Desvendando Scifi - Parte 2

Por Maiani •
18 julho 2020

Oi de novo! Essa semana eu volto a falar de scifi, dessa vez comentando sobre os subgêneros e indicando livros de forma mais específica. Existem muitas vertentes dentro da ficção científica (inclusive algumas que já a extrapolaram) e isso dificulta um pouco as coisas para quem não tem familiaridade com o gênero. Com esse pequeno guia você poderá identificar o que mais te agrada em outras histórias e se aventurar pela ficção cientifica. 

Distopia – Essa pode surpreender algumas pessoas, mas a distopia é uma ramificação do scifi, apesar de ter tanta visibilidade na atualidade e por esse motivo ser considerada um gênero. Como principal característica está a presença do totalitarismo, autoritarismo ou controle opressivo da sociedade, com a tecnologia servindo de instrumento para manipulação da população. A distopia costuma trazer fortes críticas sociais, refletindo o período em que o autor viveu (muitas continuam com a temática relevante atualmente, pois a sociedade tende a repetir os mesmos ciclos), além de mostrar como o sistema é corruptível. O que não falta são opções de livros no gênero: 
Space Opera – Costumam ser histórias grandiosas, com vários planetas, raças e conflitos, militares ou não. Criam criaturas e mundos exóticos, na maioria das vezes trazem bom desenvolvimento dos personagens, além da problematização de questões sociais. São histórias rápidas e dinâmicas, que muitas vezes violam as leis da física para melhorar o fluxo da narrativa, com descrições primorosas e vivas. 
Scifi Militar – Foca em conflitos militares, muitas vezes no espaço, com amplas descrições das batalhas, armamentos e táticas de guerra, além da caracterização dos personagens principais como militares (de alta ou baixa patente). A questão principal é transpor conflitos reais em batalhas espaciais e discutir sobre seus impactos na humanidade. 
Viagem no tempo – Apresenta a problemática em relação ao tempo, assim como as consequências de alterar o passado. Costumam ser livros de lento desenvolvimento, confrontando questões filosóficas com necessidades pessoais. 
Cyberpunk – Retrata uma sociedade decadente, do ponto de vista moral, com superpopulação, violência urbana e degradação ambiental, porém, com a ciência e tecnologia avançadas. Os personagens costumam ser solitários, marginalizados, vivendo vidas miseráveis em decorrência do desmembramento do sistema. Possuem teor niilista, apagando a barreira entre real e virtual, além de mostrar o conflito entre os menos favorecidos e as grandes corporações. Poucos livros do gênero são trazidos para o Brasil, mas se você quiser mais da temática existem inúmeros mangás e animes (caso seja interessante posso fazer um post sobre). 
  • Neuromancer - Willian Gibson 
  • Piratas de Dados - Bruce Sterling 
  • Androides Sonham com Ovelhas Elétricas? - Philip K. Dick 
Pós apocalíptico – Narra os acontecimentos após um colapso no sistema em decorrência de um evento impactante. Esse evento pode ser de causas naturais (para mais, leia o tópico a seguir), guerras, invasões alienígenas ou revolução tecnológica. Fala sobre o impacto na humanidade, além de mostrar como a sociedade se reorganiza após grandes catástrofes. 
Cli-Fi (Dying Earth, Climate Fiction) – Fala sobre as mudanças climáticas e aquecimento global, não necessariamente de forma especulativa, podendo ocorrer num futuro próximo. Apesar de ser um termo recente, existem diversas histórias escritas em épocas anteriores com essa temática. As narrativas focam nas diferenças que tais eventos promovem na sociedade, sejam de caráter social, psicológico ou econômico. 
Afrofuturismo – Esse é um subgênero que extrapola a literatura e o cinema, trata-se de uma estética cultural que mistura elementos do scifi, arte africana, afrocentrismo e diáspora africana, para refletir, reexaminar e discutir eventos históricos. Conheci o gênero faz pouco tempo, por meio do perfil @blogparenteses no Instagram, por isso recomendo que as sigam para saber mais sobre o assunto. 
Existem ainda outras vertentes dentro do gênero, mas foquei nas principais e que possuem livros traduzidos para o português. Na próxima semana darei dicas para quem quer conhecer mais e não sabe por onde começar. Até mais!

Comentários via Facebook

12 Revelaram sentimentos:

  1. Não conhecia todas essas subdivisões!
    Me interessei por algumas!!!
    Obrigada Maiani por esse post

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaaa gosto assim, de despertar o interesse ❤ Boas leituras!

      Excluir
  2. Oi, Maiani!
    Sou apaixonada por scifi e não conhecia essas ramificações!
    As que mais gosto são as distopias! Space opera não sou muito chegada e adorei a proposta de afrofuturismo! :D

    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu só comecei a aprender sobre isso recentemente também, mesmo lendo o gênero há anos. Distopia tbm são minhas favoritas! Afrofuturismo ganhou meu coração, vale super a pena pesquisar sobre ❤ Boas leituras!

      Excluir
  3. Maiani!
    Bem bacana aprender sobre os subgêneros, assim podemos definir qual melhor ficção se encaixa no gênero que gostamos.
    E o steampunk se encaia em qual categoria?
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, as vezes as pessoas acham que não gostam de scifi, mas na verdade ela só não leu alho que se encaixa no gosto dela. O steampunk entra como uma subdivisão do cyberpunk, assim dieaselpunk, biopunk...
      Obrigada pelo carinho ❤

      Excluir
  4. Engraçado que a gente lê um gênero e diz, pronto, já gosto ou simplesmente torce o nariz e afirma categoricamente que não gosta.
    Nunca na minha vida imaginei tantos subgêneros, por isso, já li o post três vezes!!
    Por mim, todos os livros eram uma coisa só e pronto.
    De todos, só li Kindred(que amo de paixão) e nem sabia que era um subgênero de scifi. Olha aí eu aprendendo!!!
    Já vou ficar no aguardo da próxima aula, pois para mim aprender tudo isso está sendo fantástico!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  5. Olá! Eita chocada estou, confesso que estava aguardando ansiosa esse post, e posso afirmar que sim eu tinha (tenho) um relacionamento com a ficção científica e nem sabia, afinal distopias já fazem parte dos meus queridinhos em se tratando de leitura. É, acho que vou ter que mudar meu discurso que nunca li nada do gênero (risos), e durante a resenha outras vertentes chamaram minha atenção, tais como Cyberpunk (já quero saber mais) e Viagem no tempo.

    ResponderExcluir
  6. Gostei bastante das indicações por cada sub-gênero dentro do sci-fi. Não imaginava que existiam tantos. Confesso que tenho (ou tive) uma vontade de ler pelo menos um dos listados em cada gênero, e a explicação de cada sub-gênero me ajudou bastante a direcionar minha preferência. Distopia, por exemplo, é um gênero que sempre li e continuarei com 1984. Mas também quero ler outros livros e sub-gêneros, como A longa viagem a um pequeno planeta hostil, Kindred e A quinta estação.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Maiani
    Nossa nem imaginava que tinha todos esses subgêneros dentro do Scifi.
    Não li nenhum dos livros mas O Conto da Aia vou ler em breve e muitos outros livros que você indicou estão na minha lista de desejos.
    Obrigada por esclarecer e pela indicações, beijos.

    ResponderExcluir
  8. Amooo. Dentre os livros, eu já li O Conto da Aia. Apesar de amar a primeira temporada da série (as outras temporadas não gosto muito), confesso que o livro não me agradou muito, pois o livro termina com vááárias pontas soltas.

    ResponderExcluir
  9. Oi,Maiani
    Aiii não sabia desses sub gêneros.
    Amooo distopia e livros com viagens no tempo.
    Os outros subs eu não conhecia, mas já anotei as dicas de livros aqui.
    Bjs

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos | Resenhas de livros – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in