Resenha: A assombração da casa da colina

Por Fabio Pedreira •
18 outubro 2021

O Dr. Montague é um cientista que está querendo fazer alguns experimentos em relação ao sobrenatural. Para isso, ele resolve alugar uma antiga casa onde, segundo os relatos, manifestações fantasmagóricas costumam acontecer. Aqueles que ali se hospedam não passam muito tempo, acabam entregando a casa alegando certos problemas e logo indo embora.

Como ajudantes para anotar os casos sinistros que possam acontecer, o Dr. resolve convidar três jovens… Eleanor, uma jovem que perdeu a mãe e vive com sua irmã; Theodora, uma alma artística e sensitiva; e Luke, o herdeiro da mansão. Juntos, eles vão passar algumas noites na casa para analisar se os rumores são verdadeiros. Porém, com o tempo, o que começou como uma investigação divertida acaba se tornando algo preocupante, que pode acabar colocando em perigo a vida de seus integrantes. Será que tudo é real, será que tudo não passa de uma peça pregada pela mente humana? O que realmente acontece na casa da colina?

Essas são perguntas válidas, porque sinceramente acabei o livro e até agora estou aqui refletindo o que foi que eu li. Todo o livro parece ser trabalhado de uma forma surreal, onde você não sabe muito bem o que é real, loucura ou outra coisa qualquer. Os diálogos dos personagens são muito sem sentido, como se eles fantasiassem quem são. Um exemplo é que em vez de falar quem realmente é, o personagem se apresenta como algo tirado de um livro, uma princesa, ou um viajante, ou qualquer coisa do tipo.


Esses diálogos foram o que mais me incomodaram durante a leitura. Mas, ao mesmo tempo, o livro parece ser assim com um propósito. Ele parece ser algo metafórico, onde cada um vai ter sua própria experiência. O último livro onde li algo mais ou menos parecido foi em Uma casa no fundo de um lago, do autor de Caixa de Pássaros.

A autora deixa várias pistas durante a leitura do que pode estar acontecendo, mas, no fim, eu só terminei com duas certezas: a primeira sobre o fim de uma personagem e a segunda que a Shirley Jackson deixa nas entrelinhas que Eleanor e Theodora tinham um caso.

Eu terminei o livro e criei minha própria teoria e tenho certeza que se você lê vai ter a sua bem diferente em alguns aspectos. Mas vá sabendo que você pode muito bem amar o livro, como detestar. Para você que não gosta de terror, não se preocupe, esse livro está mais para um thriller psicológico, apesar de ter sim umas 2 ou 3 cenas mais tensas.

Não foi um livro que achei ruim, mas também não achei bom. No mundo das estrelas ele seria um livro que receberia 3 estrelas de 5. É aquele livro que vale a pena ler, por sua história, seus mistérios e por ser um clássico, mas que tem seus poréns. Em compensação, ele também possui uma série na Netflix. Vou começar a ver agora e acho que vou gostar mais do que do livro. Veremos.

Até a próxima.

Título: A assombração da casa da colina (exemplar cedido pela editora)
Autora: Shirley Jackson
Editora: Alfaguara
Páginas: 200
Ano: 2021 (Ano original 1959)
Compre: aqui

Comentários via Facebook

8 Revelaram sentimentos:

  1. A gente chega no post e se já tinha mil dúvidas em relação ao livro, sai com mais mil na cabeça e isso fica fervilhando rs
    Eu sempre tive vontade, mas também uma dose de receio junto, pois ele divide muito as opiniões. É meio ame ou odeie.
    Eu até hoje não sei o que pensei em Uma Casa no Fundo do Lago e tive que procurar teorias no Google para poder entender!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  2. Mesmo você explicando que é mais um thriller que terror, prefiro não arriscar porque tenho medo desse tipo de livro, fico me sentindo perseguida.

    Danielle Medeiros de Souza
    danibsb030501@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Conheci Shirley Jackson através do livro Juntando os Pedaços, pois o livro fav da protagonista era Sempre Vivemos no Castelo. De tanto ela falar no livro, fiquei curiosa para ler. E me apaixonei pela escrita da Shirley.
    Eu curti muito Assombração, talvez não tenha compreendido mas virei fã.

    ResponderExcluir
  4. Fábio!
    Vixe!
    Parece um livro bem enigmático e carregado de correlações.
    Acho que farei o contrário, vou assistir a série para ver se leio o livro.
    Vi fazer resenha da série também?
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. Primeiro, deixa eu dizer que amei essa foto! Eu adoro thriller psicológico, acho uma leitura interessante, te faz pensar, criar teorias, desse jeito que você falou. Mas também nunca li terror, acho que ficaria na dúvida se leria ou não! Que legal que tem série, vou procurar saber mais :)

    ResponderExcluir
  6. Olá! Eita que depois dessa resenha a única certeza que eu tenho é que essa é definitivamente uma leitura para lá de singular, aquela experiência “maluca” e que por si só, mesmo com alguns “percalços” há de valer a pena, nem que seja para ganhar experiência e não repetir o feito (risos), brincadeiras a parte, apesar das ressalvas, parece ser sim uma leitura instigante, já fiquei curiosa em relação a adaptação.

    ResponderExcluir
  7. É um livro que eu até gosto bastante do jeito. Por ser um livro mais antigo pode influencia também a leitura.

    ResponderExcluir
  8. Olá Fábio
    Acho que essa é a primeira resenha que leio desse livro
    Confesso que o enredo não me chamou a atenção por isso deixo passar a dica dessa vez .
    BJS

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in