Resenha: Sempre em frente

Por Je Vasques •
22 janeiro 2021

Sempre em Frente é um livro conhecido por quem já leu Fangirl, pois é a fanfic que a Cath, protagonista do livro, está escrevendo. Não necessariamente isso, mas lendo você entende. 

Essa é a história do Simon, que está prometido em todas as profecias que você pode imaginar. Todos os clichês possíveis de histórias de fantasia são dele, desde ter um poder inimaginável, até não conhecer os pais. Ele foi criado pelo Mago, que ensinou tudo a ele desde criança e que espera que Simon seja tudo que as profecias falaram e salve o mundo. Mas o problema é que Simon é péssimo, rs. Ele não consegue controlar sua magia de forma nenhuma, tudo que tenta fazer dá errado. 

Simon está no último ano da escola de magia Watford, e entre pensar o que será da vida dele depois da escola e suas relações atuais com amigos e um relacionamento estranho, está também o ódio que sente pelo seu inimigo declarado, Baz. Baz não voltou para o último ano e isso preocupa Simon, pois ele acha que alguma coisa está sendo tramada contra ele, lógico. Quando Baz finalmente aparece, Simon acaba se envolvendo em uma busca por respostas junto com Baz. 


Esse livro é uma fofura. Ele é engraçado, romântico e muito gostoso de ler. A autora criou um universo totalmente pautado em Harry Potter mas que mesmo assim consegue ser diferente. Existe a história do Simon salvando o mundo, o que é bem legal, mas o fofo é o romance, é o que brilha no livro. Enemies to lovers é simplesmente meu plot preferido. Temos capítulos narrados por vários personagens, que são importantes na história e construção dos protagonistas, como a Penny que é maravilhosa. Isso é uma coisa que gosto bastante, odeio quando os personagens secundários não têm nenhum valor. 

Gostei do Simon, de como ele é preocupado com sua magia que não dá certo e as expectativas criadas para ele, mas meu preferido é o Baz, porque ele é sarcástico e sem muita paciência. Eu amo as conversas e diálogos entre eles pois são muito divertidos. O livro tem as doses certas de romance, magia e aventura. A forma como eles vão aceitando que se amam, aceitando quem são sem pressão e medo, e se abrindo um para o outro foi de deixar o coração quentinho demais. 

Eu acho que, no começo, o livro foi um pouco lento com o mundo para entender outros detalhes, mas depois ele vai super rápido. Também acho que foi um pouco longo demais, e que algumas coisas poderiam ser melhor resumidas, teve algumas revelações que eram meio óbvias para mim e para eles não, mas nada que estrague a experiência. Esse é o tipo de livro para te fazer sorrir, torcer pelo casal e querer ler o próximo.


Título: Sempre em frente (exemplar cedido pela editora)
Autor: Rainbow Rowell
Editora: Seguinte
Páginas: 504
Ano: 2020
Compre: aqui 

Comentários via Facebook

9 Revelaram sentimentos:

  1. Quando li Fangirl, há alguns anos, confesso que Cath chegou me irritar um pouco com essa obsessão por Simon.
    Quando vi o lançamento do livro, passei sem me interessar mas resenhas como a sua estão me fazendo mudar de opinião

    ResponderExcluir
  2. Como eu não conhecia as versões anteriores, exceto por capas no mundo literário, está sendo tão gostoso encontrar resenhas hoje em dia dessas novas roupinhas.
    Um universo que eu tenho pouco contato,mas falou que tem juventude e um personagem azedo, já quero demais poder ter os livros em mãos!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  3. ola estou vendo bastante resenhas desses livros ultimamente ,mas não pretendo ler ,pois é um genero que não me atrai tanto .a unica fantasia adolescente que li foi Harry Potter . mas a premissa desse livro não me chamaram a atençao .mas que bom que curtiu o livro

    ResponderExcluir
  4. Outra resenha que leio sobre esses livros, e falam muito bem da Penny e confessa que queor mais ler por conta de dela SIM rsrs. Nao gostava da histora do simon enquanto lia fangirl, mas vai que no livro seja divertido mesmo. E pensamento aleatorio: adoro kindle branco, e nao gosto de nada branco. Podia ter outras cores né. Enfim...muito aleatorio isso!

    ResponderExcluir
  5. Oi! Tudo bem?
    Uma das minhas metas desse ano é ler alguma obra dessa autora.
    Odeio quando isso acontece comigo também. A leitura vai se arrastando e é como se a trama perdesse o ponto onde era para ter feito uma revelação fazendo com que fique super óbvio e perca o impacto.
    Beijos

    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  6. Tô adorando ver várias resenhas desse livro nos blogs que eu visito, sempre tem uma opinião de algo que outra pessoa não falou e acabo sabendo das coisas mais interessantes.
    A quantidade de páginas dele assusta um pouquinho, mas todas as resenhas falam muito bem, então parece que vale mesmo a pena encarar. 4 estrelas é algo bem legal!

    ResponderExcluir
  7. Olá! A história em si chamou minha atenção, ainda mais tendo um vislumbre dela no livro anterior (risos), o romance entre os protagonistas também despertou meu interesse e minha torcida, por isso, ele já está na lista, espero continuar empolgada assim, até chegar o grande momento #alouca.

    ResponderExcluir
  8. Jê!
    Muito bom ver que o livro é uma fofura.
    Livros de fantasia que trabalham os poderes adolescentes, são sempre um bom entretenimento, afinal, tem trechos hilários e curiosos, mesmo que o romance não seja tão envlvente e o livro não traga grandes ápices, acredito que vle a pena a leitura.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  9. Oiiie,
    eu gostei muito do livro Eleanor & Park da autora e gostei bastante da escrita dela. Eu já li varias resenhas desse livro e fiquei bastante curiosa pelo livro e pela premissa. Espero muito ler em breve!

    Blog: Tempos Literários

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in