Resenha: O Timbre

Por Je Vasques •
17 dezembro 2020

O Timbre é a conclusão da trilogia Scythe, então essa resenha terá spoilers de O Ceifador e A Nuvem.

Essa história começa três anos depois que terminamos A Nuvem, e eu já comecei desejando respostas sobre Citra e Rowan, mas isso demora para acontecer. Esse é um livro de finalização, mas nosso querido autor deixou para trazer vários personagens novos para a história agora, então, até voltarmos a encontrar nossos protagonistas, já andamos muito. Eu amei isso, mas também queria que esses personagens tivessem vindo antes, pois amei todos eles. 

O autor soube como construir muito bem a história nesse último livro. Eu chorei, torci muito para os personagens e fiquei surpresa com as decisões finais que ele decidiu tomar. Eu achei um livro bem político, onde ele fala muito sobre nosso papel na sociedade e com o próximo, e como é necessário pensar além. Ele questiona muito se em uma utopia ainda haveria erros e insatisfação e, sim, haveria, simplesmente porque os humanos vivendo nessa sociedade não são perfeitos, e o ódio, inveja e ganância estão sempre presentes. Somos falhos, e mesmo que o mundo fosse algo perfeito ou próximo disso, ainda sim faríamos coisas questionáveis. 


A primeira coisa que levei um tombo foi quando entendi o nome do livro, o que acontece na segunda parte. Vou deixar para você entender lendo também, mas fiquei extremamente surpresa com o quanto alguns personagens se tornaram tão necessários e importantes. O primeiro personagem novo que o livro traz é Jerico, de longe meu preferido. Ele é um personagem de gênero fluido, vou tratá-lo aqui no masculino porque tem nuvens no céu, e essa frase só fará sentido quando você ler o livro, rs. Ele é importante demais na história, é fofo, tem uma construção belíssima e eu queria ter acompanhado ele nos dois livros anteriores. Essa representatividade incluída aqui foi muito certeira e bem feita. 

Rowan e Citra aqui são personagens secundários quase, da metade para o fim do livro vemos mais o que estão fazendo e a importância que eles têm. Senti falta deles, e também de outros personagens, como o Goddard. Vocês sabem que esse personagem é terrível e nossa, eu esperava muito mais dele. Tem uma determinada parte que confesso, fiquei em choque pois o personagem mostrou o quão intragável, cruel e horrível ele é, mas ainda sim senti falta de um desfecho melhor para ele. Também não sei se curti o final, não totalmente pelo menos, achei fácil, e um pouco cruel da parte da nimbo cúmulo. Mas gostei de ser surpreendida pois em nenhuma circunstância imaginei esse final. 

A última frase, o último diálogo do livro, é simplesmente perfeito. Esses pontos que citei em nada tiram o prazer que foi ler essa trilogia e o quanto foi lega conhecer Neal Shusterman. As discussões que ele levantou aqui foram maravilhosas, ele fez personagens inesquecíveis, depois que terminei o livro senti falta de todos, senti falta do mundo, senti falta de sofrer com eles. Eu amo demais essa trilogia, e recomendo para todo mundo. 


Título: O Timbre (exemplar cedido pela editora)
Autor: Neal Shusterman
Editora: Seguinte
Páginas: 560
Ano: 2020
Compre: aqui

Comentários via Facebook

10 Revelaram sentimentos:

  1. Não li a resenha por completo devido a possibilidade de spoilers como dito, mas quero muito ler essa trilogia, ainda nao li nada do autora e preciso conhecer!!! Da saudade quando acaba uma serie né!

    ResponderExcluir
  2. Acompanhei no mundo literário a euforia que foi a chegada deste terceiro livro e sinceramente prometi a mim mesma que no próximo ano, vou comprar os três livros!!!
    Não é possível ler tantos elogios e continuar não conhecendo os personagens e todo este enredo fantástico e também, real!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  3. ola
    Vi tantos elogios a essa serie .e vi que voce deu nota maxima ai livro , que otimo né . Que bom finalizar uma serie assim e sentir saudade dos personagens ,sinal que a autor sobre construir personagens cativantes
    inesqueciveis .Confesso que não é um genero que me atrai mas fiquei com vontade de ler essa trilogia .

    ResponderExcluir
  4. JE!
    Desde o lançamento do primeiro livro dessa trilogia, tive interesse em ler, porque fiquei querendo entender o papel do Ceifador.
    Acredito que mesmo em uma ficção, nunca haverá uma sociedade perfeita, tem sempre aquele SE...
    E que bom que novos personagens puderam compor o livro, deu um plus a mais.
    cheirinhos
    rudy

    ResponderExcluir
  5. Uai, 5 estrelas hein??? Muito bom saber que esse livro foi tão bom. Confesso que já li muitas resenhas desses livros, nunca me pareceu tão bom, mas agora ja tô vendo com olhos diferentes. Muito bom saber que você recomenda!

    ResponderExcluir
  6. Essa trilogia foi muito favoritada por diveeeeersas pessoas. É um tipo de livro que não estou acostumada a ler, então não fiz questão, mas imagino que seja realmente muito boa para receber tantas 5 estrelas de todo mundo (ainda mais no caso desse, que termina a trilogia) haha. Que bom que você amou!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Li O Ceifador em uma LC, só assim para sair da zona de conforto literária. Foi uma leitura interessante.
    Ainda não dei continuidade a trilogia, apesar da enorme curiosidade.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Je!
    Li O Ceifador, foi a primeira distopia que li e gostei bastante, mas como era o primeiro livro de uma trilogia decidi esperar os lançamentos de A Nuvem e de O Timbre, contudo ainda não os li por isso não li sua resenha para não pegar spoilers, aliás, obrigada pelo aviso :)
    Bjos!

    ResponderExcluir
  9. Olá! Mas gente... confesso que sua resenha me deixou um tantinho assustada, ainda mais com esse final, mas nada que abale minha vontade em começar a trilogia, ainda mais que chegamos ao grande final e que chegou aqui em casa o primeiro livro!

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos | Resenhas de livros – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in