Resenha: Notas sobre o luto

Por Maiani •
26 julho 2021

Em Notas sobre o luto, Chimamanda fala de forma crua e sincera como a morte de uma pessoa querida nos modifica, os sentimentos vão se transformando com as emoções que acompanham esse processo.

“Até agora, o luto pertencia aos outros. Será que o amor traz, nem que seja de forma inconsciente, a arrogância ilusória de achar que nunca vamos ser tocados pela dor?”

Além de narrar sua trajetória perante a perda de seu pai, acompanhamos as dificuldades que a pandemia mundial pela Covid-19 traz, além de todo o caráter cultural que envolve o sepultamento. Cultura é um dos maiores elos entre a autora e seu pai, e mesmo diante de toda a dor e vontade de seguir os preceitos do funeral, ela ainda encontra forças para questionar condutas machistas e criticar o governo de seu país de origem, principalmente em relação aos cuidados com a pandemia.

"Ele me presenteou com minha ancestralidade por meio de histórias muito bem construídas. Eu não apenas o adorava daquele jeito clássico que as filhas têm de adorar o pai, mas também gostava muito dele. Eu gosto dele..."

Um ponto forte desse relato é sobre as mudanças que ela percebe em suas próprias atitudes e percepções de mundo. Enquanto tenta entender os próprios sentimentos, ela ainda está inserida em uma sociedade e as interações com outras pessoas a incomodam e revelam traços de seu "eu" anterior ao luto que a deixam desconfortável.

"O luto é uma forma cruel de aprendizado. Você aprende como ele pode ser suave, raivoso. Aprende como os pêsames podem soar rasos. Aprende quanto do luto tem a ver com palavras, com a derrota das palavras e com a busca de palavras"

Notas sobre o luto tem um gosto amargo e nos faz sentir empatia pela autora. Chimamanda nos traz um livro sensível mesmo vivendo um de seus piores momentos, encontrando formas de se expressar quando não existem palavras para traduzir seus sentimentos.

Título: Notas sobre o luto (exemplar cedido pela editora)
Autora: Chimamanda Ngozi Adichie
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 144
Ano: 2021
Compre: aqui

Comentários via Facebook

13 Revelaram sentimentos:

  1. MAIANI!
    Importante fazer uma homenagem tão sensível para uma pessoa que foi a principal em sua vida e o quanto ele a fez ser quem é, mostrando olegado que deixou e o quanto foi importante para ela.
    Deve ser um livro magnífico, apesar de triste.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro bem pesado, porém a Chimamanda presta uma homenagem e tanto ❤

      Excluir
  2. Deve ser até doloroso ler algo assim, todos nós já passamos por um momento desse e sabemos o quanto é difícil conseguir se reerguer, deixar o tempo levar a tristeza, mesmo que não completamente. Por mais que pareça pequeno, devem ser 144 páginas bem densas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, poucas páginas mas que causam impacto. Ainda assim super recomendo a leitura

      Excluir
  3. Chimamanda será eternizada como aquele tipo de mulher que deverá ser indicada para leituras em escolas, trabalhos de faculdade e afins.
    Namorando muito esse super lançamento.
    Estamos vivendo um eterno luto. Seja por familiares, por amigos, mas também por pessoas que sequer conhecemos.
    Deve haver uma dor imensa em cada letra, em cada sentir.
    Espero muito poder ler o quanto antes!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza! Ela já se tornou uma referência literária e espero que surjam ainda mais Chimamamdas. Boa leitura pra ti ❤

      Excluir
  4. Deve ser uma leitura bem interessante e to bem curiosa pra ler.
    Da autora só li o ted dela, sobre feminismo, mas ja tenho um romance aqui e to bem ansiosa pela leitura.
    Espero gostar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses livros de não ficção dela são ótimos, trazem boas reflexões e uma visão diferente da nossa. Os romances tbm são imperdíveis. Espero que goste!

      Excluir
  5. Um tema que me emociona muito mas conhecendo a escrita da Chimamanda tenho certeza de que ela o abordou com delicadeza, sentimento e verdade

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Não conheço a escrita da autora. Traz um assunto que todos nós já passamos .tambem perdi meu pai há três anos é foi muito doloroso.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. É um tema muito interessante, ao mesmo tempo que da um pouco de medo em ler. Mas acho importante escrita sobre o assunto, mas para eu ler é difícil.

    ResponderExcluir
  8. Olá! Esse livro é daqueles que te deixam em lágrimas, mas também te traz um aconchego que só mesmo os livros conseguem. A autora é simplesmente maravilhosa e nos entrega mais uma daquelas leituras que ficarão marcadas por muito e muito tempo, acho que é quase impossível acabar não se identificando em alguns momentos da história.

    ResponderExcluir
  9. Faz alguns tempo que li Sejamos Todos Feministas e gostei bastante e não sei porque não li mais nada da autora até então.
    Depois dessa resenha esse com certeza será o próximo (:

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in