12 julho 2019

Resenha: Good Omens


Anjos, Demônios e um Apocalipse ao som do Queen

Essa é a fórmula escolhida por Neil Gaiman e Terry Pratchett para dar vida ao livro Good Omens (Belas Maldições).

Dois autores consagrados na Inglaterra e no mundo inteiro, Gaiman e Pratchett, se reuniram para contar a história do Apocalipse. O resultado foi um livro sensacional com um senso de humor afiado e que lembra muito o usado por Douglas Adams no livro O guia do mochileiro das Galáxias, principalmente pelo fato de ser um humor que serve não só para fazer o leitor rir, mas também para fazer críticas muito inteligentes.

Infelizmente, o mundo vai acabar no sábado, pois, há onze anos o filho do demônio nasceu e foi trazido para este mundo, e agora está na hora de ele cumprir seu objetivo de completar sua profecia - a de dar fim ao planeta. A tarefa de levar o bebê até a maternidade - chefiada por um grupo de freiras satanistas - ficou a cargo do demônio Crowley, que não estava lá muito interessado em cumprir essa tarefa. Isso porque ele passou muito tempo na Terra e não está interessado em vê-la terminar em uma batalha entre anjos e demônios. Ele está bem acostumado a praticar suas maldades, nem tão maldosas assim, e aproveitar das melhores coisas que a humanidade tem a oferecer. Crowley não está só nessa, ele tem um amigo não muito convencional: um anjo.


Aziraphale é o nome dele. Assim como Crowley, o anjo também passou muito tempo vivendo entre os humanos e não está nem um pouco disposto a lutar pelo fim do mundo, pelo contrário, ele não vê motivo para essa briga e gostaria de fazer o máximo possível para evitá-la. Nada mais justo então do que os dois unirem forças para tentar evitar que a catástrofe ocorra.

Duas criaturas totalmente diferentes, um - Aziraphale - é dono de um sebo, fã de Sushi e músicas clássicas. O outro - Crowley - cuida de plantas, adora o seu carro antigo e toda fita cassete que ficar mais de 15 minutos no carro acaba virando músicas do Queen. O que parece ser uma dupla improvável acaba funcionando muito bem.

É extremamente divertido ver os dois juntos, bolando ideias para resolver seus problemas, e vendo que ao longo do tempo um teve influência sobre o outro, transformando Crowley em um demônio não tão ruim assim, como Aziraphale em um anjo não tão bom. Sem contar nas situações que os dois se metem, pois nem só de anjos e demônios o livro é formado. Junto com eles estão caçadores de bruxas, ocultistas, um livro de profecias e os quatro cavaleiros do Apocalipse, tudo isso para poder aumentar ainda mais a urgência do fim do problema que é o fim do mundo.


A escrita do livro é muito boa, e é impossível dizer quem escreveu o que de tão fluída que é. A história por sinal é dividida por dias, começando onze anos antes, passando para a quarta-feira e terminando no sábado, que é o fim do mundo. Aliás, o fim do livro é o que mais perturba uma parte dos leitores, que acabam achando que vai ser uma coisa e é outra.

A meu ver ele funcionou. Eu comprei a ideia do fim do livro e não me decepcionei. Concordo, porém, que poderia ter tido um algo a mais, mas não é nada que estrague a diversão que é ler ou que torne o final desagradável. Dei muita risada o livro todo, principalmente, como eu disse antes, com o humor ácido que o livro apresenta. Existem muitas críticas disfarçadas de piadas, algumas que podem ser consideradas até ofensivas hoje em dia e que inclusive foram retiradas da série feita pela Amazon.

As críticas apresentadas são principalmente a religião, isso é óbvio, até pelo tema do livro. Mas tem críticas também em relação ao preconceito pelo que é diferente, machismo e a hipocrisia das pessoas, tudo, como não canso de dizer, de forma inteligentemente trabalhada.


O livro em si já basta como recomendação, mas se você precisar de um incentivo a mais, tem a série recém lançada pela Amazon que pode fazer você se interessar pela leitura. Apesar de que a série é 99% fiel ao material original. Deixarei o trailer aqui ao final para vocês assistirem.

No mais, é isso, adorei poder ler esse livro e só me deu mais vontade de ler mais coisas do Gaiman e mais vontade ainda de começar a série Discworld do Pratchett. Recomendo! Leiam, assistam e espero que se divirtam assim como eu me diverti vendo o Apocalipse se aproximar.

PS: Não esqueçam de suas agulhas na hora de ir caçar bruxas.


 

Título: Good Omens (exemplar cedido pela editora)
Autores: Neil Gaiman e Terry Pratchett
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 364
Ano: 2019 (1990 no original)

10 comentários

  1. Engraçado que só conheci a série recentemente ao ler algo sobre a Igreja Católica estar querendo abolir a série ou a proibir. Não me recordo direito. Aí claro, fui ver do que se tratava e fique assim: Ham???
    Mas...rs (só não a vi ainda pois minha fila está daqui até o infinito,mas logo pretendo colocar ela ali, para conferir.)
    Quanto ao livro, adoro isso, das piadas sarcásticas, do humor negro e do bem não ser tão bem e do mal não ser tão mal.
    Me lembrou Lúcifer..rs(outra série que amo)
    Com certeza, se tiver oportunidade, irei conferir ambos, série e livros!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá

      Siim, e foi uma confusão kkkk Porque eles mandaram reclamação para a Netflix, sendo que a serie é da Amazon kkkk Ai as duas ainda tiraram sarro.
      Se gosta desse tipo de humor então vai fundo =D
      Espero que goste ^^
      Bjss

      Excluir
  2. Gaiman tem uma mente brilhante. Mas eu ainda não li nada do Pratchett.
    Pela resenha já imagino um livro divertido, apesar do tema tão perturbador. É óbvio que vai falar sobre religião e eu quero muito conferir essa previsão de fim do mundo.
    A série eu também não conheço, vou procurar assistir deppois de ler o livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nil

      Eu achei bem divertido mesmo, é bem sem noção kkkkk. A previsão do fim do mundo pode ser encontrado nas precisas previsões de Agnes Nutter durante o livro kkkkk. Recomendo demais.

      Excluir
  3. Olá!
    Eu já vi o trailer dessa serie e fiquei bem intrigada com ela, achei bastante interessante. Agora, não sabia que tinha o livro e mesmo assim fiquei muito curiosa para ler. Pela sua resenha vejo que o livro é bom e que tem uma ótima premissa, então espero muito poder ler!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lily

      A serie é tão boa quanto o livro, praticamente idêntica. O livro é bem divertido, divide opiniões, mas para mim foi uma leitura bem legal =D. Espero que possa ler também =D

      Excluir
  4. Olá! Ainda não conheço a escrita de Neil Gaiman e Terry Pratchett, mas sempre vejo falarem muito bem dos livros do Gaiman, o que desperta certa curiosidade em mim de conhecer o autor e suas obras, tão aclamadas por tantos leitores.
    Achei interessante a premissa do livro e também diferente de tudo que já li. A capa é interessante e parece representar bem os personagens principais e suas particularidades.
    Não curto muito livros apocalípticos, eles geralmente não fazem meu estilo de leitura kkkk, apesar de que este chamou de verdade minha atenção. Acho que esse livro merece sim uma chance.
    Obrigada pela indicação! Beijos! ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rayssa

      Dos poucos livros e quadrinhos que li do Gaiman, não tenho do que reclamar. Já do Pratchett eu pretendo ler a serie discworld, mas ainda não li nada dele. Ah, mas mesmo se não curtir coisas do apocalipse, vai fundo nessa que é totalmente diferente do que você já viu sobre o assunto kkkk. Espero que possa dar uma chance e ler sim =D.

      Beijos S2

      Excluir
  5. Oiii ❤ Que doideira! Eu ficaria desesperada se soubesse que o mundo acabaria no próximo sábado. Ainda tenho muita coisa pra viver rsrsrs.
    Achei legal os detalhes da capa, ela é um tanto engraçada por causa dos personagens. Gostei que do lado de um é uma cor e do outro outra cor. Essa jogada com as cores ficou bem legal.
    Já tinha visto a capa desse livro, mas não sabia nada sobre o que era.
    Quero ver quantas dificuldades esses dois vão enfrentar. Só pela resenha já dá pra perceber que eles têm muita coisa pela frente...
    Não tenho o costume de ler livros apocalípticos, mas esse chamou a minha atenção.
    Obrigada pela dica de leitura. Beijos ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rayane ^^

      kkkk Te entendo, eu me sentiria igual. É, eu admito que quando relançaram essa capa com os personagens da serie não fui muito fã, mas depois parece que a gente acostuma e passa até a ficar legal justamente pela excentricidade. É um apocalipse que você nunca viu igual, pode ler tranquila kkkk. Nada =D. Beijos S2

      Excluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.