Filme: Uma esposa de Natal

by - dezembro 17, 2021


“Uma esposa de Natal” chegou no catálogo da Netflix ontem, no dia 16 de dezembro. É o primeiro título natalino vindo da Nigéria para a plataforma e já está no top 6 de filmes mais vistos hoje.

Adorei a ideia porque nos adentra numa nova cultura. A gente aprende novos costumes, mas nos sentimos mais próximos à realidade brasileira. Afinal, aqui não tem neve e não tem frio, como estamos acostumados com os clássicos americanos.

O desejo de Natal de uma mãe, interpretada por Rachel Oninga, desencadeia uma competição acirrada entre os filhos, ao prometer que o primeiro filho a se casar terá direito de ficar com a casa. Os três irmãos ficam surpresos com a ideia, mas um deles prefere não entrar na disputa. Mas os dois mais velhos... Bom, já dá pra imaginar que a briga será ferrenha.

Imagem: Netflix
O filme é engraçado, mas muito mesmo. Porém, não é apenas isso. Os personagens tratam o período de uma maneira bem solidária. A mãe deles é bem conhecida e muito religiosa, faz parte de um grupo da igreja. Ela tem a ideia de fazer um Natal diferente, levando o símbolo natalino para o gueto, pessoas de origem mais humilde, e não ficar apenas dentro do templo fazendo mais do mesmo.

É uma produção que tem tudo para te agradar, pois envolve muito da nossa cultura, além de ser emocionante de assistir. Até o romance tem uma pitada engraçada e dramática, pois um dos irmãos quer se casar com uma pessoa que o despreza, o outro é namorador e o mais novo se envolve com uma pessoa casada. São três motivos para infartar o coração da mãe.

Se você ainda não viu, não deixe de conferir. Valerá a pena.

Filme: Uma esposa de Natal
Direção: Kunle Afolayan
Onde assistir: Netflix

You May Also Like

14 comments

  1. Naty!
    Gostei de saber que tem um filme mais próximo a nossa cultura.
    Embora tenha a maior vontade de ver neve, aqui no Brasil, não temos.
    E achei interessante entre essa disputa dos irmãos.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  2. Não sabia do filme e já vou add na minha lista.
    Que tudo o filme mostrar a cultura africana e mais do que isso, mostrar o verdadeiro sentido do Natal que é a família e ajudar o próximo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele lançou tem pouquinho tempo, Chelle. Deve ter sido por isso

      Excluir
  3. Ah que delícia poder chegar no blog e ler sobre um filme que ainda não vi, mas que devo ver entre hoje e amanhã!
    Adorei isso de ser um filme natalino da Nigéria, com costumes, tradições e muita representatividade!!!
    Espero me divertir e muito!!!
    E oh, obrigada por esse mês mais que especial para mim que ama cinema rs
    Beijo


    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quer dizer que já assistiu, né? hahahaha. Me conte o que achou, eu vi sua marcação no IG.
      Beijos

      Excluir
  4. Filmes mais de comédia, prefiro mais nesse tempo!!!
    E parece divertido a historia, acho que vou conseguir ver esses dias!
    E que legal ser da nigeria, mais um motivo pra assistir!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, Ari.
      A gente precisa dar boas risadas.

      Excluir
  5. Olá Natália
    Amei muito a dica !😍Que bacana poder conhecer um pouco mais á tradição desse país que é a Nigéria
    Vou assistir !!!

    ResponderExcluir
  6. Legal essa abordagem da solidariedade no Natal, e da cultura mais próxima à nossa.
    Por dinheiro ou bens as pessoas ainda são capazes de casar sem amor. O tempo passa e certas coisas não mudam né.

    Danielle Medeiros de Souza
    danibsb030501@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adorei isso, Dani.
      Acho super importante conhecermos novas culturas, seja viajando, comendo, lendo, assistindo. Amo.

      Excluir
  7. Olá! Gostei de saber que a dica de hoje vem da Nigéria, é bom ter a oportunidade de diversificar um pouquinho, ainda mais quando o assunto é Natal, já fiquei aqui imaginando nos desfechos desses filhos danadinhos, a mãe deles daria uma ótima personagem de romance de época hein #sóacho. Risadas garantidas é claro que estou dentro.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Naty!
    O enredo de Uma esposa de Natal parece bastante com o enredo de romance clichê do tipo "tem que casar para receber...", e como amooo tramas assim já estou adicionando-o na lista.
    Bjos!

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.