendada!


Título: Depois do sim (exemplar cedido pela editora)
Autora: Taylor Jenkins Reid
Editora: Paralela
Páginas: 320
Ano: 2020
Compre: aqui

Comentários via Facebook

10 Revelaram sentimentos:

  1. Ah, gosto quando as resenhas trazem um pouco de sentimentos também. Têm livros que ficam marcados e acho que é muito legal tentar passar a essência dele. Vi uma resenha desse livro em outro blog e percebi que essa sensação é bem semelhante em todos que leem. Pela primeira vez fiquei com um peso no coração, um medo de terminar a resenha e ver que o livro só traria coisas ruins. Mas os aprendizados dele são incríveis, pelo que parece.
    Achei muito legal essas 5 estrelas! Adoro ver resenhas assim. Fiquei bem animada com a leitura ;)

    ResponderExcluir
  2. É Dona Taylor rs
    A autora chegou e anda arrancando suspiros por onde é lida e isso é maravilhoso! Não sei se conseguirei ler Os Sete Maridos antes do ano acabar, mas Daisy Jones foi uma das melhores leituras deste ano e sim, quero até a lista de supermercado dela.
    Isso de trazer personagens reais, aproximando demais de todos nós é algo maravilhoso e com certeza, os relacionamentos sempre são um foco gostoso!
    Espero poder ter essa lindeza em mãos o quanto antes!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  3. Gente, até agora nao li nada dessa mulher, preciso mudar isso. Acho que ela vai se tornar daquelas autoras marcantes pra mim tb. Gosto muito de livros que mexem com a gente, q sejam mais "palpaveis", mais reais...acho que os dela sejam assim, enfim preciso ler!

    ResponderExcluir
  4. Maiane!
    Já ouvi o quanto os livros da autora são bons e acredito que esse, traz grande empatia para os leitores, pois são personagens que mostram assuntos importantes dentro da família e de como se relacionar para que de (ou não) certo.
    E o melhor é o apoio familiar que mesmo não sendo uma família perfeita, dá o maior apoio.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. Taylor é maravilhosa!
    Ela tem o dom de criar personagens que mexem com a gente, as vezes nós dão raiva, despertam pena, piedade.
    Depois do Sim está na wishlist

    ResponderExcluir
  6. Todo mundo está lendo esse livro, também quero!! Na verdade, quero ler tudo da Taylor, mas até então, só li 1 e adorei, achei bem inusitados os acontecimentos. Esse será o próximo que lerei da autora! Bom saber que ele é mais leve, mas ao ler o da Evelyn, não foi algo que me incomodou.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Ola
    Esse é um tema que muito me interessa pois como participo de grupo de casais meu fico curiosa em como a anutora retrata o casamento e como ela resolve essa crise no casamento do casal de protagonista . acho que leria só para ver o ponto de vista da autora em relação ao casamento .

    ResponderExcluir
  8. Olá! Gostei muito do blog e já o segui! Quero convidá-lo a visitar e a seguir o meu blog de volta <3

    www.pimentamaisdoce.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, Maiani!
    Sinceramente, prefiro livros sobre casamentos em crises do que histórias sobre autoconhecimento e autodescoberta, acho que é por isso que não me interessei tanto em conhecer a história de Lauren e Ryan, mas se a oportunidade de ler Depois do Sim surgir arriscarei a leitura sim, quem sabe eu acabe me surpreendendo positivamente?!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  10. Olá! Justamente por tratar de assuntos espinhosos é que estou receosa em conferir o livro, mesmo sabendo que se tratando da Taylor vai ser uma leitura muito boa, a temática do livro não é uma das minhas favoritas.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in