20 junho 2019

Resenha: A fada mamãe e eu


Fofinho a seu modo.

“Natalia lendo chick-lit?” Não, gente. Não se enganem! Aqui, Sophie Kinsella não vai tratar de romance e nem daquelas relações entre mulheres e algumas coisas que são tratadas no gênero que, convenhamos, sinceramente, não sei explicar com precisão. Pulemos essa parte.

Neste, temos uma garotinha fofinha, com uma mãe fofa e um pai que não aparece tanto, e uma vovó que dá vontade de abraçar. Não é uma história normal, se trata de uma fantasia para os adultos lerem para as crianças e, com certeza, elas vão adorar conhecer Ella e a mamãe da menina.


Ella tem um grande segredo: sua mãe é uma fada. Aliás, todas as mulheres de sua família têm poderes mágicos e possuem asas, além de uma Smartvarinha capaz de produzir os mais interessantes feitiços, como criar a festa de aniversário perfeita, acelerar a fila do supermercado e fazer deliciosos cupcakes. 

Mas não para por aí. A mãe de Ella também tem um pouco de dificuldade para operar sua Smartvarinha. Ou seja, a gente já imagina o que vai acontecer, pois nem sempre seus feitiços acabam saindo do jeito que ela gostaria. Sorte a dela ter Ella sempre por perto para ajudar a resolver as coisas e fazer tudo voltar ao normal.
“Fiquei me perguntando se ela havia utilizado o código certo, pois mamãe tem dificuldade para se lembrar de todos os códigos de feitiços. Ela diz que sua cabeça está sempre muito ocupada com outras coisas, tipo, sua família e manter seu emprego.” (p. 45)

E é exatamente por estar com pressa que ela decide que a fila do supermercado vá o mais rápido possível e tudo acaba dando errado. Ovos começam a voar e a quebrar, farinha é lançada de um lado ao outro fazendo tudo ficar branco e o que era para ser uma medida de eficácia acaba em puro caos. 

O livro pode parecer bobinho para um adulto, pois possui uma linguagem bem simples, porém, para uma criança de qualquer idade será uma história fantástica, com poderes, fadas, fantasias e todos os elementos que um pequenino tanto adora. E não fica só nisso, a história tem o poder de levar uma mensagem às crianças sobre as virtudes da paciência e sobre como a vida familiar não precisa ser perfeita para ser divertida e repleta de amor.

A vizinha de Ella ganhou o prêmio de ter a casa mais organizada, perfeita; já a casa da fada vive bagunçada, com coisas jogadas, mas o que não falta ali é amor, companheirismo e muito carinho. Enquanto na casa da vizinha… A sua filha, então, Zoe, é a pessoa mais invejosa, egoísta e metida que alguém conhecerá.
“Todas meninas da minha família viram fadas quando crescem. Então um dia eu também vou virar uma fada. Vou ter asas brilhantes e ter uma Smartvarinha. Mal posso esperar…”
Outras fotos:




Título: A fada mamãe e eu (exemplar cedido pela editora)
Autora: Sophie Kinsella
Editora: Galera Junior
Páginas: 176
Ano: 2019

14 comentários

  1. Olá! Adoro a Sophie Kinsella e sua escrita fluída, mas até agora só li chick-lit dela, e por esse motivo estou muito animada para ler A fada Mamãe e Eu e poder ler algo escrito por ela em um gênero diferente. Até agora só vi resenhas positivas sobre o livro, o que me faz querer ler o livro o mais rápido possível. Estou ansiosa para conhecer Ella e sua família que mesmo não sendo perfeita, vive cheia de amor e carinho. O livro parece trazer lindas mensagens e essa capa tá uma graça! ♡ Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que não conhecia os livros, Rayssa.
      Esse foi meu primeiro contato.

      Excluir
  2. Olá!
    Eu amo livros infantis e amo a Sophie Kinsella! Só vejo ótimos comentários sobre esse livro, e parece muito fofo!

    renatavarelaescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá Natalia,
    Gosto muito dos livros da Sophie Kinsella e não sabia que ela tinha livros infantis!
    Não sou de ler livros infantis, mas como é da Sophie me animei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal, Theresa.
      Eu já não sabia nada a respeito dos livros dela hahahha. Esse foi meu primeiro contato rs

      Excluir
  4. Como gosto demais das letras da autora, quando vi este livrinho totalmente oposto ao que ela escreve, já me encantei de cara!
    Aqui em casa parece uma creche tem dias..rs e a parte debaixo da minha estante é recheada de livros infantis, tá, tem alguns faltando folhas, outros rabiscados, mas é assim que a pequena de dois aninhos tem se apaixonado por histórias de fazendas e bichinhos.
    Fadas, família...este livrinho está incrível nas ilustrações e com certeza, quero muito ele aqui, para meus pequenos!!!
    Diagramação perfeita.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, Ângela.
      Por aqui eu tenho infantis, também; mas ainda não tenho ninguém para rabiscar hahahaha.
      Que coisa mais fofa.

      Excluir
  5. Ai que fofinho.
    Eu sei que eu mesma vou querer ler esse livro porque é rápido e gostoso, porque é Sophie Kinsella e porque tem fadas.
    Mas, eu tenho um sobrinho de 4 anos e vou ler pra ele também. Prometo! kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É super, Nil.
      Leia sim, ele vai adorar rs.
      Depois você me conta

      Excluir
  6. Hey Natalia! Tudo bem com você?
    Não conhecia o livro, mas que coisa fofa são as ilustrações dele.
    O Demasiada Estranha é um novo blog de estilo de vida de uma apaixonada por livros.
    Vou deixar aqui um convite pra você fazer uma visitinha e seguir por lá.
    Um abraço,
    T. Nunes.

    https://demasiadaestranha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem fofa, mesmo.
      As ilustrações são bem feitinhas e chama a atenção da criançada.

      Excluir
  7. Oiii ❤ Tenho ouvido tanta coisa boa a respeito desse livro que não vejo a hora de poder comprá-lo e fazer a leitura. Prevejo muita diversão nesse livro.
    Amo a escrita da Sophie, sua forma tão leve e divertida de escrever me encanta. A série Becky Bloom é a minha favorita da autora e desde que li o último livro lançado até a agora, estou com saudade de ler algo dela. Esse é mais um motivo pra eu querer ler esse livro ❤
    Só quero ver em quais confusões Ella e sua mãe fada se metem. E, claro, conhecer a varinha responsável por tanta confusão rsrsrs.
    Esse livro parece perfeito para presentear alguma criança. Adorei as ilustrações, são tão fofas ❤

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu li muito sobre esse livro e fiquei muito curiosa por ele. É um livro bem juvenil com uma historia muito fofa. Não li nada da autora mais pretendo muito conhecer ela e principalmente sua escrita.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.