04 setembro 2018

Resenha: Morte Lenta


Fala galera, hoje vim trazer para vocês a resenha do livro Morte Lenta, que de lento não tem nada, ou quase nada. Essa também é a primeira resenha do Setembro Policial, que como vocês já estão sabendo é um projeto de leitura onde iremos ler no mês apenas livros policiais, trazer sorteios e muito mais. Mas enfim, vamos  resenha.

Hackeando a História:
“Dez anos atrás, Suzanne, uma garota de 14 anos, simplesmente desapareceu sem deixar qualquer vestígio. Filha do então senador Benjamin Lombard, agora poderoso vice-presidente dos EUA, o caso continua sem solução, um mistério que se transformou numa obsessão nacional.

Para Gibson Vaughn, renomado hacker e mariner, trata-se de uma perda pessoal. Suzanne era como uma irmã para ele. No décimo aniversário do desaparecimento da garota, o ex-chefe de segurança de Benjamin Lombard pede a ajuda de Gibson para realizar uma investigação secreta e entrega a ele novas pistas.

Assombrado por memórias trágicas daqueles dias, Gibson acredita ter agora a chance de descobrir o que realmente aconteceu. Utilizando suas habilidades, já em suas primeiras pesquisas descobre uma rede de múltiplas conspirações em torno da família Lombard e se depara com adversários poderosos - e perigosos - que farão qualquer coisa para silenciá-lo.

Ao mexer no vespeiro, novas informações e personagens vêm à tona, a investigação de Gibson é revelada, tornando-o igualmente vulnerável. E enquanto navega por essa teia perigosa de fatos, ele precisa estar sempre um passo à frente se quiser descobrir a verdade… ou apenas se manter vivo.”

Seguindo as pistas:
Antes de começar a ler Morte Lenta eu escutei muito a seguinte frase…“Me disseram que esse livro é realmente lento como o título diz”. Agora que li eu entendo em parte o ponto de vista de quem diz isso e posso dizer, a pessoa está (na minha opinião) 90% errada.

O livro tem um começo realmente mais lento, porém, geralmente quando se fala isso parece que o livro é ruim/cansativo e não é o caso. O que acontece é que o livro usa os 20 primeiros capítulos para ambientar as pessoas. Nos apresentar o personagem principal, o que aconteceu com ele, quem é a garota desaparecida, quem é o suposto vilão da trama, o recrutamento de Gibson para a nova força tarefa em busca de Suzanne e etc.

Isso é feito de uma forma lenta mas no sentido de não ter muita ação, o que não tira o mérito do livro pelo fato de ser bem escrito e ainda assim te deixar curioso. E não pense que 20 capítulos é muito, porque eles são bem pequenos o que é mais um motivo para passar rápido.

Falando em rápido do capítulo 21 ao 50 (que é o último) a coisa muda completamente, entrando em um ritmo alucinante, com perseguições, a investigação andando, novos suspeitos, tiroteio e muitas reviravoltas. O livro ganha uma rapidez que deixa impossível dizer que o título faz jus à trama.


A trama por sinal é bem interessante, demorei um pouco para descobrir alguns mistérios, e com isso tive boas surpresas. É uma história cheia de reviravoltas, com vilões muito bem construídos. Sim, isso mesmo, a trama conta com mais de um vilão e um deles me lembrou muito o vilão John Raimbird de “A Incendiária” (livro do Stephen King).

Esse excesso de vilões ajuda a balancear os plots dos personagens principais, deixando cada um deles ocupados de alguma forma, não deixando que fiquem soltos e sem sentido na trama. Todos eles também são bem construídos, porém, o livro tem um ponto que me incomodou.

No final do livro algumas situações ocorrem de uma forma que parece que a editora mandou enxugar a trama e deixou o livro corrido ou com poucas explicações do que aconteceu. Mas, calma, não atrapalha em nada, só que ainda assim são nítidos os cortes. Um exemplo é quando tal personagem diz que vai resgatar outro que foi sequestrado, e esse resgate não é contado. Isso acontece com os personagens “secundários”, dando a entender que a editora mandou cortar por ser o primeiro livro para dar foco ao personagem principal.

Analisando o conteúdo:
A edição é muito boa. Livro com folhas grossas, capítulos curtos, folha amarela, letra um pouco menor que a padrão, mas ainda assim boa de ler, enfim, a Faro é muito boa em edições de livros, não tem do que se preocupar.

Resolvendo o Crime:
No fim das contas eu recomendo demais esse livro. Fiquei grudado querendo saber o que acontecia. Como disse, do capítulo 20 ao 50 eu não queria largar, ele te vicia, sem contar que a história é muito inteligente e bem desenvolvida, você não vê aquela coisa genérica em livros policiais (apesar de sempre ter um clichê ou outro).

Para um livro de estreia, o autor se saiu muito bem, começou com o pé direito, espero muito que venha mais livros, e diria que esse daria uma boa adaptação cinematográfica. Um excelente livro 5 estrelas para começar bem o setembro policial.

Cuidado com quem você conversa no Tinder e boa leitura.


Título: Morte Lenta (exemplar cedido pelo autor)
Autor: Matthew Fitzsimmons
Editora: Faro Editorial
Páginas: 320
Ano: 2017

14 comentários

  1. Oiii Fabio

    Eu tenho esse livro pra ler efico feliz em saber que não é aquele lento ruim que assusta a gente, mas sim algo necessário pra ambientar o leitor. Acho que gostar ou não desse estilo de livro tb vai muito de se a pessoa está no clima pra ler livros assim, porque há momentos em que não dá, a mente pede algo bem diferente, e daí a pessoa insiste e acaba nem gostando. Enfim, vou ler esse livro em breve, espero gostar dele tb.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alice.

      Verdade, quando não está no clima de ler determinado gênero literário dificilmente um livro vai conseguir prender tanto. Esse felizmente é muito bom e impossível não recomendar. Acredito que você vai gostar da leitura quando ler.

      Bjs

      Excluir
  2. Oi Fabio, tudo bem? Sinceramente não conhecia o livro, mas achei interessante o plot. realmente ser lendo não é ruim e que bom que as partes enxugadas não atrapalham. Vou anotar a dica!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mi.

      Olha, anota mesmo, é um bom livro, vale muito a leitura.

      Bjs

      Excluir
  3. Oi Fábio, tudo bem?
    Adorei o projeto!! E ainda não conhecia esse livro, parece ser bem interessante, curti bastante a dica
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Felipe.

      Espero que possa participar também do projeto. Que bom que gostou.

      Excluir
  4. Gostei muito do livro. Li em 48 horas, imagino se a história não fosse lenta. :)

    ResponderExcluir
  5. Ei Fábio,
    Graças a Deus não sei nem o que é Tinder hahaah.
    Adorei a forma como fez a resenha, ficou bem dinâmica.
    Fiquei curiosa com a leitura e esse é um livro que com certeza eu leria.
    Um saco esse detalhe de correr com determinados pontos no final, ne? Me mata de ódio isso rsrs.
    Ansiosa pelas próximas postagens!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernanda.

      Ainda bem que não kkkk. Verdade, é chato isso de ficar corrido, mas nesse caso me pareceu muito uma escolha editorial. Para mim o autor tinha o que contar, mas posso estar errado né?

      Coloca na sua lista kkkk.

      Abraço.

      Excluir
  6. Fábio!
    Precisando ler um livro no estilo para sentir-me estimulada. Faz tempo que não leito um bom thriller policial, carregado de intrigas, política, corrupção, que me faz embarcar na intensidade da história.
    “Só são verdadeiramente felizes aqueles que procuram ser úteis aos outros.” (Albert Schweitzer)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA SETEMBRO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rudy

      Ahh, então recomendo começar por esse. Eu também tinha tempo que não lia um assim e foi justamente esse que me empolgou novamente.

      Bjs

      Excluir
  7. Oie Fábio!

    Eu amo livros policiais e adorei esse projeto! Não conhecia a obra e com certeza fiquei muito curiosa para saber o desenrolar da mesma, fico feliz em saber que foi uma leitura tão boa!

    Com Carinho,
    Ana | Blog Entre Páginas
    www.entrepaginas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana

      Que bom que ficou curiosa, acredito que vá gostar desse livro. É muito bom e envolvente, vale a leitura.

      Excluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.