Romeu e Valentim

E se Romeu não amasse Julieta? E se Julieta não amasse Romeu?

Reescrever clássicos é o que move a literatura, a criatividade está sempre alimentando nossos olhos com ideias novas a partir de ideias antigas, o livro de Caleb Roehrig reimagina a história de Romeu e Julieta em um Young Adult bem divertido e fofo.

Filho único dos Montéquios, Romeu não sabe mais o que fazer para esconder de seus parentes que sua atração por Rosalina é na verdade um engodo, ele não sente nada por ela, é apenas fácil usar uma celibatária convicta para fugir de perguntas indiscretas.

No baile dos Capuleto, ele encontra alguém que muda toda sua vida… e não é Julieta, é o irmão mais novo e recém chegado de seu amigo Mercúcio: Valentim.

Eu adoro uma releitura LGBT de qualquer obra clássica, aliás, muitas obras clássicas tem subtons queer, até mesmo Romeu e Julieta, mas no reconto de Caleb Roehrig, vemos explicitamente Romeu se apaixonar por Valentim, sem saber como proceder daí em diante.

O livro é bem divertido, é rápido de ler, as inseguranças de Romeu sobre quem é e sobre o que sente por rapazes com certeza permeou a mente de todo jovem LGBT, que não sabia se queria ser a pessoa ou namorá-la.

E não pense que Julieta é esquecida, Roehring cria uma trama especial para a esperta Capuleto, que quer escapar do casamento sem amor com Páris e com qualquer um, o autor nos entrega uma amizade verdadeira entre ela e Romeu, desenvolvendo uma relação única entre os dois.

Confesso que gostaria de ter visto mais de Romeu e Valentim juntos, mas não posso reclamar e dizer que eles se apaixonam rápido, quando no original, Romeu deu duas assobiadas debaixo da sacada e ele e Julieta resolveram que se amavam.

Podendo desenvolver os personagens bem além do original, Roehrig se preocupa em construir a amizade de Bonvólio, Romeu e Mercúcio, o companheirismo dos três foi meu ponto alto do livro. Um livro para tardes ensolaradas, Romeu e Valentim é um reconto fofo, adorável e interessante de uma história de amor que muitos almejam, mas, nas palavras de um amigo meu, “todo mundo quer ser Romeu e Julieta, mas ninguém quer morrer”.

Título: Romeu e Valentim
Autor: Caleb Roehrig
Editora: Hoo Editora
Páginas: 336
Ano: 2023
Adquiraaqui

3 comentários:

  1. Releitura de in clássico atemporal como Romeu e Julieta, é sempre um presente para nós leitores.
    E uma Releitura com representatividade é um presente.
    Acredito que o autor tenha mantido a essência do original e tenha imprimido sua marca

    ResponderExcluir
  2. Oi, Ingrid! Que proposta legal essa de construir um romance LGBT a partir de um clássico tão importante como Romeu e Julieta. E me arrancou risadas essas duas assobiadas debaixo da sacada rs. Quem vai julgar um amor instantâneo assim? Kkk

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Não li esse clássico, não sabia que tinha essa releitura com essa representatividade, não curto esse tipo de leitura,mas creio ser uma ótima dica para os fãs de livros LGBT

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.